Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
SystSoftPcCelTv

 notícia O Youtube já impede os canais anti-vacinação de rentabilizar os seus vídeos

Avalie este tópico:

Posts em destaque

O Youtube já impede os canais anti-vacinação de rentabilizar os seus vídeos

 

A plataforma de vídeos da Google, o YouTube, esteve recentemente sob contestação ao ser apontado como principal influenciador de opinião e fonte de novos seguidores para a teoria da Terra plana. Contudo, têm sido as campanhas  contra a vacinação que mais temor têm despertado nas principais autoridades mundiais.

Agora, respondendo às preocupações dos investidores na plataforma de vídeos, o YouTube toma esta decisão.

 

image.png

 

A decisão foi avançada primeiramente pela publicação Buzzfeed, que deu a conhecer as ações da plataforma de vídeos da Google. Esta, preocupada com os clamores dos seus anunciantes, decidiu cortar a principal fonte de rentabilização para canais e vídeos que promovam a não vacinação, especialmente em crianças.

A plataforma de vídeos da Google endureceu a sua posição

Deve ler-se, nesta atitude, que a Google, e consequentemente o YouTube, agiu após as reclamações dos seus investidores e anunciantes. Estes, depararam-se com os seus anúncios, com a sua marca associada a canais e conteúdos que promoviam a não vacinação.

Por conseguinte, o sentimento de descontentamento foi rapidamente veiculado aos representantes do YouTube que, em poucas horas, tomaram a seguinte ação. Assim sendo, a plataforma de vídeos da Google acaba com a monetização ou rentabilização de todo e qualquer vídeo ou canal que se dedique à propagação destes ideais.

 

 

Ainda de acordo com uma investigação da TechCrunch, foram descobertos vários canais contra a vacinação que estavam a apresentar anúncios de companhias farmacêuticas. Um aparente contra-senso que, ainda assim, estava a gerar receitas para quem queria combater estas mesmas empresas.

O YouTube já impediu vários canais de rentabilizar os seus vídeos

Ainda que a plataforma de vídeos da Google prima e defenda sempre o princípio da liberdade de expressão, os anunciantes acabam por ter a última palavra. Já perante o relato inicial da Buzzfeed, vários representantes da indústria farmacêutica afirmaram desconhecer que este tipo de canais estava a apresentar os seus anúncios.

Por outras palavras, estavam a financiar um movimento que pretende combater esta mesma indústria. Assim sendo, as empresas visadas socorreram-se de um dos artigos do código de conduta do YouTube. Mais especificamente, o ponto que proíbe conteúdos que possam pôr em risco a saúde ou bem-estar do espetador.

 

image.png

 

Dando procedência aos argumentos apresentados, o YouTube já tomou um novo curso de ação. Em vez de anúncios passará a apresentar cartões de informação. Além disso, apresentará também ligações para a Wikipédia, citando os benefícios, história e avanços proporcionados pela vacinação.

O flagelo da não vacinação em pleno século XXI

O YouTube reconhece assim que os movimentos anti-vacinação são o maior risco para a saúde pública em 2019, promovendo a sensibilização do público. Entretanto, também o Facebook deverá tomar uma postura mais rígida na contenção deste tipo de ideais.

Por fim, ainda de acordo com a investigação original, a plataforma de vídeos da Google alterará também o algoritmo. Isto para impedir que este tipo de vídeos conste das suas recomendações. Ao invés, passará a recomendar vídeos que apresentem os benefícios da vacinação.

 

fonte: 

Conteúdo oculto

  • Joinha 1

Compartilhar este post


Link para este post
Compartilhar em outros sites
canetorj    0

Estes videos são um verdadeiro absurdo, é querer regredir aos tempos das cavernas, minha esposa, perdeu um primo por isso... os pais não davam todas as vacinas por não achar necessário.

Compartilhar este post


Link para este post
Compartilhar em outros sites

Participe agora da conversa!

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tiver uma conta, faça login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Restaurar formatação

  Apenas 75 emoticons máximos são permitidos.

×   Seu link foi incorporado automaticamente.   Exibir apenas como um link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Você não pode colar imagens diretamente. Envie ou insira imagens do URL.


SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Criar Novo...