Jump to content
GNMilasi

notícia O novo Profissional de TI – Se você ainda não é, considere tornar-se!

Rate this topic

Recommended Posts

O novo Profissional de TI – Se você ainda não é, considere tornar-se!

 

Até pouco tempo atrás o profissional de T.I. era visto apenas como um técnico, com perfil voltado para suporte que desempenhava funções muito restritas e de não muito impacto no negócio.

 

Mas, com a evolução tecnológica dos últimos anos, essa realidade vem mudando. As empresas perceberam que se não dessem a devida atenção e não houvesse investimento em tecnologia, simplesmente deixariam de existir em alguns anos devido ao aparecimento de novas demandas e exigências dos clientes, que buscam facilidade e inovação. Aos poucos, o mercado foi se tornando mais dependente da tecnologia e as transformações gradativamente ocorreram, incluindo os perfis desses profissionais.

 

controle-carreira-vida-profissao-futuro.jpg

 

 

Se antigamente se valorizava muito aqueles com domínio sobre um determinado conhecimento, o futuro tende a considerar novas habilidades como fundamentais também, tais como: 

 

==> Pensamento mais inovador;

==> Criatividade; 

==> Capacidade de enxergar a evolução da tecnologia;

==> Foco na resolução de problemas mais complicados utilizando-se de estratégias simples;

==> Facilidade de se relacionar com as demais áreas – comunicar-se com clareza;

==> Agregar valor à sua atividade e entregar projetos com mais qualidade.

 

É importante entender que não é necessário ser especialista em tudo, até por que isso seria difícil, mas saber que, além da sua especialidade, será sempre um diferencial mostrar que poderá contribuir com outros conhecimentos, diversificar um pouco. Fazendo uma analogia com a “diversificação” aplicada no mercado financeiro de investimentos, você deve considerar investir em outras linguagens de programação, outros softwares ERP, em negócios, gestão de projetos, em inteligência de negócios, enfim, de acordo com seu perfil ampliar seus conhecimentos e aumentar seu campo de atuação.

 

Seu perfil pode ser mais operacional, onde profissionais tem como principal função dar sustentabilidade à infraestrutura da empresa como um todo e suportar a operação. Pode ser mais voltado para as certificações em sistemas ERP, BI, Banco de Dados, etc ou mais estratégico antenado no desenvolvimento do negócio com uma visão mais macro auxiliando, inclusive, nas tomadas de decisões. Ou, talvez, mais voltado para desenvolvimento de apps, web, inovação e criação de novas demandas. 

 

Citar

Seja ele qual for, é importante se manter ligado, entender a necessidade do mercado e se a empresa em que atua hoje está de acordo com seu perfil, para evitar o risco de não atender às expectativas dos gestores e se frustrar ou ficar preso num ambiente que não irá permitir sua evolução.

 

O mercado de tecnologia sempre estará aquecido nessa constante evolução em busca desses profissionais que são peças chave na manutenção de qualquer projeto e na construção de novos cenários. Seja qual for o segmento, há boas oportunidades e bons salários – tanto para homens, como para mulheres (que ainda são poucas no mercado de TI). Em alguns anos será comum encontrar grandes líderes à frente de muitas organizações provenientes da área de T.I. justamente por esse mover e essa junção de conhecimento técnico e de negócios, aliando estratégia com comunicação ou mesmo profissionais atuando em outros setores, como finanças, marketing e produção, pelo forte conhecimento dessas e de outras áreas.

 

Portanto, mantenha-se ligado, busque constante aprendizado e fique atento às novas tendências.

 

 

Fonte

  • Like 8
  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Negócio é estudar e se capacitar cada vez mais e mais o mercado está pedindo um perfil mais competitivo a cada dia que passa.. 

  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Digo por mim. Estou fazendo cursos de Python/IA e métodos ágeis.

 

Aquela piadinha do gato bilíngue... hoje, esteja preparado. É impressionante o que a analise de grandes dados tem crescido.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

O negócio é se reciclar sempre, quem não o fizer, cairá no rol do ostracismo...

 

Abraços!

  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu tô fazendo HTML nunca imaginei que faria, tô estudando Azure e vou entrar na programação quero aprender o desenvolvimento e tô estudando um técnico em eletrônica no Instituto Federal de Santa Catarina, logo quero me certificar com Microsoft e também em Linux cada vez estudando mais pra isso! 

  • Nice 1
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia, @edipocunha !!!

 

Uma coisa que costumo fazer é aliar meus estudos às demandas de mercado, fazendo Cursos mesmo que eu não goste! Ou você faz isso ou fica para trás...

 

Abs.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Claro não era muito fã de programação nunk gostei na verdade mas... O mercado está pedindo isso estou estudando e  estou até gostando. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By GNMilasi
      O USB4 está chegando! Veja o que muda com a nova geração de conectividade
       
      A próxima versão do USB está chegando. O USB Implementers Forum (USB-IF), que autentica esse padrão de conectividade, publicou as especificações do USB4 e as velocidades são comparáveis ao Thunderbolt 3. Isso não é uma coincidência, pois a Intel ajudou a desenvolver a novidade cedendo o protocolo do Thunderbolt.
       
      O USB4 deve operar a até 40 Gigabits por segundo (Gbps). Isso é o dobro do máximo atual do USB 3.2 Gen 2 × 2. Como em outras versões, USB4 é compatível a partir do USB 2.0 e também pode funcionar com entradas de Thunderbolt 3 em alguns dispositivos.
       

       
      Contudo, pode haver alguma confusão inicial com relação às diferentes velocidades que ele deve oferecer. Além de poder chegar ao máximo de 40 Gbps, há uma segunda opção a 20 Gbps, e uma terceira a 10 Gbps — essa última seria destinada à retrocompatibilidade. Não está claro como isso deve se chamar; contudo, nos bastidores vem sendo denominado Ger 3 x 2 para 40 Gbps e Ger 2 x 2 para 20 Gbps.
       
      A expectativa é de que a nomenclatura seja mais clara e intuitiva no início de 2020. A promessa é de “indicar claramente os níveis de desempenho para o consumidor geral”, diz o USB-IF — lembrando que a entidade já tem o USB 3.2, que causa certa confusão com sua geração 1, 2 e 2 x 2.
       
       
      Compatibilidade com USB 2.0 e Thunderbolt 3
       
      O USB4 funciona a partir do USB 2.0. Isso significa que, se você tiver um disco rígido externo USB 2.0 para backup, ainda poderá conectá-lo a uma porta USB4, embora o limite de velocidade seja o do USB 2.0. Para isso, você vai precisar de um adaptador para ir de USB tipo A (padrão USB) para USB tipo C. Os cabos USB tipo C atuais não devem ser o suficiente para o USB4. Eles ainda suportam as velocidades mais antigas, por isso devem ser trocados, embora os conectores permaneçam iguais.
       

       
      Sobre o Thunderbolt 3, a Intel cedeu o protocolo do Thunderbolt, mas não os direitos de uso do nome. Por isso, qualquer fabricante que quiser anunciar portas USB4 compatíveis com Thunderbolt 3 vai precisar da certificação da dona da marca.
       
       
      Compartilhamento dinâmico e alimentação de energia
       
      Um dos recursos mais interessantes do USB4 é sua capacidade de otimizar, de forma inteligente, o compartilhamento da banda de dados. Por exemplo, se você utilizar um dispositivo de armazenamento externo e uma tela ao mesmo tempo, essa tecnologia mantém as taxas de quadros altas para o display enquanto fornece apenas o suficiente para transferir as informações.
       
      Todos os dispositivos USB4 incluem a tecnologia USB Power Delivery (USB PD), que pode fornecer até 100 watts. A recarga é inteligente, pois a novidade pode detectar uma taxa média, que não seja nem tão rápida ou muito devagar, para que o aparelho receba o necessário para ficar com sua bateria completa.
       
       
      Quando chega?
       
      O USB4, com o mesmo conector Tipo C do USB 3, promete dar um passo adiante para tornar o padrão mais universal, pois, convenhamos, todas as versões e diferentes cabos e entradas confundem os usuários até hoje.
      A nova tecnologia deve ser implementada aos poucos na próxima geração de dispositivos, com a possibilidade de chegada entre julho e dezembro de 2020 — no mais tardar, no início de 2021.
       
       
      Fonte
    • By GNMilasi
      O que é CPU e GPU? Qual a diferença entre elas?
       
      O que é CPU e GPU? Uma única letra resulta em um funcionamento completamente diferente para dois componentes essenciais de um computador, principalmente aqueles voltados para jogos ou aplicações gráficas mais pesadas. Mas, afinal de contas, qual a diferença real entre esses dois termos, que podem causar dúvidas na cabeça de quem está procurando um PC para se divertir ou trabalhar?
       
      A resposta, felizmente, é simples e já pode ser respondida com um olhar sobre o que, exatamente, são essas siglas: CPU é a abreviação de Central Processing Unit, ou Unidade Central de Processamento; enquanto GPU é a Graphics Processing Unit, ou a Unidade de Processamento Gráfico. A primeira é a peça central de qualquer computador, enquanto a segunda simplesmente não pode existir sem ela.
       
       
      O mandachuva
       

      A CPU é como o "cérebro" do computador, sendo o responsável por todas as atividades da máquina e por interpretar os comandos do usuário
       
       
      Para resumir da forma mais básica possível, a CPU é o cérebro do computador. Quando falamos de modelos de processadores de marcas como Intel ou AMD, por exemplo, nas notícias do Canaltech, estamos nos referindo a esse componente, que basicamente é responsável por todas as operações realizadas em uma máquina, das mais simples às mais complexas.
       
      E assim como nosso cérebro, o processador está sempre funcionando. Quando você abriu o navegador para acessar este artigo, tecnicamente, o que você fez foi enviar um comando à CPU, que realizou os cálculos necessários e, efetivamente, iniciou o aplicativo para você. Até mesmo o movimento do mouse e o clique necessário para isso passaram pelo processador.
       
      O mesmo vale para outras rotinas que não estão necessariamente ao alcance do usuário, mas também influenciam na utilização do computador. É o processador, por exemplo, o responsável por decidir quais dados serão armazenados na memória e de que maneira isso será feito, além de balancear a forma que seu próprio poder será utilizado para proporcionar a melhor experiência, de acordo com aplicações prioritárias, mais utilizadas, críticas ou aquelas que exigem um mais processamento.
       
      No lado mais técnico da questão, vale a pena citar que todos os comandos e atividades feitas em um computador são, basicamente, números (mais exatamente, dois deles, 0 e 1). O que você enxerga graficamente na tela, com a seta do mouse, um menu ou até mesmo este texto, no interior da CPU são sequências numéricas infinitas e problemas de matemática ou lógica que estão sendo resolvidos pela CPU em tempo real e velocidade incrivelmente rápida, convertidos de volta em um formato amigável que pode ser visto pelos olhos até mesmo dos mais leigos.
       
       

      Os processadores da linha Core i, da Intel, estão entre os exemplos de CPU mais utilizadas do mercado
       
       
      Todos os dispositivos que realizam operações possuem uma CPU, desde o seu computador ou celular até aquele alto-falante inteligente ou seu console de videogame. São exemplos as famílias AMD Ryzen e Intel Core i, para PCs, ou Snapdragon e Bionic, para smartphones e tablets. Apesar da finalidade um bocado diferente, ambos funcionam essencialmente da mesma maneira.
       
      Sobre os processadores, ainda é importante frisar que eles são capazes de realizar diversas operações ao mesmo tempo, e na medida em que evoluem, esse potencial só aumenta. Os diferentes núcleos são os principais responsáveis por esse aumento de capacidade e, basicamente, quanto maior o número deles, maior sua capacidade de processamento.
       

      A quantidade de núcleos define o poder de processamento paralelo de uma CPU, permitindo que diferentes tarefas sejam desempenhadas pelo componente ao mesmo tempo
       
       
      É como se você tivesse vários cérebros para pensar em diferentes coisas de uma só vez e é exatamente assim que um sistema operacional como o Windows trata os processadores de núcleo múltiplo. São várias cabeças pensando ao mesmo tempo e de forma paralela, dividindo as atividades entre si; caso contrário, a quantidade de tarefas simultâneas poderia ultrapassar a capacidade do componente, resultando em lentidão e travamento.
       
      Vale lembrar que, mesmo que você esteja utilizando apenas um único recurso por vez, seu computador está trabalhando em diversos deles ao mesmo tempo. Enquanto você joga ou lê esse artigo no navegador, seu antivírus permanece ativado e te protegendo, enquanto o e-mail continua de prontidão para avisar sobre a chegada de novas mensagens. Você conseguiria manter a atenção em um filme e livro ao mesmo tempo? Provavelmente não, mas a CPU, com seus diferentes núcleos, pode fazer isso.
       
      Afinal de contas, como dito, é essa a unidade responsável por transformar todos os comandos e atividades pedidas pelo usuário ou solicitadas pelo sistema em algo palpável, como a música que você pediu para a assistente do Google reproduzir, a abertura de uma rede social para postar aquela selfie bonita ou a execução daquele jogo que você estava tanto esperando. E quando falamos em games, entramos na segunda parte dessa pergunta, sobre as utilidades da GPU.
       
       
      O “artista”
       

      Se a CPU é a central de processamento do computador, GPUs como as da linha GeForce GTX servem aos trabalhos gráficos e visuais do computador
       
       
      Como o nome já indica, a GPU, conhecida popularmente como placa de vídeo, também é uma unidade de processamento como a CPU, mas com uma diferença: ela é voltada especificamente para atividades gráficas como jogos, softwares de edição de vídeo, modelagem tridimensional ou exibição de vídeos. Tais aplicações exigem cálculos específicos e muito mais especializados, que podem entrar no caminho do funcionamento geral de um processador.
       
      Teoricamente, processadores também podem realizar tais atividades, mas, na prática, esse tipo de coisa entraria em conflito com todas as outras tarefas que estão sendo feitas pela CPU. Todas, sim, são baseadas em contas aritméticas e problemas numéricos baseados em 0 e 1, que depois são convertidos de forma visual para o usuário. As semelhanças, entretanto, param por aí, na parte essencial da coisa.
       
      A grande diferença entre os cálculos comuns de um processador e aquele envolvido em tarefas gráficas está na carga exigida por essas aplicações, com muitos pontos para formar a imagem, conversões de arquivos e geometria para formar as figuras tridimensionais vistas em um jogo. É aí que entra o processamento de uma GPU, que por si só funciona de forma paralela à CPU e realiza tarefas específicas para que a unidade central de processamento possa lidar com outras coisas.
       

      Alguns jogos até rodam sem uma placa de vídeo no PC, mas nada como Red Dead Redemption 2, que exige o máximo de desempenho para funcionar bem
       
       
      Quando mencionamos nomes como Geforce RTX ou AMD Radeon, é de GPUs que estamos falando. Seu celular também tem um desses, na forma de chips como Adreno, normalmente disponíveis em smartphones Android. As placas de vídeo também contam com diferentes núcleos pelo exato mesmo motivo: dividir os trabalhos mais pesados, garantir otimização e um melhor aproveitamento dos recursos disponíveis.
       
      Você consegue rodar um jogo no seu computador sem GPU? Consegue, mas com qualidade gráfica reduzida e, provavelmente, enfrentando um bocado de lentidão. É como chamar um especialista para realizar um trabalho ou, então, confiar em um faz tudo para isso; o primeiro sempre entregará um resultado melhor.
       
      Ao contrário, porém, não existe computador sem uma CPU. Todos os outros componentes dependem dela, desde as memórias e o acesso aos dados armazenados até atividades como economia de energia, gerenciamento de recursos e até mesmo a utilização da GPU. O processador é, basicamente, a peça central para que toda a mágica aconteça.
       
       
      Fonte
    • By Alexandre Grecco
      Olá pessoal, participo de um outro forum, e criei um tópico sobre consumo de computador e outros eletrodomésticos. O objetivo é saber o que consome cada produto e o que se pode economizar no nosso dia a dia, a intenção é que vou medindo tudo que passa pelas minhas mão e vou fazendo aqui uma tabela de consumo para todos ter uma ideia o que cada equipamento gasta no fim do mês, afinal a conta de luz não anda nada barato, então vou começar aqui copiando e colando aqui o que já tenho, e vou atualizando a tabela.
       
      =====================================================================================
       
      Pode parecer bobeira, mas se formos colocar tudo num papel e lápis teremos a real certeza onde mais gastamos em energia, o meu resultado aqui não me deixou muito satisfeito, pode parecer poucos para alguns ou muitos aqui, mas as contas na real assusta um pouco.

      Comprei um equipamento onde me faz leituras de consumo de energia semana passada e me chegou a dois dias atrás e resolvi hoje testar e testei hoje no meu computador, não é um super computador, mas também não é um computador fraquinho, apesar de antigo atende em tudo que preciso e sua velocidade perto de muitos PC da atualidade não faz vergonha, trata-se de uma mobo Intel DP35DP e um CPU Q6600 com 8G de memória e uma pequena VGA de 512Mb da Nvidia, tenho essa VGA pois a mobo é Off e não sou muito chegado em games, pra isso tenho aqui um PS4.

      Lembrando que o consumo pode variar de PC para PC, tudo vai depender da configuração do equipamento e seu uso!

      O PC ficou oscilando entre 130/140 Wts de consumo, mas me espantei quando abrir o navegador chegou a dar pico de 193,2Wts se não me engano, bom, em 1 hora meu PC consumiu 123Wh colocando isso num papel me saiu:

      123Wts a hora, em 12 horas de uso ele gasta 1476 kWh no mês gasta 45756 kWh somando isso pelo valor da concessionária no fim do mês ele consumiu R$ 31,99 é pouco? Tem mais!

      Fiz a leitura do PC em stand bye, ou seja desligado mas sem desligar o filtro, ele consumiu em 1 hora 3 Wts em 12 horas 36 Wts no mês 1116 kWh num total de R$ 0,78

      Também não podemos esquecer do modem, aqui tenho um da Vivo fraquinho 12v 0,5A muita gente deixa ele ligado 24 horas por dia, aqui mesmo fica 24 horas ligado, em uma hora ele consome 3Wts num dia ele gasta 72Wts no mês se vai 2232 kWh que nas contas me custa R$ 1,56

      Agora colocando tudo no papel com o PC todo e tb tenho um monitor Samsung 17P que tb está nas contas tenho gasto mensal de R$ 34,33 no mês no ano isso me custa R$ 411,96

      Agora imagina isso numa empresa de uns 10 computadores e 9 horas de trabalho lembrando que muita empresa na hora de almoço deixa seu PC ligado, sai no ano R$ 4.119,06 esse valor mensal numa empresa sai R$ 343,30 isso porque se não me engano o valor da tarifa empresarial é maior que residencial, e a minha aqui é residencial.

      Depois disso fiz outra conta, o que eu posso economizar só no PC, seria desligar o PC completamente e também o modem/rotador só com isso economizo R$ 1,56 e desligando o filtro ganho mais R$ 0,78 e no ano tenho uma economia de R$ 28,08! Já numa empresa a economia seria no ano de R$ 280,80 que sai mensal R$ 23,40 a menos na conta!

      Depois desse teste hoje com o PC vou atualizando aqui tudo que vou medindo, assim saberemos onde gastamos e onde podemos economizar!

      ---------------------------------------------------------------------------------------------------------
      Computador em casa Voltagem 110V
      Valor de consumo no mês R$ 34,33 no ano = R$ 411,96
      Valor de economia no mês R$ 2,34 no ano = R$ 28,08 -

      Economia de 6,80%
      ---------------------------------------------------------------------------------------------------------
      Atualização em 31/10/19

      Geladeira em casa Voltagem 110V
      Geladeira Brastemp Ative Frost Free 429L Modelo BRM50NBANA
      Valor de consumo no mês em modo médio R$ 61,38
      Valor de consumo no mês em modo mínimo R$ 33,29

      Economia de 54,25%
      ---------------------------------------------------------------------------------------------------------
      Ventilador em casa Voltagem 110V
      Ventilador Arno Silence Force
      Valor de consumo no mês em modo turbo R$ 20,46
      Valor de consumo no mês em modo normal R$
      Valor de consumo no mês em modo dormir R$
      ---------------------------------------------------------------------------------------------------------
      Fritadeira Walita em casa Voltagem 110V
      Fritadeira Walita
      Valor consumo no mês R$ 3,68
      ---------------------------------------------------------------------------------------------------------
      Atualização em 04/11/19

      Máquina de lavar e secar Samsung Eco Bubble 11K Digital Inverter
      Máquina Lavar Samsung voltagem 110V
      Valor de consumo no mês R$ 9,90
      ---------------------------------------------------------------------------------------------------------
      Letreiro Digital Semi SL1021V 105V/235V - Voltagem 110V
      Letreiro Digital
      Valor consumo no mês R$ 10,66
      ---------------------------------------------------------------------------------------------------------
      Atualização em 06/11/19

      Chuveiro Lorenzetti Duo Shower 7500W Voltagem 220V
      Chuveiro
      Valor consumo no mês R$ 49,28
      ---------------------------------------------------------------------------------------------------------
      Atualização em 11/11/19

      Micro-ondas Brastemp BMS25ABHNA 18L - Voltagem 110V
      Micro-ondas 18L
      Valor consumo no mês R$ 2,10 - 5 minutos diários
      Valor consumo no mês R$ 6,30 - 15 minutos diários
      Valor consumo no mês R$ 25,22 - 1 hora de uso diário
      --------------------------------------------------------------------------------------------------------
      Atualização em 13/11/19

      Micro-ondas Brastemp BMS46BBHNA 30L - Voltagem 110V
      Micro-ondas 30L
      Valor consumo no mês R$ 2,05 - 5 minutos diários
      Valor consumo no mês R$ 6,15 - 15 minutos diários
      Valor consumo no mês R$ 24,60 - 1 hora de uso diário
      --------------------------------------------------------------------------------------------------------
      Notebook Asus VivoBook X510U i5-7200U
      Notebook
      Valor consumo no mês R$ 6,93
      --------------------------------------------------------------------------------------------------------


      .....................
    • By Marcão de Souza
      Posto mais um site de diagramas de reparo de TVs, é provável que muitos dos modelos existam no Brasil, vale a pena conferir, é um farto material. Link:
    • By Marcão de Souza
      Mais um site repleto de manuais e diagramas de serviço para televisores Smart das mais variadas marcas. Link:

       

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...