Jump to content

Rate this topic

Recommended Posts

 

Espelhos planos vão substituir antenas parabólicas

 

Com informações do LANL - 26/03/2020

 

Antenas-espelho

 

Pesquisadores acabaram de reinventar o espelho - ao menos espelhos que refletem não luz visível, mas as micro-ondas usadas nas telecomunicações.

E esses "espelhos de ondas" prometem substituir os conhecidos pratos e cornetas, que vemos nos telhados e nas torres de celular, por telas planas compactas, versáteis e melhor adaptadas às modernas tecnologias de comunicação.

 

E, em vez de lotar os telhados, essas antenas planas poderão revestir as fachadas dos prédios, ampliando a cobertura e eliminando a poluição visual.

E não é por acaso que os pesquisadores as chamam de espelhos ou refletores: Em vez da simples reflexão das antenas convencionais, essa nova tecnologia é ativa, lidando com as ondas de forma controlada, o que abre o caminho para a manipulação dessas ondas.

 

"Nossos novos refletores oferecem alternativas leves e discretas às antenas convencionais. E eles podem ser uma dádiva para os satélites, onde a minimização de peso e tamanho é crucial. Os painéis também podem ser facilmente incorporados em superfícies de edifícios ou veículos terrestres," disse o pesquisador Abul Azad, do Laboratório Nacional Los Alamos, nos EUA.

 

Reciprocidade e comunicação direcional

 

A maioria dos refletores é recíproca: No caso de um espelho, por exemplo, se você pode ver alguém refletido nele, a pessoa também pode vê-lo. O novo design do refletor quebra a reciprocidade, o que o transforma efetivamente em um espelho de mão única.

 

O novo refletor plano também pode ser controlado eletronicamente, o que significa que suas características podem ser reconfiguradas em tempo real, permitindo mexer nas ondas refletidas.

 

Isso viabiliza o direcionamento do feixe de transmissão ou a focagem personalizada, técnicas difíceis de serem implementadas com as antenas convencionais.

 

E versões miniaturizadas poderão melhorar os circuitos dentro dos chips, garantindo que os sinais sejam direcionados apenas aos componentes desejados e não levem a sinais espúrios em outras partes do circuito, um problema com o qual os projetistas de chips se preocupam o tempo todo.

 

Metassuperfície

 

Estes novos espelhos-antenas são compostos por uma matriz de estruturas minúsculas traçadas em uma superfície plana. Esse tipo de dispositivo é conhecido como "metassuperfície" porque suas características podem ser alteradas eletronicamente para agir de maneiras diferentes sem modificar a forma física da própria superfície - elas são a versão 2D dos metamateriais.

 

Quando os sinais atingem a metassuperfície 2-D, suas estruturas manipulam as ondas de luz, fazendo a superfície plana funcionar como uma antena 3-D - e, em alguns casos, fazer coisas que nenhuma antena convencional poderia fazer.

 

Aplicando sinais elétricos aos componentes do refletor, os pesquisadores conseguiram modular a metassuperfície para controlar a direção e a frequência da luz refletida. E a resposta não-recíproca do refletor impede que as antenas captem ecos de suas próprias transmissões, mantendo a qualidade e protegendo os circuitos de sinais de entrada potencialmente prejudiciais.

 

"Nós demonstramos a primeira metassuperfície dinâmica capaz de alcançar não-reciprocidade extrema convertendo micro-ondas em plásmons, que são ondas de carga elétrica na superfície do refletor. Esta é a chave para controlar a maneira como os refletores funcionam," explicou o engenheiro Diego Dalvit, membro da equipe.

 

Foto: 

Detalhe dos componentes que formam o refletor de micro-ondas.
[Imagem: Andrew E. Cardin et al. - 10.1038/s41467-020-15273-1]

 

Bibliografia:

Artigo: Surface-wave-assisted nonreciprocity in spatio-temporally modulated metasurfaces
Autores: Andrew E. Cardin, Sinhara R. Silva, Shai R. Vardeny, Willie J. Padilla, Avadh Saxena, Antoinette J. Taylor, Wilton J. M. Kort-Kamp, Hou-Tong Chen, Diego A. R. Dalvit, Abul K. Azad
Revista: Nature Communications
Vol.: 11, Article number: 1469
DOI: 10.1038/s41467-020-15273-1

 

Fonte:

Inovação Tecnológica

https://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=antenas-parabolicas-transformando-espelhos-planos&id=010150200326#.X6k6LsJKhph

Componentes do  refletor de Micro-Ondas.jpg

  • Like 1
  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By Robson Santana 2020
      Samfirm é um software muito conhecido para baixar Stock Roms (FIRMAWRE) Samsung. Um software muito eficiente mas que há algum tempo já não funciona mais, de maneira nenhuma. Assim que o SAMFIRM começou a apresentar "erros", (isso há mais de um ano atrás), era possível corrigi-los instalando três programas; o Microsoft Visual C++ 2008 e 2010 e o Microsoft Net Framework 3.5.  Mas até que parou de vez. (Pelo menos eu não achei mais nenhuma maneira em parte alguma de o SAMFIRM voltar a funcionar).  Mais alguns desenvolvedores "fabricaram" uma ferramenta bem parecida. Encontrei e baixei, testei e está funcionando muito bem. Fiz o upload dela. 
    • By djsync
      Píxel azul
      Pode ter sido vencido o último grande desafio para dar eficiência máxima aos monitores e telas que usam OLEDs, ou diodos emissores de luz orgânicos: Uma fonte de luz azul que alcança o mesmo desempenho das cores vermelha e verde.

       
      Chin-Yiu Chan e seus colegas da Universidade Kyushu, no Japão, sintetizaram OLEDs que produzem emissão de azul puro com alta eficiência, mantêm o brilho por tempos relativamente longos e não têm nenhum átomo de metal caro - um conjunto de propriedades nunca alcançado até agora.
       
      A inovação foi obtida quando Chan dividiu os processos de conversão e emissão de energia entre duas substâncias orgânicas diferentes.
      Ao contrário das tecnologias de LCD - o que inclui as telas de LEDs inorgânicos tradicionais -, que empregam cristais líquidos para bloquear seletivamente a emissão de uma luz de fundo filtrada cobrindo muitos píxeis, uma tela OLED usa píxeis separados de vermelho, verde e azul.
       
      Cada píxel pode ser completamente ligado e desligado individualmente, reduzindo o consumo de energia e produzindo pretos mais profundos, o que ajuda a melhorar a qualidade da imagem.
       
      Embora as telas de OLEDs disponíveis no mercado usem emissores azuis estáveis, baseados em um processo conhecido como fluorescência, eles apresentam uma eficiência máxima baixa. Os chamados emissores fosforescentes podem alcançar uma eficiência quântica ideal de 100%, mas geralmente apresentam tempos de vida operacionais mais curtos e requerem metais caros, como irídio ou platina.
       
      Hiperfluorescência
      O que Chan e seus colegas fizeram foi desenvolver duas moléculas orgânicas que emitem luz com base em um processo que a equipe chama de "fluorescência retardada termicamente ativada", que dispensa os átomos metálicos.
       
      Adotando uma estrutura que basicamente empilha dois componentes um em cima do outro, um feito de cada uma das moléculas, a emissão de luz praticamente dobra para a mesma corrente elétrica, um patamar de eficiência que a equipe chama de "hiperfluorescência".
       
      Além disso, a vida útil quase dobrou, com a equipe estimando que os dispositivos poderiam manter 50% de seu brilho por mais de 10.000 horas.
       
      "Embora isso ainda seja muito curto para aplicações práticas, o controle mais rígido das condições de fabricação geralmente leva a vidas úteis ainda mais longas. Portanto, esses resultados iniciais apontam para um futuro muito promissor para esta abordagem para finalmente obter um OLED azul puro eficiente e estável," disse o professor Chihaya Adachi, cuja equipe já havia desenvolvido os primeiros materiais orgânicos que brilham no escuro e um laser orgânico, ou O-Laser.
      Bibliografia:
       
      fonte: inovacaotecnologica.com.br
    • By Niemeyerd
      Em condições de funcionamento normal cada fio dos falantes deve ter em torno de 6volts.
      Quando tem defeito pode medir em relação ao gnd que vai ter 0v 3v 12v e não funciona.
       
      Para substituição do PAL012A pelos TDA7386, TDA7385, TDA7384, TDA7388 etc... o procedimento é o mesmo porém como se sabe
      estes C.Is não provem do +B remoto.
      1- corte o pino 1 e 25 do TDA7386....
      2- instale o TDA7386..... (solde)
      3- Lique o pino 1 do TDA7386 ao terra.
       
      substituição do PAL011a pelos TDA7384 etc...

      1 - corte o pino 25 do TDA7386.......
      2- instale o TDA7386 no lugar do PAL011a
      3- ligue um fio levando 12V ao local aonde estava soldado o pino 25 do CI.
      4- feche o aparelho está pronto.


      Possíveis dúvidas:
      O pino 25 não era o +B remoto????
      Resposta: O PAL011A não faz comando de +B remoto, existe um CI dedicado a está função.

      Após substituir a saída o som funcionou perfeitamente porem não sai +B remoto.
      Resposta: verifique o IC 961 e sua região.
       
      TDA7560 com remote pino 25 = PAL007
      PAL 007A B C D E, PAL011A 011 compatível com PA2030 / PA2032
       
      PAL013 são 27 pinos
       
      Já fiz também circuito com BC327 + BC337 para remoto com comando proveniente da iluminação do painel.
      Ou aproveitando a tensão de 6V que tem nas saidas, não precisa abrir o radio, também pode ser feito em rádios originais que não possuem saída remoto, muito simples de montar, pode acionar cargas até maior que saídas remoto originais, também conhecida como antena elétrica.


    • By alejeff
      ENGLEWOOD CLIFFS, NJ, 28 de dezembro de 2020 
      A LG Electronics apresentará suas primeiras TVs QNED Mini LED na CES 2021 virtual como sua oferta
      de produtos top de linha em sua linha de TVs LCD premium de 2021.
       
      As mais novas TVs da LG representam um salto gigante na qualidade de imagem da TV LCD. Graças às
      tecnologias de quantum dot e NanoCell com Mini LEDs como fonte de luz, o brilho e o
      contraste são muito superiores aos das televisões LCD convencionais. A linha 2021 inclui
      10 novos modelos 4K e 8K, cobrindo uma ampla gama de tamanhos de tela grande de até
      86 polegadas.

      Com o OLED no auge das ofertas de TV da LG com seus pixels auto-iluminados e controle
      de escurecimento independente, a chegada das Mini TVs LED QNED da LG oferece uma
      opção atraente para os consumidores. Graças a uma nova estrutura de painel aprimorada
      pela avançada iluminação de fundo Mini LED da LG, essas TVs oferecem uma experiência
      de visualização verdadeiramente envolvente no espaço LCD. Como as primeiras TVs a
      combinar ponto quântico e tecnologia NanoCell em um produto, as TVs LED Mini QNED
      da LG produzem cores incrivelmente precisas, enquanto a retroiluminação LED avançada
      oferece melhor contraste e pretos mais profundos para imagens de vibração e realismo
      excepcionais. E com uma taxa de atualização de até 120 Hz, essas TVs processam o
      movimento de maneira mais suave e natural.

      A inovadora iluminação de fundo Mini LED da LG compreende até quase 30.000
      minúsculos LEDs que produzem incrível brilho de pico e uma relação de contraste de
      1.000.000: 1 quando combinada com até 2.500 zonas de dimerização e tecnologia de
      dimerização local avançada. Isso resulta em excelente qualidade de imagem HDR com
      contraste e pretos incríveis, uma ampla gama de cores e incrível precisão de cores. Para
      imagens incrivelmente realistas que parecem ultrapassar os limites da tela e entrar no
      espaço do usuário, não é difícil ver por que o LG QNED Mini LED é a nova TV LCD a ser
      batida.

      Fonte https://ces2021.lgusnewsroom.com/ .

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...