Jump to content
elias.girardi

notícia Descoberto buraco negro mais próximo da Terra

Rate this topic

Recommended Posts

010130200506-buraco-negro-mais-proximo-da-terra-1.jpg.b6250a4061867e86d973f50dd49189fe.jpg

Esta concepção artística mostra as órbitas dos objetos no sistema estelar triplo HR 6819. Este sistema é composto por um binário interior com uma estrela (órbita azul) e um buraco negro recentemente descoberto (órbita vermelha), assim como por uma terceira estrela numa órbita mais afastada (também azul). [Imagem: ESO/L. Calçada]

 

Buraco negro mais próximo da Terra

 

Uma equipe de astrônomos do Observatório Europeu do Sul (ESO) descobriu um buraco negro situado a apenas 1.000 anos-luz de distância da Terra.

 

O corpo celeste encontra-se mais próximo do nosso Sistema Solar do que qualquer outro buraco negro encontrado até agora e faz parte de um sistema triplo que pode ser visto a olho nu. A equipe afirma que este sistema pode ser apenas a ponta do iceberg, já que muitos outros buracos negros semelhantes poderão ser descobertos.

 

"Ficamos bastante surpresos quando percebemos que este é o primeiro sistema estelar com um buraco negro que podemos observar a olho nu," disse Petr Hadrava, da Academia de Ciências da República Tcheca.

 

Localizado na constelação do Telescópio, o sistema se encontra tão próximo de nós que suas estrelas podem ser vistas do Hemisfério Sul em uma noite escura e clara sem binóculos ou telescópio.

 

Como se descobre um buraco negro

 

A equipe observou originalmente o sistema, chamado HR 6819, como parte de um estudo de sistemas de estrelas duplas.

 

No entanto as observações revelaram que uma das duas estrelas visíveis orbitava um objeto invisível com um período de 40 dias, enquanto a segunda estrela se encontrava a maior distância desse par interno. Como nenhum outro corpo celeste foi encontrado lá, durante meses de observação, a conclusão é que se trata de um buraco negro.

 

Se a conclusão estiver correta, o buraco negro escondido no binário HR 6819 seria um dos primeiros buracos negros estelares descoberto que não interage violentamente com o meio que o circunda e, portanto, parece ser verdadeiramente negro, não emitindo outro tipo de radiação, como acontece quando os buracos negros engolem massa ao seu redor.

 

Apesar disso, a equipe conseguiu detectar a sua presença e calcular a sua massa ao estudar a órbita da estrela do par interno. "Um objeto invisível com uma massa de pelo menos 4 vezes a massa do Sol, só pode ser um buraco negro," concluiu Thomas Rivinius, que liderou as observações.

 

010130200506-buraco-negro-mais-proximo-da-terra-2.jpg.0d0d89e95856de896fb69673a7929688.jpg

Este mapa mostra a localização do sistema triplo HR 6819 na constelação do Telescópio, onde se encontra o buraco negro mais próximo da Terra descoberto até agora. [Imagem: ESO/IAU/Sky & Telescope]

 

Buracos negros na Via Láctea

 

Até agora, os astrônomos descobriram apenas cerca de duas dúzias de buracos negros na nossa galáxia, quase todos em interação violenta com o seu meio envolvente e dando provas da sua presença pela forte emissão de raios X.

 

No entanto, os cientistas estimam que, durante todo o tempo que a Via Láctea já existiu, muitas estrelas devem ter colapsado sob a forma de buracos negros no final das suas vidas.

 

A descoberta de um buraco negro "silencioso e invisível" no sistema HR 6819 fornece pistas sobre onde podem estar esses muitos buracos negros ocultos na Via Láctea. "Deve haver centenas de milhões de buracos negros, mas nós apenas conhecemos alguns. Saber o que procurar nos dá agora uma melhor oportunidade de os encontrar," disse Rivinius.

 

Os astrônomos acreditam também que sua descoberta poderia lançar alguma luz sobre um segundo sistema que eles vêm observando há algum tempo.

 

"Acreditamos que outro sistema, chamado LB-1, também possa ser um sistema triplo deste tipo, apesar de necessitarmos de mais observações para ter certeza," disse Marianne Heida, membro da equipe. "O LB-1 se encontra um pouco mais afastado da Terra, mas ainda está bastante próximo em termos astronômicos, o que significa que provavelmente existem muitos destes sistemas.  Encontrá-los e estudá-los nos dá a oportunidade de aprender bastante sobre a formação e evolução das estrelas raras que começam as suas vidas com mais de cerca de 8 vezes a massa do Sol e terminam as suas vidas numa explosão de supernova, deixando como resto um buraco negro."

 

Fonte: https://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=buraco-negro-mais-proximo-terra&id=010130200506#.X7PWMPlKgdU

Edited by elias.girardi
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By Maru
      Boa Tarde colegas, aqui estamos novamente para pedir auxilio a todos no que se refere a este equipamento esdrúxulo que é a tal Lâmpada/Câmera espião da marca Tucano, nos trouxeram para verificar o por que ela não ascendia o led azul. bem nunca abrimos uma desta antes. abaixo segue as fotos da mesma desmontada para o deleite de todos.
      Bem verão que falta um componente, sim foi retirada a BIOS dela para efetuar um Backup, e preciso de um firmware para tentar regravar para ver se resolveria o problema, bem um deles pelo menos. Explico:
      Bem chegou aqui no laboratório com os seguintes sintomas:
      1ª - Não ascendendo o LED Azul;
      2ª - A voz esta praticamente inaudível, fala mas esta embolada, ruim de entender e ainda em inglês, ficou horrível. rsrsrs
      3ª  as luzes brancas ascende por um instante e se apagam, não mais se mantém acesas.
      4ª - a câmera não esta apresentando imagem junto ao aplicativo que vem com ela, este tal de V380 Pro.
      um detalhe que a BIOS dela é uma Winbond 25Q64JV e nossa gravado TL866 não consta em sua biblioteca interna nada parecido. rsrsrs
      Conto com o auxílio de todos para que juntos consigamos resolver este problema.
       
      Cordialmente
       
      Maru








    • By voxtryt
      Sou Andrei Moreira, Eletrotécnico trabalho no segmento de manutenção eletrodomésticos e Informática já há 12 anos de experiências, estou sempre em busca de conhecimento e soluções diante dos desafios do dia- a -dia  para o segmento no mercado de trabalho, atualmente possuo diversos cursos (presencial e onlines) o mais recente é de eletrônica em três módulos, na especialidades Eletrônica: Analógica e Digital conceitos de Fonte: tipo FB, DC, INVERSORES E APLICACOES DE FONTES EM AC, Conhecimento nos MODULOS DE REPARAÇAO; AMPLIFICADORES DE AUDIO E VIDEO, Games, Informática, Programação Basica PIC, BIOS EPROMS Me considero um estudante na área, pois é muito ampla pra dizer que tenho conhecimento um bom, pretendo me tornar um engenheiro elétrico, após alguns anos trabalhando na área quero me especializar em mecatrônica que é meu grande sonho!
      Meu objetivo neste forum além de poder fazer amigos no mesmo ramo que o meu, é obter mais conhecimento assim que for necessário, repassar minhas experiências são poucos anos mais garanto que nao perdi tempo e tenho um conhecimento amplo em defeitos.. pretendo continuar a ter sucesso no meu comercio e conquistar o meu grande sonho.
    • By Robson Santana 2020
      Samfirm é um software muito conhecido para baixar Stock Roms (FIRMAWRE) Samsung. Um software muito eficiente mas que há algum tempo já não funciona mais, de maneira nenhuma. Assim que o SAMFIRM começou a apresentar "erros", (isso há mais de um ano atrás), era possível corrigi-los instalando três programas; o Microsoft Visual C++ 2008 e 2010 e o Microsoft Net Framework 3.5.  Mas até que parou de vez. (Pelo menos eu não achei mais nenhuma maneira em parte alguma de o SAMFIRM voltar a funcionar).  Mais alguns desenvolvedores "fabricaram" uma ferramenta bem parecida. Encontrei e baixei, testei e está funcionando muito bem. Fiz o upload dela. 
    • By djsync
      Píxel azul
      Pode ter sido vencido o último grande desafio para dar eficiência máxima aos monitores e telas que usam OLEDs, ou diodos emissores de luz orgânicos: Uma fonte de luz azul que alcança o mesmo desempenho das cores vermelha e verde.

       
      Chin-Yiu Chan e seus colegas da Universidade Kyushu, no Japão, sintetizaram OLEDs que produzem emissão de azul puro com alta eficiência, mantêm o brilho por tempos relativamente longos e não têm nenhum átomo de metal caro - um conjunto de propriedades nunca alcançado até agora.
       
      A inovação foi obtida quando Chan dividiu os processos de conversão e emissão de energia entre duas substâncias orgânicas diferentes.
      Ao contrário das tecnologias de LCD - o que inclui as telas de LEDs inorgânicos tradicionais -, que empregam cristais líquidos para bloquear seletivamente a emissão de uma luz de fundo filtrada cobrindo muitos píxeis, uma tela OLED usa píxeis separados de vermelho, verde e azul.
       
      Cada píxel pode ser completamente ligado e desligado individualmente, reduzindo o consumo de energia e produzindo pretos mais profundos, o que ajuda a melhorar a qualidade da imagem.
       
      Embora as telas de OLEDs disponíveis no mercado usem emissores azuis estáveis, baseados em um processo conhecido como fluorescência, eles apresentam uma eficiência máxima baixa. Os chamados emissores fosforescentes podem alcançar uma eficiência quântica ideal de 100%, mas geralmente apresentam tempos de vida operacionais mais curtos e requerem metais caros, como irídio ou platina.
       
      Hiperfluorescência
      O que Chan e seus colegas fizeram foi desenvolver duas moléculas orgânicas que emitem luz com base em um processo que a equipe chama de "fluorescência retardada termicamente ativada", que dispensa os átomos metálicos.
       
      Adotando uma estrutura que basicamente empilha dois componentes um em cima do outro, um feito de cada uma das moléculas, a emissão de luz praticamente dobra para a mesma corrente elétrica, um patamar de eficiência que a equipe chama de "hiperfluorescência".
       
      Além disso, a vida útil quase dobrou, com a equipe estimando que os dispositivos poderiam manter 50% de seu brilho por mais de 10.000 horas.
       
      "Embora isso ainda seja muito curto para aplicações práticas, o controle mais rígido das condições de fabricação geralmente leva a vidas úteis ainda mais longas. Portanto, esses resultados iniciais apontam para um futuro muito promissor para esta abordagem para finalmente obter um OLED azul puro eficiente e estável," disse o professor Chihaya Adachi, cuja equipe já havia desenvolvido os primeiros materiais orgânicos que brilham no escuro e um laser orgânico, ou O-Laser.
      Bibliografia:
       
      fonte: inovacaotecnologica.com.br
    • By CTM Informatica
      Pessoal venho aqui buscar conhecimentos com vocês a respeito dos CIs PWM. Eu sempre tenho uma dificuldade enorme de encontrar os modelos para comprar ou ate mesmo similares que tenham a mesma função. Existe alguma ferramenta que facilita esse trabalho ?

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...