Jump to content
Carlos Alberto de Jesus

dúvida No-break não carrega bateria shara

Rate this topic

Recommended Posts

Buenas,

 

o carregador dele é assim:

image.png.f92628e8b4a418275d125d2b564773bb.png

 

Você está testando com uma bateria boa? Se medir sem bateria, a tensão fica alterada mesmo. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By elias.girardi
      Esta imagem ampliada mostra o alumínio depositado nas fibras de carbono em um eletrodo da bateria. A ligação química torna o eletrodo mais espesso e sua cinética mais rápida, resultando em uma bateria recarregável que é mais segura, mais barata e mais sustentável do que as baterias de íons de lítio. [Imagem: Jingxu Zheng et al. - 10.1038/s41560-021-00797-7]
       
      Ciclos de carga e descarga
       
      Existe um "número mágico" no campo das baterias que estabelece que é necessário que uma bateria suporte 1.000 ciclos de carga e descarga para que ela seja comercialmente viável.
       
      É claro que existem no mercado muitas baterias de baixa qualidade, que não chegam nem perto disso, mas uma vida útil de 1.000 ciclos é a qualidade mínima exigida para que marcas reconhecidas se decidam a colocar seu logo sobre um produto.
       
      Brevemente, no entanto, toda essa discussão deverá ser feita em um outro patamar, uma vez que Jingxu Zheng e seus colegas da Universidade de Cornell, nos EUA, fizeram uma verdadeira mágica nesse número mágico.
       
      Zheng construiu uma bateria à base de alumínio e zinco que alcançou 10.000 ciclos de carga e descarga sem perder capacidade.
       
      Esse novo tipo de bateria pode ser uma alternativa mais segura e mais ecologicamente correta às baterias de íons de lítio, que atualmente dominam o mercado.
       
      Bateria de alumínio
       
      Entre as vantagens de usar o alumínio para fabricar baterias está o fato de que ele é um elemento muito mais abundante na crosta terrestre do que o lítio, o que o torna mais barato.
       
      E, sendo trivalente e leve, ele tem capacidade de armazenar mais energia do que muitos outros metais.
       
      No entanto, tem-se mostrado difícil integrar o alumínio nos eletrodos das baterias porque ele reage quimicamente com o separador de fibra de vidro, que divide fisicamente os polos positivo e negativo, fazendo com que a bateria entre em curto-circuito e pife.
       
      A solução encontrada por Zheng foi projetar um substrato de fibras de carbono entrelaçadas que formam uma ligação química ainda mais forte com o alumínio. Quando a bateria é carregada, o alumínio é depositado na estrutura de carbono por meio de ligações covalentes muito fortes, com um compartilhamento de pares de elétrons entre os átomos de alumínio e os átomos de carbono.
       
      Enquanto os eletrodos das baterias recarregáveis convencionais são apenas bidimensionais, esta técnica usa uma arquitetura tridimensional - ou não-planar - e cria uma camada de alumínio mais consistente e mais profunda, que pode ser controlada com precisão, segundo os pesquisadores.
       
      Os protótipos de baterias com o anodo de alumínio construídos pela equipe puderam ser carregadas e descarregadas - em condições práticas - mais de dez vezes mais do que outras baterias similares.
       
      Fonte: https://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=bateria-aluminio-recarregada-10-000-vezes&id=010115210409
       
       
    • By marionpva
      Boa Noite,
      Pessoal é minha primeira postagem peço desculpa se errei em algo!
       
      Estou com esse notebook na bancada o cliente derrubou liquido nele e conseguiu desligar normal, ele apresenta os seguintes sintomas:
      Se ligar a fonte com o teclado ligado nele o cooler dispara muito forte;
      Sem o teclado o notebook liga pelos pinos 3.3v e GND quando fecha o curto, ele apresenta todas as tensões, mais não da vídeo, notei que as bobinas plz4 e a plz3 esquentam muito o notebook desliga e liga novamente;
      Achei alguns capacitores na linha  +VCCIN que apresentam curto com o GND e também o componente PCZ18 que é um capacitor de tântalo, removi alguns capacitores inclusive o de tântalo e fora da placa não apresentam curto;
      Removi também dois resistores da memoria on board pois o liquido estava proximo,  RC226 e RC 227, mais também não adiantou;
       
      Não tenho muita experiência e também não tenho osciloscópio.
       
      Se alguém poder me ajudar ficarei grato.
       
    • By Adriano Presley
      Olá amigos gostaria de saber se alguém sabe qual o tipo de memória que é compatível com o notebook Positivo Unique S1991, se é 800 Mhz, 1333 ou 1600 ? Se alguém souber e puder dizer fico grato.
    • By mreletricidade
      Boa noite pessoal 
      Bom minha duvida é quais são as tensões que devo encontrar nas placas de vídeo em geral  
    • By TicoRodrigues
      Boa tarde.
       
      Gostaria de saber se alguém possui uma fonte do Ps4 para me informar os modelos dos componentes, que eu marquei na foto, cujo vieram faltando na placa que chegou pra mim.
       
      O esquema dessa fonte é praticamente impossível de encontrar.
       
      O modelo da placa é ADP-200ER.
       
      Obrigado.

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...