Jump to content
elias.girardi

notícia Novo Intel Core i7-1195G7 aparece em testes e surpreende

Rate this topic

Recommended Posts

09155358068227.thumb.jpg.493181587c4f1966461afedd5cd9ed10.jpg

 

Recentemente, o processador Intel Core i7-1195G7 apareceu em testes de desempenho do Geekbench e surpreendeu nos resultados. Desenvolvido para notebooks ultraleves, o modelo obteve uma pontuação comparável com o desempenho encontrado em processadores para desktop, tais como o Core i5-11600K e até mesmo o poderoso Ryzen 9 5950X, da concorrente AMD.

 

O que mais chamou atenção nos resultados do Core i7-1195G7 foi seu desempenho nos testes de um único núcleo — também conhecidos como "testes single-core". Mais especificamente, o processador da 11ª geração da Intel, Tiger Lake, alcançou a média de 1680 pontos nesta categoria e contou com uma frequência base de 2,89 GHz e uma máxima de 4,98 GHz para realizar o feito.

 

Apesar do Core i7-1195G7 ter obtido um resultado semelhante ao encontrado em processadores de desktop na performance de testes single-core, vale ressaltar que esse feito possivelmente não será replicável pelos consumidores.

 

Isso acontece devido à natureza dos testes de estresse, que não apenas exigem uma grande quantidade de energia elétrica para alcançar o máximo desempenho dos modelos, mas também liberam uma grande quantidade de calor como consequência do processo. Sem a precaução e refrigeração adequada, o equipamento pode sofrer danos irreparáveis.

 

09163006779248.png.b9cb0d427d97c22b3c0e086184fc0027.png

Resultados do Core i7-1195G7, no modelo protótipo NV4XMJ, da CLEVO. (Fonte: VideoCardz / Reprodução)Fonte:  VideoCardz 

 

Desempenho em testes multi-core

 

Tratando-se de seu desempenho em testes de múltiplos núcleos, o Core i7-1195G7 alcançou a média de 6005 pontos e não desaponta, mas também não pode ser comparável ao resultado encontrado nos processadores para desktop. Por exemplo, o Core i5-11600K alcançou a média de 6955 pontos nesta categoria, enquanto o Ryzen R9 5950X ultrapassa com facilidade a faixa dos 17000 pontos — um aumento médio de 15% e 183%, respectivamente.

 

Mesmo assim, o Core i7-1195G7 ainda se destaca e continua impressionando com o seu desempenho, especialmente ao considerar seu nicho. O modelo foi lançado recentemente pela Intel e em breve deve estrear em notebooks ultraleves.

 

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/produto/218937-novo-intel-core-i7-1195g7-aparece-testes-surpreende.htm

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By Gabriel da Silva Frazão
      As paredes da Sage não poderá mais ficar em cima dos objetos arremessável, como por exemplo, a granada da Killjoy e nem a orbe de veneno da Viper
    • By elias.girardi
      Imagem: Divulgação/Lansweeper
       
      Lançada na metade de julho, a última grande atualização de segurança do Windows 10 protegeu os usuários contra o temido PrintNightmare e 117 brechas que colocam em risco a defesa do sistema. No entanto, nem tudo ocorreu conforme o planejado pela Microsoft, e suas correções acabaram fazendo com que muitas impressoras deixassem de funcionar corretamente como consequência.
       
      Ciente do ocorrido, a empresa lançou nesta terça-feira (27) o pacote de atualização KB5005394, destinado a corrigir o problema causado pela atualização. Segundo a companhia, a solução deve assegurar que impressoras, scanners e outros dispositivos multifuncionais voltarão a operar normalmente.
       
      Anteriormente, a Microsoft orientou os usuários afetados a instalar drivers e firmwares mais recentes dos aparelhos afetados e a consultar as fabricantes caso eles continuassem sem funcionar corretamente. Para instalar manualmente a atualização — disponível neste link — é preciso ter ao menos o update de maio do Windows 10 (KLB5003243) presente em seu sistema.
       
      Segundo a Microsoft, a atualização já está disponível através do Windows Update para aqueles que desejam realizar o processo de forma automatizada. No entanto, a opção não exista para clientes corporativos, que vão ter que recorrer ao Catálogo do Windows Update para baixá-la no momento.
       
      Vale notar que a atualização é opcional e só deve ser realmente aplicada por aqueles que viram suas impressoras deixando de funcionar após instalar as versões mais recentes do Windows 10. Segundo a Microsoft, um número baixo de usuários foi afetado pela questão, que afeta somente dispositivos que usam a autenticação smart card.
       
      Fonte: https://br.yahoo.com/finance/news/windows-10-ganha-atualização-para-002000802.html
    • By Roberto275803
      Colegas,
       
      Esta placa tem o chipset intel BDH61  e quando tento extrair o Me Region acusa que a bios não é intel.
       
      Eu troquei o chipset e notei que a placa fica ligando e desligando, antes nem ligava. Acredito que tenho que limpar o Me region para reconhecer o novo chipset.
       
      As bios disponiveis aqui também não tem a Me region. Engraçado que todas as outras placas HP da line All One que usam este chipset tem como limpar esta parte.
       
      Quem tem uma placa desta funcionando para copiar o arquivo da bios perto do chipset.

    • By alvarosetubal
      Olá pessoal, me chamo Álvaro Henrique, tenho 29 anos, sou de Santa Rita de Cássia Bahia 
       1. Como conheceu o EletrônicaBR? (ex: Google ou outro site)
      Conheci através do Google. 
       2. Qual seu nível técnico? (Amador, Estudante, Técnico, Engenheiro, Empresário)
      Sou amador. 

       3. Quais habilidades relacionadas a eletrônica/informática você tem ou pretende adquirir?
      Todo tipo de conteúdo relacionado à eletrônica em geral. 

       4. Conte um pouco de você. Qualquer coisa.
      Sou amador, não possuo muita experiência, não trabalho na área, mas sou formado em análise e desenvolvimento de sistemas. 
    • By elias.girardi
      Hubble consertado
       
      A NASA anunciou o retorno do Telescópio Espacial Hubble ao status operacional, com o reinício da coleta de dados científicos.
       
      Serão as primeiras observações desde que o computador do telescópio apresentou problemas, no último dia 13 de junho, que colocaram os instrumentos em um modo de segurança e suspendeu as operações científicas.
       
      A equipe realizou um verdadeiro trabalho de detetive em busca da causa do problema do computador, que aparentemente estava no módulo de energia, que não estava conseguindo fornecer uma tensão estável. Depois de inúmeras tentativas de usar diferentes módulos de reserva, na última quinta-feira, 15 de julho, o problema foi resolvido depois que a equipe passou todo o sistema para os módulos de backup.
       
      O telescópio espacial já havia tido um problema semelhante antes. Depois de passar para o sistema de reserva, todo o equipamento foi substituído em uma missão do ônibus espacial no ano seguinte. Esta agora não é uma opção, uma vez que a NASA não possui naves capazes de consertar o Hubble desde a aposentadoria dos ônibus espaciais.
       
      Ainda assim, a NASA afirma que o Hubble ainda vai durar muitos anos e continuará fazendo observações inovadoras, trabalhando em conjunto com outros observatórios espaciais, incluindo o Telescópio Espacial James Webb, que deverá ser lançado até o final deste ano.
       
      Ícone da astronomia
       
      Lançado em 1990, o Hubble observa o Universo há mais de 31 anos, já tendo feito mais de 1,5 milhão de fotos - já são mais de 18.000 artigos científicos publicados com seus dados.
       
      O Hubble contribuiu para algumas das descobertas mais significativas da astronomia recente, incluindo a expansão acelerada do Universo, a evolução das galáxias e os primeiros estudos atmosféricos de planetas além do nosso Sistema Solar.
       
      "O Hubble é um ícone, que tem nos dado uma visão incrível do cosmos nas últimas três décadas," disse Bill Nelson, administrador da NASA. "Estou orgulhoso da equipe do Hubble, dos membros atuais a ex-pesquisadores do Hubble, que intervieram para oferecer seu apoio e experiência. Graças à sua dedicação e trabalho atencioso, o Hubble continuará a construir em seu legado de 31 anos, ampliando nossos horizontes com sua visão do Universo."
       
      Depois de anos de bons serviços, mais três missões de manutenção e uma ameaça de abandono, a NASA fez uma atualização tecnológica mais radical, o que tornou o Hubble 90 vezes mais poderoso do que o projeto original. Mas a última missão de manutenção do Hubble foi realizada em 2009, durante uma visita do ônibus espacial Atlantis.
       
      Fonte: https://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=telescopio-hubble-volta-funcionar&id=010175210719
       

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...