Jump to content
vagner12

notícia regravar epron

Rate this topic

Recommended Posts

meu globalsat gs120 esta travado em boot e nao aceita recovery usb

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By Jose Roberto Rago
      *Por José Roberto Rago
      19 de julho de 2021
       
      Atualmente muitas empresas buscam o equilíbrio entre obter resultados e manter o desenvolvimento Social e Ambiental.
      Na sociedade contemporânea percebe-se um hábito consumista de compra, uso e descarte que se torna mais acentuado pelas estratégias das indústrias baseadas nas evoluções tecnológicas. Elas colocam os seus produtos no mercado promovendo junto aos seus clientes um ciclo de renovação tecnológica com períodos cada vez mais curtos, o que leva a um grande consumo de recursos naturais, aumento da poluição na fabricação e no descarte inadequado desses materiais.
      Nesse cenário estão surgindo dentro de algumas empresas a preocupação e diversas ações, dentre elas a de logística reversa. As iniciativas de reciclagem oferecem um enorme benefício por não ter que extrair novos recursos do planeta para fabricar produtos e cada vez mais vemos empresas seguindo os conceitos de Empresa B e Economia Solidária .
      Dentro dessa linha de atuação, estamos vendo uma adaptação das antigas empresas e a formação de novas empresas já com esses conceitos bem definidos, olhe o exemplo do McDonalds que aproveita a sua logística de entrega de produtos e recolhe no mesmo ato todo resíduo de óleo das suas lojas, depois transforma-o em biocombustível para ser utilizado nestes mesmos caminhões de entrega. Outro exemplo interessante é o da Natura que valoriza o manejo da floresta, práticas agrícolas sustentáveis e estimula o combate ao desmatamento. Vale ressaltar também a proposta da Smartfix que se posiciona entre as indústrias e os consumidores como uma assistência técnica especializada, regenerando os equipamentos eletrônicos usados e defeituosos recolocando-os no mercado, desta forma prolonga o tempo de uso de 1 ou 2 anos, imposto pelas indústrias, aumentando o ciclo de vida de vários tipos de equipamentos e tornando a inclusão tecnológica da sociedade mais acessível.
      Resumidamente podemos dizer que os benefícios imediatos destas atividades, além da preservação do meio ambiente, o processo de reciclagem gera toda uma nova cadeia de empregos nas áreas técnicas, logística, marketing, etc.
       
      Seja positivista e resiliente em suas escolhas: “Nossa sociedade aos poucos torna-se cada vez mais consciente de que precisa preservar o planeta e adota ações nesse sentido”.
       
      * José Roberto Rago Administrador de Empresas/Gestão Empresarial – Sócio diretor da Rave Empreendimentos.
      Referências:
       
      https://www.ecycle.com.br/empresa-b/

      https://cirandas.net/fbes/o-que-e-economia-solidaria
       
      https://recetadelfuturo.com/economia-circular/
       
      https://smartfixcell.com.br/
    • By elias.girardi
      A Xiaomi ultrapassou a Apple no cenário global e se tornou a segunda maior fabricante de celulares do mundo. A gigante chinesa já havia ultrapassado a rival californiana no mercado europeu há alguns meses e, agora, expandiu seu feito para todos os cantos do planeta. Essa é a primeira vez que a companhia está à frente da empresa chefiada por Tim Cook, que cai para o terceiro lugar.
       
      Os dados foram fornecidos pela empresa de consultoria de mercado Canalys — a mesma que divulgou, em maio, a superioridade da marca em relação à Apple na Europa — e representam os números válidos para o segundo trimestre desse ano. De acordo com os analistas da companhia, a Xiaomi agora fica atrás apenas da Samsung.
       

      Mi 11 Ultra foi um dos últimos lançamentos de celulares topo de linha da Xiaomi (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
       
      Ainda de acordo com a Canalys, o top-5 das maiores fabricantes de celulares do mundo é finalizado pelas chinesas Oppo e Vivo, que não mudaram de posição e ainda ocupam a quarta e quinta posição, respectivamente. É importante destacar que as duas empresas não são apenas conterrâneas, mas também fazem parte do mesmo conglomerado — o Grupo BBK, que possui outras fabricantes de smartphones, como a Realme e a OnePlus.
       
      Crescimento das empresas durante o período
       
      Se mergulharmos nos dados fornecidos pela Canalys, podemos notar que um dos motivos para a Xiaomi ultrapassar a Apple foi a diferença no crescimento das duas durante o período. A norte-americana teve um aumento de apenas 1% nos últimos três meses e fechou o trimestre com uma participação de 14% no mercado. Já a rival cresceu 83% e agora detém 17% da fatia entre as maiores fabricantes de celulares no mundo.
       

      Ranking mostra as cinco maiores fabricantes de celulares do mundo (Imagem: Divulgação/Canalys)
       
      Outra possível explicação é o declínio da Huawei. A fabricante permaneceu por muito tempo no segundo posto, em disputa constante com a Samsung e, algumas vezes, até figurou no como líder no mercado. Agora, porém, após um longo período de restrições comerciais devido ao conflito com o governo dos Estados Unidos, a marca já não está nem entre os cinco maiores do mundo.
       
      É importante frisar, porém, que esses resultados são baseados na análise apenas da Canalys e, portanto, outras empresas de consultoria podem divulgar números diferentes que, consequentemente, podem levar a Xiaomi de volta ao terceiro lugar. Com isso, somente nos próximos períodos poderemos ver se a chinesa manterá o crescimento e confirmar a posição acima da fabricante dos iPhones.
       
      Fonte: https://canaltech.com.br/smartphone/xiaomi-passa-a-apple-e-se-torna-a-segunda-maior-fabricante-de-celulares-do-mundo-189995/
       
    • By alejeff
      A Gigabyte apresentou a placa de vídeo externa Aorus GV-N308TIXEB-12GD, uma GeForce RTX 3080 Ti com 12 GiB de memória com refrigeração líquida para uso com notebooks.
       
      O dispositivo traz as mesmas especificações padrão de modelos para computadores de mesa: clock base de 1.365 MHz, clock boost de 1.665 MHz, 12 GiB de memória GDDR6X rodando a 19 GHz a 384 bits e largura de banda de 912 GB/s, A placa de vídeo vem acomodada em um gabinete externo contendo uma porta Thunderbolt 3, uma porta Gigabit Ethernet, duas portas USB 3.0 tipo A, duas portas HDMI 2.1, três portas DisplayPort 1.4, radiador de 240 mm equipado com duas ventoinhas de 120 mm, sistema com dissipador de calor de cobre que cobre o circuito regulador de tensão, os chips de memória e o chip gráfico. A alimentação é fornecida por uma fonte 80 Plus Gold de 550 W.
       
      O novo gabinete externo tem previsão de lançamento para as próximas semanas, porém não há informações sobre a data exata do início das vendas nem o preço.
       
      Fontes:
       https://www.tomshardware.com/uk/news/gigabyte-rolls-out-liquid-cooled-nvidia-rtx-3080-ti-external-enclosure
      https://www.clubedohardware.com.br

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...