Jump to content
elias.girardi

notícia Rumo à supercondutividade: Elétrons espalham-se como raízes de plantas

Rate this topic

Recommended Posts

010115211213-fluxo-ramificado-eletrons.jpg.27bc377c7c9f30746718e3ff96ba1efb.jpg

Este comportamento dos elétrons nunca havia sido visto, e ele tem fortes implicações para a supercondutividade. [Imagem: Alvar Daza et al. - 10.1073/pnas.2110285118]

 

Conduzindo elétrons

 

Físicos descobriram um novo fenômeno envolvendo os elétrons que pode ser a chave para viabilizar a fabricação de fios supercondutores que funcionem a temperatura ambiente.

 

Os supercondutores transportam a eletricidade sem qualquer perda, o que poderia revolucionar não apenas o setor de energia, mas virtualmente todos os aparelhos eletroeletrônicos, sem contar os carros elétricos, que poderiam rodar semanas sem precisar recarregar as baterias, e os trens, que poderiam passar a levitar sobre os trilhos.

 

O problema é que os supercondutores funcionam bem somente em temperaturas criogênicas, e a energia necessária para resfriá-los leva embora todos os ganhos.

 

Os físicos vêm creditando o fenômeno da supercondutividade a um emparelhamento dos elétrons, quando dois deles passam a se mover como se fossem um só - essa dupla é conhecida como "pares de Cooper".

 

Fluxo ramificado de elétrons

 

Agora, Alvar Daza e seus colegas da Universidade de Harvard, nos EUA, descobriram que os elétrons podem transitar por um material, não como bolas de bilhar, às trombadas com tudo que encontram pela frente, mas encontrando caminhos que parecem com aqueles encontrados na biologia, como as raízes das plantas, os microcanais das folhas ou as próprias árvores.

 

Esse tipo de caminho é conhecido como fluxo ramificado. O fluxo ramificado acontece quando qualquer tipo de onda - som, luz ou mesmo uma onda no mar - se move por superfícies irregulares, o que as leva a encontrar caminhos que se assemelham aos galhos das árvores, em estruturas fractais. Até agora, o fluxo ramificado nunca havia sido observado em estruturas sólidas rígidas.

 

A equipe documentou o fenômeno quando estudava um material bidimensional (2D) que forma as chamadas superredes, padrões organizados e muito densos formados por diferentes elementos - um diamante de ouro, por exemplo, em contraposição à rede atômica de um cristal, formada por um único elemento.

 

"Os ramos mais fortes permanecem estáveis indefinidamente e podem criar canais dinâmicos lineares, em que as ondas não são confinadas diretamente por paredes de potencial, como elétrons em fios comuns, mas sim indiretamente e mais sutilmente pela estabilidade dinâmica. Nós os chamamos de superfios, uma vez que estão associados a uma superrede," escreveu a equipe.

 

010115211213-fluxo-ramificado-eletrons-1.jpg.2b8baf51cd4fbb92b1807b7408a944e9.jpg

O desafio agora é fabricar os materiais onde o fluxo ramificado possa ocorrer sem interferências. [Imagem: Alvar Daza et al. - 10.1073/pnas.2110285118]

 

Superfios na prática

 

Infelizmente, ainda não estamos prontos para encomendar os primeiros superfios para as fábricas.

 

Acontece que os sistemas periódicos, como estes estudados pela equipe, são treliças que parecem tijolos em zigue-zague em uma parede. No material 2D, essas estruturas chegam perto da perfeição, e essa perfeição dá aos elétrons uma maneira de encontrar um caminho livre de resistência necessário para formar seus ramos e atingir a supercondução.

 

Fabricar materiais próximos da perfeição em escala industrial é outra história. Além disso, superfios práticos precisarão ser 3D, e ainda será necessário estudar a eventual fuga dos elétrons entre as camadas.

 

Por isso a equipe pretende continuar o trabalho passo a passo, e o próximo deles será tentar criar um canal curvo no material para eventualmente capturar e direcionar os movimentos dos elétrons.

 

"Nós talvez possamos fazer um supercondutor artificial com isto," disse o professor Eric Heller.

 

Fonte: https://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=comportamento-eletrons-nunca-visto-antes-criar-fios-supercondutores&id=010115211213

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By brlacerda
      Grande amigos, saudações a todos.
      Estou querendo passar algumas informações de área mais técnica a alguns jovens na minha cidade através de uma "ONG" que temos para ajuda dos mais carentes.
      Gostaria que se possível os amigos pudessem me ajudar com material técnico, pode ser com link's em site para que eu possa baixar, mas a principio gostaria da ajuda para saber por onde começar, para um jovem iniciante que ainda não tem noção e nem prática.
      Poderiam me ajudar? exemplo, alguém aconselharia um curso básico (até mesmo poderia comprar para repassar) , uma apostila ou algo do tipo?
      Desde já agradeço a atenção de todos.
    • By Elifaz
      Bom dia a todos, gostaria de compartilhar com vcs sobre esse museu. 
      You are not allowed to view links. Sign in or sign up. Esse museu é uma iniciativa de um velho amigo Antonio Pereira.
      Que desde meados de 2006-2007 tem esse projeto pessoal em mente, a ideia é basicamente criar um acervo de equipamentos eletrônicos, dos mais variados tipos, desde telefones, fitas K7 a osciloscópios e equipamentos industrias e outras coisa relativas a eletrônica,  tudo isso baseado em doações, pra se ter uma ideia o museu ja conta com mais de 7 mil itens catalogados, clicando na pagina vcs poderão saber um pouco mais desse bela iniciativa do Antonio Pereira, um mestre e amigo que a vida me deu. 
      Desde já agradeço a tenção de todos. 
    • By Eduardo ED
      1. Como conheceu o EletrônicaBR?
      Pesquisa no google apos um colega de trabalho me indicar
       
       2. Qual seu nível técnico? (Amador, Estudante, Técnico, Engenheiro, Empresário)
      formado em tecnico de informatica no Senai, e Analista de Sistemas na Una
       
       3. Quais habilidades relacionadas a eletrônica/informática você tem ou pretende adquirir?
      Impressoras, eletrotécnica em geral e programação
       
       4. Conte um pouco de você. Qualquer coisa.
      Trabalho como professor de informática, este fórum seria uma excelente fonte de pesquisa para minhas aulas
    • By wanderzip
      gostaria da ajuda de alguem do forum de como ativar uma fonte de tv lg de plasma modelo 60pb6500 na bancada para teste da mesma fora da tv.
      desde já agradeço
    • By cesaraff
      Ola Amigos ! 
       
      Estou com um All-in-one Dell (Placa 14091-1)
      Poderiam me falar como vocês fazem para gravar a bios EC no IT8739E dessa placa (14091-1) ?
      Tenho o SVOD mas essa placa não tem conector de teclado, pois é um All-in-one, já pensei em soldar os fios direto nas pernas os i/o mas notei que nesse i/o só tem do KSO0 ao KSO5 e KSI0 e KSI1, não tem o KSO6,7,9 e KSI2,3,4,5
       
      Obrigado


SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...