Jump to content

notícia História dos transistores por trás do avanço tecnológico

Rate this topic


 Share

Recommended Posts

Os transistores estão intimamente ligados à tecnologia e história de como os avanços possibilitaram uma série de novas interações na automação de uma empresa de capa térmica para piscina sob medida, permitindo que cada vez mais essas técnicas estejam adequadas à sociedade.

 

A história do transistor começou ainda na época em que os computadores eram feitos com válvulas. Essa forma primitiva de computação levou muitos pesquisadores a pensar em maneiras de aperfeiçoar as válvulas e principalmente reduzir seu tamanho.

 

Isso porque os computadores na época ocupavam um espaço enorme, além de consumir energia além do normal, o que acabava gerando uma série de problemas para a utilização desse equipamento.

 

Para conseguir trabalhar e obter os diversos benefícios que o computador poderia oferecer para os pesquisadores, era necessário otimizar as válvulas ou então substituí-las por um componente que fosse mais adequado.

 

As pesquisas, sobretudo no campo militar, começavam a ficar cada vez mais complexas, pedindo uma capacidade de processamento acima do que os computadores da época eram capazes de oferecer.

 

As válvulas também atrapalhavam a mobilidade dos computadores, que estavam sendo necessários em tamanhos menores e com frequências maiores para trabalhar. Por isso os cientistas começaram a procurar componentes que pudessem substituir as válvulas.

 

Em 1947, um grupo de cientistas do laboratório Bell Telephone acabaram descobrindo o transistor, ainda que sua pesquisa inicial fosse para uma direção diferente.

 

Através de diversos testes, eles conseguiram identificar que, quando uma tensão específica era aplicada em um dos terminais, o sinal que saia do outro lado era amplificado.

Essa era a solução ideal para o problema que estava sendo apresentado em questão de computadores.

 

Depois de criado, o transistor se tornou o principal responsável por amplificar sinais, servindo também como um controle para liberar a passagem de corrente elétrica nos dispositivos eletrônicos.

 

Também conseguiam interromper essas correntes, sendo uma peça fundamental nos computadores, assim como um leitor de digital é necessário para um controlador de acesso empresas.

 

Como funciona um transistor?

 

Todo transistor possui três terminais que são utilizados em conjunto para você conseguir resultados mais efetivos com esse tipo de ação. Enquanto um dos terminais recebe a tensão elétrica, o outro envia o sinal já depois de amplificá-lo.

 

O terminal do meio controla esse processo, aplicando a tensão elétrica depois da corrente ter entrado em um dos terminais e possibilitando essa ampliação, fazendo com que o equipamento funcione corretamente durante uma análise termográfica de painéis elétricos.

 

O conceito do transistor é muito simples, na realidade. Para leigos, é possível usar como comparativo o funcionamento de um chuveiro. De um lado, você possui um cano de onde a água vem, e do outro lado, a saída onde a água é entregue ao usuário.

 

O espaço do meio do transistor é representado pela própria pessoa que está indo tomar banho. Quando ela abre a torneira do chuveiro, a água começa a sair. Quanto mais for aberto, mais água passará pelo cano, e o oposto ocorre quando ele fecha a torneira.

 

No caso do transistor, quando a tensão é aplicada ao terminal do meio, isso faz com que a corrente elétrica circule pelos outros terminais. A tensão aplicada no terminal de controle é que determina a intensidade da corrente que sairá do dispositivo de sua empresa de montagem de painéis elétricos SP.

 

Se não houver nenhum tipo de tensão aplicada ao terminal de controle, ele não circula a corrente elétrica, o que acaba possibilitando que o transistor funcione também como um controlador de ativação, como um botão de ligar e desligar.

 

Aplicações para o transistor

 

Agora que você conhece um pouco mais sobre o transistor, seu funcionamento e sua origem, é hora de identificar como ele pode ser aplicado em diversos recursos, e principalmente sua ligação com a tecnologia e com elementos que possibilitam hoje diversos avanços.

 

Os circuitos lógicos, que são muito complexos, funcionam de forma muito similar ao exemplo do chuveiro apresentado anteriormente.

 

Eles estão inclusos na maioria dos equipamentos eletrônicos da atualidade, tornando os transistores peças fundamentais para seu funcionamento, conforme apresentado em um laudo de engenharia elétrica de um dispositivo.

 

Isso porque eles podem ser usados em cascata, com um transistor controlando outro e possibilitando que cargas maiores de energias pudessem ser utilizadas. Esse processo permitiu que a computação como um todo se desenvolvesse.

 

Na década de 1960, os computadores começaram a ter seu tamanho diminuído, em grande parte por conta da ação de transistores em sua utilização e produção. Esse passo foi essencial para que pesquisadores começassem a pensar em levar os computadores para a casa das pessoas.

 

O que antes era apenas uma ideia da ficção científica acabou se tornando realidade, com a tecnologia seguindo em avanço e potência para diminuir tamanhos e conseguir trabalhar com equipamentos cada vez mais poderosos de uma fábrica de conectores.

 

Os processadores são ferramentas que possuem inúmeros transistores ligados entre si, criando os circuitos necessários para ferramentas avançadas de comunicação. Hoje, estes processadores são de tamanho tão reduzido que é possível encontrá-los em telefones.

 

Os processadores conseguem fazer cálculos extremamente complexos em segundos graças aos transistores, o que permite que computadores ofereçam programas avançados de edição de áudio, imagem, vídeo, jogos e muitas outras ferramentas.

 

Aplicações e tipos de transistores

 

As aplicações dos transistores são as mais diversas atualmente, principalmente para fortalecer circuitos eletrônicos.

 

Sua velocidade e a ausência de peças móveis os fez substituir rapidamente as válvulas, e hoje elas são indispensáveis para recursos de tecnologia como um cabo atox flexível.

 

O mundo tem passado por um processo conhecido como transformação digital, no qual uma série de avanços tecnológicos tem se popularizado e feito parte do dia a dia das pessoas. Isso é possível em grande parte graças a essa tecnologia.

 

Os transistores atuam amplificando ou interrompendo a energia em circuitos eletrônicos, possibilitando uma série de atividades que incluem:

 

  1. Realidade virtual;
  2. Realidade aumentada;
  3. Jogos de alta performance;
  4. Interações com a internet.

 

Todos estes elementos são beneficiados desse tipo de ação, e podem otimizá-las ainda mais. Para a indústria, os transistores também ajudam a otimizar processos de automação como um todo.

 

As ferramentas necessárias para ativar robôs e inteligências artificiais estão diretamente ligadas aos transistores, que são necessários para que a produção de uma empresa seja melhor utilizada.

 

Por isso, é preciso entender e identificar diversos tipos de transistores e qual se encaixa melhor no processo de acoplamentos de motores elétricos de sua empresa.

 

Eles possuem suas próprias utilizações e ajudam a entender melhor o que você pode fazer com esse tipo de ferramenta.

 

Transistor Bipolar

 

Também conhecido como TBJ, esse é um dos modelos mais comuns de utilização dos transistores. Trata-se de uma categoria que possui duas junções combinadas que trabalham tanto com as cargas positivas quanto as negativas quando está conduzindo energia.

 

Existem dois modelos diferentes do transistor bipolar, conhecidos como NPN e PNP. Enquanto o primeiro é composto em grande parte de elétrons, o segundo utiliza cargas positivas para seu funcionamento.

 

O posicionamento de cada terminal em um TBJ pode variar de acordo com o tipo de transistor e a empresa que o fabricou, por isso é muito importante consultar os manuais e analisar corretamente as peças antes de começar sua utilização.

 

Encaixar incorretamente um transistor pode acabar gerando um curto no equipamento, ou mal funcionamento até que a situação seja resolvida e você organize corretamente cada uma das peças.

 

Transistor de Efeito de Campo

 

Este outro modelo, conhecido como FET (Field Effect Transistor), é um modelo diferente do anterior porque, diferente do TBJ, ele não é controlado por corrente elétrica, e sim pela tensão em seu terminal de controle.

 

Esse é um modelo muito comum entre peças eletrônicas, trabalhando com o terminal de controle e outros dois terminais conhecidos como fonte (source) e dreno (drain).

 

Embora sejam fontes diferentes, a ideia é muito similar, uma vez que a fonte tem a mesma função do emissor no TBJ e o dreno possui efeito similar ao coletor.

 

Esse modo de condução de energia utiliza apenas um tipo de carga por vez, o que dá ao FET normalmente a terminologia unipolar. Essa questão acaba originando dois tipos diferentes de FET que podem ser utilizados.

 

Os transistores FET são divididos em canais, tanto N quanto P, que têm impacto direto na maneira como são utilizados, e por isso é muito importante você ter certeza da peça que precisa quando estiver montando um dispositivo tecnológico.

 

Considerações finais

 

Surgidos da necessidade, os transistores mudaram para sempre a história do mundo, tendo um impacto direto na tecnologia e na maneira como esse tipo de ferramenta pode ser utilizado, garantindo um processo muito mais efetivo a longo prazo.

 

Quanto mais você consegue entender as origens da peça, mais fácil é compreender por que ela é até hoje alvo de pesquisadores e cientistas que buscam quebrar ainda mais barreiras para apresentar o futuro da tecnologia usando essa ferramenta tão essencial.

 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

close-up-electronic-components.jpg

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...