Jump to content

notícia O que existe de tão misterioso dentro do disco de vinil que o faz tocar?

Rate this topic


elias.girardi
 Share

Recommended Posts

toca-discos-1657717466558_1170x540.thumb.jpg.30cb23a4aad564401c7a5ae3ed042ae0.jpg

Imagem: Pexels

 

Um internauta jogou na roda a anedota, "Nunca vai entrar na minha cabeça como um disco de vinil SAI SOM (sic), não importa o quanto me expliquem. Não entendo o sulco, a agulha. Não entendo. Para mim, beira o misticismo mesmo", escreveu "joy", em um tuíte viral.

 

Pois bem, nosso amigo perdido tem razão. A experiência da música analógica é especialmente mágica. Mas, por mais que já tenham tentado explicar ao rapaz, há, sim, uma ciência por trás do ato de colocar um LP para girar. E não é tão difícil entendê-la.

 

Explicação ligeira

 

Quando o disco gira, uma agulha se move por microranhuras impressas na superfície do vinil. E ela "lê" as informações ali contidas.

 

Esta leitura gera um sinal elétrico que é transferido para um amplificador (ou pré-amplificador), que pode estar dentro de uma vitrola ou de um receiver de toca-disco.

 

Dali, o sinal é conduzido aos alto-falantes do sistema de som, onde o "misticismo" acontece: a reprodução da sua música favorita.

 

Fim.

 

Fim? Não, calma

 

Para compreender realmente como a centenária tecnologia dos discos funciona, é preciso entender o que são ondas sonoras e como elas se comportam.

 

Ondas sonoras são manifestações mecânicas que resultam de vibrações de partículas através de um meio. No caso dos sons que escutamos no dia a dia, esse meio é o ar.

 

Quando essas partículas atingem nossos tímpanos e os fazem vibrar em determinada frequências, nossos ouvidos as identificam como som.

 

OK, mas como os discos funcionam?

 

Discos funcionam porque possuem sulcos. Nada mais do que ondas sonoras impressas em uma superfície plana. Imagine a impressão digital de uma música registrada em um vinil. É isso.

 

São essas ranhuras codificadas que determinam o comportamento das ondas sonoras ao se moverem pelo ar. E é aí que entra (literalmente) a agulha, com sua ponta afiada.

 

1.jpg.8501468494f93bfdb340cfa03de1806d.jpg

Imagem: Reprodução

 

Produzida com material ultraresistente, como diamante ou safira, a extremidade da agulha é conectada a uma barrinha de metal (cantilever) acoplada a uma cápsula, que funciona como o cérebro do toca-discos.

 

É a cápsula que transforma energia física em sinal elétrico, por meio de um sistema interno de imãs ou bobinas, a depender do modelo.

 

Durante a execução de um disco de vinil, a agulha se move milimetricamente entre as paredes dos sulcos em saltos microscópicos transmitidos para a cápsula.

 

À medida que o cantilever pressiona a ponta da agulha cada vez que ela se move, um campo eletromagnético é criado a partir dessa vibração, e o sinal é enviado desde o braço do toca-disco até o amplificador.

 

Ainda está confuso(a)?

 

Vamos a um passo a passo.

 

1. O toca-disco faz o LP (ou EP, compacto ou qualquer outro formato analógico de disco) girar.

 

2. A agulha se move ao longo das ranhuras em microsaltos seguindo a "impressão digital" do disco.

 

3. O cantilever captura essas vibrações e as envia para a cápsula.

 

4. A cápsula, com seu sistema transdutor, converte a energia mecânica em elétrica.

 

5. Essa energia é então transferida para um amplificador como impulsos elétricos, que são traduzidos em ondas sonoras.

 

6. O amplificador envia o sinal de som para os alto-falantes, com seus diafragmas que se movem para frente e para trás no mesmo padrão transmitido pela agulha. E é assim que as partículas "vibrantes" de ar chegam aos nossos ouvidos como música.

 

2.jpg.2d7cb7a60facea5ded595899f869e65f.jpg

Imagem: Clube do Áudio/Reprodução

 

Duas curiosidades

 

- Cole sua orelha na cápsula e faça o teste: você pode ouvir a música em um toca-disco, em volume muito baixo, mesmo com alto-falantes e amplificador desligados. Isso ocorre porque a agulha oscila no mesmo padrão de um alto-falante e funciona como se fosse um em miniatura, "vazando" parte do som.

 

- Os sulcos são esculpidos no formato de V. E, em discos stereos, cada parede traz informações de um dos canais, direito e esquerdo. Ou seja, cada onda sonora é impressa de um lado diferente.

 

Mas como os sulcos são feitos?

 

Resumidamente, um engenheiro de masterização faz o caminho inverso ao do toca-disco. Usando um torno programado para codificar as ondas de som na forma de relevos, ele desenha as ranhuras em um disco de alumínio virgem enquanto a música é reproduzida em tempo real.

 

O disco precisa ser galvanizado, banhado com prata, níquel e revestido com laca, formando uma camada metálica que é separada do original. Ela é chamada de matriz, o molde "negativo" que servirá de base para produzir discos em escala industrial.

 

3.jpg.1e9742dd2efc91ce9df5d1b8ac3a33d5.jpg

Imagem: Gerd Engelsmann

 

Esse molde é encaixado em máquinas que aplicam uma força de cem toneladas sobre o PVC derretido, "carimbando" os sulcos no vinil que você tem em casa. E é por isso que dizemos que os LPs são "prensados", porque isso realmente acontece.

 

Apesar de todo o processo semiartesanal e demorado, a parte final de prensagem é rápida. Leva menos de 30 segundos.

 

Fonte: https://www.uol.com.br/splash/colunas/leonardo-rodrigues/2022/07/13/vinil-disco-como-e-feito-musica.htm

 

Link to comment
Share on other sites

Legal, só completando...

 

Esses discos foram fabricados de diversos materiais durante os mais de 50 anos de sua utilização. Inicialmente, 
foram feitos de celuloide - uma espécie de plástico - e ebonite - um produto da vulcanização da borracha - até fixarem-se 
diversas fórmulas que utilizavam a goma-laca como principal composto e que variavam conforme o produtor. 
Após o desenvolvimento da gravação elétrica, em 1925, chegaram a ser lançados discos feitos de novos materiais, 
como o vinil (nos anos 20) e a baquelite (nos anos 30), mas ambos tiveram vida efêmera.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...