Jump to content
notsat

notícia Atenção Churrasqueiros e Lavadores de placas.

Rate this topic

Recommended Posts

É verdade, e fora que você fazendo um Reflow tudo certinho já corre risco de voltar.

Já imagina fazer Reflow na placa toda... placa tem muitos componentes sensível a temperatura elevada.

  • Like 28
  • Nice 3
  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
É verdade, e fora que você fazendo um Reflow tudo certinho já corre risco de voltar.

Já imagina fazer Reflow na placa toda... placa tem muitos componentes sensível a temperatura elevada.

REFLOW!!! Nããããããããããããããããããããããão j-

Reflow = serviço mau feito. GAMBIARRA!!!! >:(

 

Devido ao fato de não solucionar o problema por definitivo. Se quer fazer um serviço bem feito, faça Reballing e deixe seus clientes satisfeitos.

  • Like 32
  • Nice 5
  • Confused 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Joinha pelo tópico esclarecedor pra quem começa.

 

Realmente tem muito vídeo na internet tocando fogo em placas e isso empolga o iniciante.

 

E haja treinamento mixuruca, é difícil apontar um bom, eu não apontaria no momento.

 

Eu mesmo tive a infelicidade de trazer um desses "renomes" aqui na cidade e foi só dor de cabeça, nunca mais.

 

É bom que levem este tópico a sério e já desistam desses milagres, o problema é querer aprender da noite para o dia.

 

Abraço

 

Roberto

  • Like 20
  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

você sabe uma maquina não muito cara$? sim reflow é gambirra mesmo!.

faço reflow (exemplo:de uns 40 voltou uns 10 deve se sorte :o) passo o preço para o cliente do reballing só falta morrer kkkkkkkkkkkkk

porque reballing eu terceirizo.

 

mais vou comprar a maquina sim.

  • Like 3
  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
você sabe uma maquina não muito cara$? sim reflow é gambirra mesmo!.

faço reflow (exemplo:de uns 40 voltou uns 10 deve se sorte shocked.gif) passo o preço para o cliente do reballing só falta morrer kkkkkkkkkkkkk

porque reballing eu terceirizo.

 

mais vou comprar a maquina sim.

 

Pela experiência no forúm recomendo pelo custo x benefício a hoton R490 ou a Scotle R590.

 

Tenho uma IR6000 mas não recomendo.

 

Como não tenho foco ainda de notebook aqui, vou esperar até o final do ano pra comprar uma Scotle R590.

 

Na minha opnião é um equipamento que pode se pagar rapidinho se pegar o macete.

 

Se for comprar converse com o Felipe da Ftecnet ou alguem da Global.

 

Roberto

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citação de: djsyncvocê sabe uma maquina não muito cara$? sim reflow é gambirra mesmo!.

faço reflow (exemplo:de uns 40 voltou uns 10 deve se sorte shocked.gif) passo o preço para o cliente do reballing só falta morrer kkkkkkkkkkkkk

porque reballing eu terceirizo.

 

mais vou comprar a maquina sim.

Pela experiência no forúm recomendo pelo custo x benefício a hoton R490 ou a Scotle R590.

 

Tenho uma IR6000 mas não recomendo.

 

Como não tenho foco ainda de notebook aqui, vou esperar até o final do ano pra comprar uma Scotle R590.

 

Na minha opnião é um equipamento que pode se pagar rapidinho se pegar o macete.

 

Se for comprar converse com o Felipe da Ftecnet ou alguem da Global.

 

Roberto

Obrigado pela informação.
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

O pior que quando vc tenta falar algo , pra esse pessoal eles , acham ruim ,pois diz q aki eh um fórum , lugar de expor as experiencias e coisa e tal. e ainda corre o risco de você levar um negativo. outro dia fui falar para um participante q reflow não era aconselhável , ele me falou um monte. Falou q feito com equipamento correto fica perfeito, da garantia e tudo !  Eu acho q quem não acha q o reball é que realmente tem q ser feito é porque ainda não domina a técnica, e vai quebrando o galho com reflow.

  • Like 2
  • Nice 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa viber de reflow ta por fora , de fato é um paliativo, mas sabemos por experiencia propia que o RMA é certo  :)) no começo apostava muito nos reflow em que a chance que tinha para que o aparelho que estava com problema no BGA a voltar funcionar era de uns 70% a maioria dos reflow que fazia voltavam com mesmo problema em poucos  dias ou meses e outros nem voltavam mais (sorte minha ou do cliente ou ele ja tinha se enjuriado e resolveu tocar fogo no aparelho para não ter que ficar esquentando mais a moringa e o bolço). Em muitos casos nos aparelhos que passavam por aqui e pela devida  falta de fazer um reballing pq esse trabalho não é muito fácil, fazia com que perdesse a chance da reparação e o cliente. O que mim deixava mais puto era a questão em que um outro técnico com mais experiencia resolvia o problema fazendo um reballing e o cliente ainda mim voltava falando que levou para determinada assistência em que o cara resolveu. Isso é o que faz com qualquer  técnico fique indignado, por ter lhe faltado a possibilidade de ter resolvido um problema em que outro resolveu. :))

 

Então por aqui agora os aparelhos que me aparece e vejo que ha a necessidade de um reballing nem perco tempo com paliativo (reflow !) já informo logo para o cliente o orçamento, pois até com um simples ME na maioria dos casos já podemos identificar a necessidade de um possível reballing do componente, pois o reflow alem de estressar o componente e a nos mesmo ainda corremos o risco de danificá-lo, e tempo é dinheiro. Nesse caso é como se fala o velho ditado, merda que muito mexe fede !!!  :))

 

Se é para fazermos a coisa certa vamos ser profissional para termos o máximo de aproveitamento em nossos serviços ..

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

  Boa tarde Notsat,

 

  Estou de pleno acordo com tudo que voce falou , e como novato no forum ,mas antigo na area de eletronica ( somente 35 anos ).

  Fico realmente assustado com algumas postagens aqui no foro , de ver tanto absurdo e besteiras que so ocupam espaço e ao me ver denigre a imagem do Tecnico Profissional .

  Mas a culpa é dos picaretas que abusam da boa Fé de muitos usuarios com Tecnicas milagrosas e cursos sem qualquer respaldo.

  E quanto a Reflow somente é util para voce saber que existe a real necessidade de se fazer um Rebaulling em determinado Chip.

  E para trabalho com BGA eu evitava faze-los ate por falta de equipamentos adequado , no inicio utilizei uma T-870 (IR) , mas neste mes consegui adquirir a minha Honton 490 com o Felipe da Ftec , e ainda vai levar um tempo para dominar a tecnica , mas com a ajuda dos reais Tecnicos deste forum , acredito que terei sucesso em minha jornada.

 

 

  • Like 2
  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que o termo lavadores de placa não se aplica a esse caso, churrasqueiros sim pois não e um serviço correto e uma gambiarra, até hoje não conheço outra forma de iniciar um conserto de um notebook que caiu na água ou caiu líquidos sem ser a boa e velha lavagem da placa com produtos apropriados ou vai disser que o cliente diz pra vc meu notebook caiu na piscina nem liguei ainda ai vc em vez de lavar a placa pra tirar o cloro vc liga direto na tomada acredito que assim vc ta perdendo todos os notes molhados ai kkkkkkkkk, outra caiu refrigerante vc vai deixar o refrigerante corroer a placa toda por que não lavou, se vc não lava placas como vc faz esses serviços nos ensine por favor.

  • Like 5
  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

1  Em relação aos cursos  muitos desonestos fazem propagandas enganosas  conheci um que verificava ci com o dedo e mais nada rancava o bicho e pronto  fdp @#$%¨&

2  temos que ver que nem todos tem o Eletonicabr  e no intuito de aprender acaba caindo na mão desses caras

3 quem nunca lavou uma placa que atire a primeira honton      (essa frase  é  minha favor não copiar :-*)essa doeuu!!

4  tem muitas dicas loucas  mas não vou colocar links deles pois não gosto de constranger  ninguém nossa função aqui é orientar.

5 lavar placa só em caso extremo churrasqueira é pra churrasco com exceção  se vc tiver todo equipamento  para monitorar temperatura vazão etc e  saber o que vc esta fazendo depois de muitos testes para chegar o perfil ideal de cada  componente temos como exemplo a dica do nosso amigo Paulo quem ajudou muita gente aqui no fórum principalmente quem não tinha ainda condições de pagar uma  honton se não mim engano 5.000 conto

https://eletronicabr.com/forums/topic/4331-soldagem-bga-procedimento-confiável

7 respondendo a pergunta do amigo e-tech  sobre o refrigerante, água xixi, etc vc usa esse produto um galão de 50lts  por placa e secar assoprado  :))

8 sou uma formiguinha perto de vcs mas aqui aprendi muita coisa que não iria aprender em nenhum curso no mundo

o que mais admiro  nesse fórum é a humildade dos colegas muitos renomados outros são empresários que deixam as vezes de atender um cliente pra tirar uma duvida de algum novato. 

9  se vc tiver a minima noção dificilmente ira fazer algumas loucuras da net porém tenho visto que tem muita gente que cospe no prato que comeu

10 pra finalizar temos de esquecer que o vizinho do lado que não tem uma honton de 5.000 tem carro importado e eu andando em um convencional    devemos sim orientar aos "malucos" qual a melhor forma de se fazer o procedimento observando as condições técnicas e financeiras do mesmo para que o risco de insucesso seja minimizado.

um abraço :-* 

 

 

 

 

 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

@e-tech,

Acho que o termo lavadores de placa não se aplica a esse caso' date=' churrasqueiros sim pois não e um serviço correto e uma gambiarra, até hoje não conheço outra forma de iniciar um conserto de um notebook que caiu na água ou caiu líquidos sem ser a boa e velha lavagem da placa com produtos apropriados ou vai disser que o cliente diz pra vc meu notebook caiu na piscina nem liguei ainda ai vc em vez de lavar a placa pra tirar o cloro vc liga direto na tomada acredito que assim vc ta perdendo todos os notes molhados ai kkkkkkkkk, outra caiu refrigerante vc vai deixar o refrigerante corroer a placa toda por que não lavou, se vc não lava placas como vc faz esses serviços nos ensine por favor.[/quote']

Acho que vc não entendeu o que escrevi.>:(

 

Estão aparecendo em nossa comunidade vários técnicos especialistas em lavar e assar placas e chipsets, usando esta técnica como solução para todos os problemas.

 

Entendo que quando cai liquido na placa não temos outra alternativa do que começar lavando com produtos corretos.

 

Tem muitos especialistas em lavar placas que utilizam água e detergente. E por vários motivos:

-placa que não liga

-windows travando

-riscando tela.

-placa em curto

 

E assim vai. Independente do problema o cara lava a placa. O pior que passam estas dicas aqui no fórum e ainda pedem joinha.

 

O intuito deste tópico não é denegrir ninguém e sim usar uma forma mais agressiva de dizer que estão errados. Já vi vários amigos tentando explicar na boa, só que não está dando certo e acabam ganhando um j-

 

Quem não gostou do meu  tópico e acha que estou errado pode dar um j- ai. Fiquem a vontade. 8)

  • Like 2
  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Notsat concordo plenamente com vc  se fosse assim  era uma maravilha todo mundo tava rico

só em casos extremos( líquidos etc) ou aquelas que vc não enxerga nem a cor

o cara lavar a placa por esses motivos

placa que não liga

-windows travando

-riscando tela.

-placa em curto

ai já é demaisssssss!!!!!

um abraço

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

É bom deixar este tópico como um aviso que estes procedimentos não devem ser indicados como soluções fáceis, se fosse qualquer um poderia montar uns tanques, comprar uns fornos e consertar mais de 80% dos notes, é uma margem super alta e daria pra ganhar uma boa grana.

 

Eu sempre desconfiei de tudo que era fácil, e sempre vejo que não é assim, esmola demais o santo desconfia.

 

Só é justo não fazer uma caça aos lavadores e torradores, pois em sua maioria foram induzidos a pensar que isso é o correto e que todos fazem isso, leiam e vejam que não é por ai, pode até voltar a funcionar vez ou outra mas é algo que volta a dar problema, não é a solução apropriada e danifica a placa para outras manutenções.

 

Roberto

  • Like 1
  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

É bom deixar este tópico como um aviso que estes procedimentos não devem ser indicados como soluções fáceis, se fosse qualquer um poderia montar uns tanques, comprar uns fornos e consertar mais de 80% dos notes, é uma margem super alta e daria pra ganhar uma boa grana.

 

Eu sempre desconfiei de tudo que era fácil, e sempre vejo que não é assim, esmola demais o santo desconfia.

 

Só é justo não fazer uma caça aos lavadores e torradores, pois em sua maioria foram induzidos a pensar que isso é o correto e que todos fazem isso, leiam e vejam que não é por ai, pode até voltar a funcionar vez ou outra mas é algo que volta a dar problema, não é a solução apropriada e danifica a placa para outras manutenções.

 

Roberto

sim é verdade, o pior é o cara falar que ta errado como nunca tivesse feito nada disso na vida.... "seja a mudança que você quer ver no mundo"

apontar os erros dos outros é fácil, agora apontar como que faz certo é difícil.... nem vou comentar muito que isso vai longe.

O mundo ta assim porque as pessoas só querem apontar o erro, mas não querem mostrar uma solução para as outras pessoas.

eu acho que você me entendeu.

9_9

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Como descrito claramente em alguns topicos, lavar placa para "solucionar problema" eu condeno esta acao. Agora lavar placa quando tem derramamento acidental de qualquer tipo eu aprovo totalmente. Inclusive uso agua destilada que nao possui qualquer residuo quando evapora.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acredito que o erro desta galera é sair postando e não ler o  conteúdo já existente no fórum...

 

Se lessem já saberiam o procedimento correto, e principalmente já teriam visto minha maior invenção...

The Machine ME Massacreixon com Dog Monitoration...

 

 

tvcachorro.jpg

  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

tava demorando kkkkkkkk

H3L10 vc tem de ficar por dentro dos lançamentos meu fioooooo saiu um modelo novo essa sua ta defasada  saiu de linha

tem de pedir ao segurança super man  pra comprar esse modelo novo      :)):)) :)):)) :)) 

kkkkk

só pra descontrair!

 

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

É muito importante tópicos criativos que alertam e que alertarão pessoas que iniciam a profissão no rama da tecnologia.

 

Sem querer puxa o saco, (mas já puxando) esse fórum estar sendo um pai para mim, para atuantes e para iniciantes que o encontrarem.

 

Eu agradeço a equipe da eletronicabr em especial o (os) criador (es).

 

Um abraço a todos.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só um reballing e bem feito resolve o problema.

Um profissional a sério não alinha nessas torradeiras.

É devido a esses maus profissionais, que aqui em Portugal o reballing tem má fama, os clientes dizem que não resolve nada, porque antes de procurarem um profissional, foram a um aprendiz de feiticeiro que usou esta e outra técnicas estúpidas.

Depois, nós os profissionais temos de explicar ao cliente que o que lhe fizeram à placa não foi reballing mas sim trapalhada e que agora a placa já deu, precisa de uma nova.

Fora com estes sucateiros!

Abraço a todos os verdadeiros profissionais.

8)

  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Complicado..

Pior que quando passamos um orçamento sério o cliente diz que é muito caro, ai leva em uma assistencia "porca" e o cara enche a placa de fluxo (fluxo ruim ainda) ai torra a placa na estação de retrabalho, detona a placa e fica sem solução, dai vem aquela frase antiga.. "o barato sai caro... "

Acho que essas soluções "Ilusionistas" deveriam ser deletadas, pois acaba queimando o forum...

 

  • Nice 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By barbudoj
      Top de linha da Nvidia chega com nova arquitetura Ampere e impressiona com especificações
       
      GeForce RTX 3090 é a placa de vídeo top de linha da nova geração da Nvidia. Em torno de 2,5 vezes mais rápida do que a RTX 2080 Ti, a placa usa a nova arquitetura Ampere e, segundo a fabricante, tem poderio suficiente para encarar jogos em 8K a 60 fps. O modelo traz ainda reforços significativos em termos de rendimento na aceleração de Ray Tracing e na oferta de recursos exclusivos da Nvidia, como o DLSS 2.0.
       
      O preço, por sua vez, pode assustar: são US$ 1.499 (aproximadamente R$ 8.040), e o produto começa a ser vendido no próximo dia 24 de setembro. Confira a seguir mais detalhes a respeito da ficha técnica poderosa da RTX 3090 e saiba porque o lançamento da Nvidia é tão importante.
       

      GeForce RTX 3090 é a placa top de linha da nova geração da Nvidia — Foto: Reprodução/Nvidia
       
      Ficha técnica Nvidia GeForce RTX 3090:
       
      Lançamento: Setembro de 2020 Preço: US$ 1.499 (R$ 8.040) GPU: GA102 com 10.496 núcleos CUDA, 82 núcleos RT e 328 núcleos Tensor Velocidades: 1.400 MHz em clock base, turbo de até 1.700 MHz Memória RAM: 24 GB de GDDR6X a 19,5 Gb/s Interface de memória: 384 bits Largura de banda: 936 GB/s TBP: 350 Watts, requer fonte de 750 Watts  
      Especificações
      A GeForce RTX 3090 é a top de linha da nova família de placas da Nvidia, trazendo números que impressionam. No interior do processador gráfico há 10.496 núcleos CUDA de processamento, por exemplo.
       
      São esses que realizam o trabalho pesado da placa de vídeo e, quanto mais estiverem disponíveis, melhor: a GPU vai conseguir realizar mais trabalho ao mesmo tempo. As velocidades em que esse processador trabalha também impressionam. Segundo a Nvidia, a RTX 3090 de referência terá clocks de 1,4 GHz e que podem subir até 1,7 GHz com o turbo acionado.
       
      Outro item interessante é a memória, com 24 GB de RAM dedicada, em padrão GDDR6X, mais recente. Além disso, a interface utilizada é de 384 bits, ou seja, tem uma boa largura para mais transferir dados em menos tempo. A Nvidia fala em velocidades em torno de 936 GB/s entre os componentes.
       

      RTX 3090 chama atenção pela ficha técnica poderosa; novo design das placas Ampere também é destaque — Foto: Divulgação/Nvidia
       
      Outros números da top de linha também subiram em relação à geração anterior. O número de Tensor cores, os núcleos de inteligência artificial usados no DLSS – tecnologia revolucionária da Nvidia – subiu para 328. Esse recurso reconstrói uma imagem de menor resolução em alta a partir de inteligência artificial. Jogos que exploram a tecnologia podem rodar em Full HD internamente, mas visualizar o conteúdo em 4K – o que deve ficar mais fácil para a GPU com os núcleos específicos.
       
      Já o Ray Tracing também vai reforçado, com 82 núcleos RT. Com o poderio da placa em si e a possibilidade do DLSS 2.0, a RTX 3090 deve ter capacidade para rodar games em alta, mesmo mantendo uma boa resolução e fps elevado.
       
      Desempenho
       

      Placa aprimora o suporte ao DLSS 2.0 e Ray Tracing — Foto: Divulgação/Nvidia
       
      Todos os números anteriores indicam uma placa de vídeo poderosa. Segundo a Nvidia, a RTX 3090 deve entregar uma performance computacional bruta de 35 teraflops (TFLOPS), ou seja, 2,5 vezes mais performance em relação à RTX 2080 Ti, top de linha anterior da Nvidia. A nova placa também chega com desempenho 150% maior, algo interessante para rodar games com DLSS ativado.
       
      Já os ganhos de VRAM também são grandes, e a fabricante promete performance 52% superior em relação à opção premium anterior. As melhorias podem ser vistas ainda no Ray Tracing, que ganha com o número maior de núcleos RT: são 69 TFLOPS contra 34 TFLOPS na opção de arquitetura Turing.
       
      Consumo

      Segundo a Nvidia, seu PC precisa de fonte de 750 Watts para dar conta da RTX 3090 — Foto: Reprodução/Nvidia
       
      O custo de um hardware de alta capacidade e tantos componentes especializados está no consumo elétrico. A Nvidia aponta que para usar a RTX 3090 com segurança um computador deve contar com fonte de energia de 750 Watts.
       
      Em termos de consumo de energia, a Nvidia define o chamado TBP (sigla, em inglês, para “Energia Total da Placa”) em 350 Watts. Esse valor não é diretamente relacionado com o quanto a placa vai criar de despesa na sua conta de luz, já que o consumo é medido ao longo do tempo. Além disso, esse máximo reflete o pior cenário possível, ou seja, ter a placa sob um regime de alta demanda por um período prolongado de tempo.
       
      Tipos de uso
      A GeForce RTX 3090 é a placa gráfica mais poderosa do mundo na atualidade e seu principal cenário de uso é o gamer. O hardware de ponta da Nvidia deve funcionar como referência para quem deseja extrair o máximo dos grandes lançamentos de agora, assim como os títulos que chegarão nos próximos anos. A GPU deve ser suficiente para jogar em 4K sem problemas, além de encarar gráficos de realidade virtual ou até chegar aos 8K a 60 fps, pelo que promete a Nvidia.
       
      Além do uso em games, a placa se apresenta ainda como uma ferramenta poderosa nas mãos de profissionais de áreas de criação e de computação intensiva. Editores de vídeo, de imagens, quem faz modelagem em 3D, entre outros profissionais, podem tirar proveito do hardware poderoso da RTX top de linha para acelerar fluxos de trabalho e ganhar em produtividade.
       

      Placa da Nvidia é opção gamer para quem quer ter o melhor da tecnologia na atualidade, como ray tracing (RTX) e gráficos em 8K — Foto: Divulgação/Nvidia
       
      Outro cenário em que a RTX 3090 pode se sobressair é em aplicações de Inteligência Artificial. Equipada com hardware específico – os chamados Tensor cores – a placa conta ainda com a mesma arquitetura CUDA em que grande parte das ferramentas de processamento de IA são construídas na última década.
       
      Preço e concorrentes
      Ainda sem data e preço de lançamento no Brasil, a GeForce RTX 3090 estreia com preço sugerido de US$ 1.499 a unidade, valor que se traduz em R$ 8.040 na cotação atual. A placa chega ao mercado internacional no dia 24 de setembro.
       
      Em termos de concorrentes, é preciso considerar que a RTX 3090 não tem rival direta no mercado. As alternativas mais próximas são suas irmãs de arquitetura Ampere, como as RTX 3070 e RTX 3080. Outras alternativas são as RTX 2080 Ti, que podem inclusive ficar mais baratas nos próximos meses em virtude da nova geração. No Brasil, as opções mais em conta partem dos R$ 9.299 no momento. Já as RTX 2080 Super, um pouco abaixo em preço e hardware, aparece por cerca de R$ 6 mil no varejo nacional.
       
      Fonte: https://www.techtudo.com.br/noticias/2020/09/tudo-sobre-rtx-3090-conheca-a-placa-da-nvidia-que-roda-jogos-em-ate-8k.ghtml
       
       
       
       
    • By elias.girardi
      Equipamento ficou submerso na costa de Orkney, na Escócia, para testar sua eficiência energética nas profundezas do oceano; dos 855 servidores que funcionavam, apenas oito apresentaram defeitos.
       
      A Microsoft recuperou um data center que estava submerso há dois anos no fundo do oceano na costa de Orkney, na Escócia. O equipamento, desenvolvido para utilizar a baixa temperatura das águas profundas como sistema de refrigeração, foi removido para que sua eficiência energética pudesse ser testada. A iniciativa faz parte do Projeto Natick, e tem testado pequenos clusters de computação em nuvem localizados embaixo d’água para saber se a ideia é economicamente viável.
       
      Surpreendentemente, os primeiros resultados mostraram que os servidores armazenados no cilindro tiveram bem menos problemas do que os que ficam em data centers convencionais. “A taxa de falhas na água é um oitavo do que vemos em superfície”, informou o coordenador do Projeto Natick, Ben Cutler.
       
      Dos 855 servidores que funcionavam no data center, apenas oito apresentaram defeitos. “Nós acreditamos que tem a ver com essa atmosfera de nitrogênio que reduz a corrosão e é fria, e também por não ter pessoas batendo nas coisas”, completou Cutler.
       

      Segundo coordenador do projeto, data center submerso apresentou menos falhas do que os localizados na superfície. Crédito: Jonathan Banks/Microsoft
       
      Apesar de parecer uma tarefa difícil, os responsáveis pelo data center disseram que não houveram grandes complicações em manter a estrutura energizada no fundo do mar, nem mesmo com o fato de o abastecimento energético da região de Orkney ser totalmente verde, proveniente de energia eólica e solar.
       
      “Nós conseguimos funcionar muito bem no que a maioria dos data centers consideraria um grid não confiável. Esperamos poder olhar os resultados e afirmar que talvez não precisemos de tanta infraestrutura focada em energia e confiabilidade”, explicou Spencer Fowers, integrante do time técnico do projeto.
       
       
      Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/microsoft-recupera-data-center-que-estava-embaixo-d-agua-ha-dois-anos/106986
    • By HBs Dota 2
      Preciso do Driver que tem aqui no site mas nao consigo Baixar .. o que devo fazer pra ter creditos e poder baixar o Driver que preciso ..
      POSITIVO POS-EIB85CZ Versão 04.06.05 ou 41211BB8U

    • By Monica Sanchez
      O Windows 10 é lento: dizemos a você como melhorar o desempenho
       
      Se o seu Windows 10 está lento e você não sabe o motivo, não se preocupe, geralmente é um problema que podemos resolver de forma simples, rápida e sem ter que inserir configurações complicadas.
       
      1-. Faça uma verificação completa em busca de malware
      Se o seu PC com Windows 10 estiver lento, uma das causas mais frequentes geralmente é uma infecção por malware. Nem todas as ameaças à segurança têm os mesmos efeitos e não o mesmo impacto, mas se nos deparamos com esta situação e não encontramos, a priori, uma explicação razoável, a primeira coisa a fazer é analisar o sistema.
       
      2.-Desative a inicialização rápida do Windows 10
      Sei que pode parecer contraditório, mas a verdade é que é uma solução que funcionou em muitos casos, tenho evidências disso de pessoas próximas a quem ajudou a resolver problemas de lentidão no boot do sistema operacional. Para consertar, basta desabilitar a inicialização rápida. É muito simples, basta entrar no Painel de Controle e seguir o caminho Hardware e Sons> Opções de Energia> Alterar as ações dos Botões Iniciar e Desligar. Na imagem em anexo você pode ver a caixa que devemos desativar.
       
      3.-Desative os aplicativos que carregam na inicialização
      É o usuário quem deve determinar quais aplicativos deseja iniciar o carregamento e quais não. Veja como você pode desativá-los:
          Pressione a tecla Windows e digite “Gerenciador de Tarefas”.
          Vá para a guia «Iniciar», clique com o botão direito nos programas que deseja desabilitar e pronto.
          Você pode reativá-los a qualquer momento, repetindo este processo.
          Os programas que carregam na inicialização podem ter um impacto baixo, médio ou alto no tempo de inicialização e alguns podem aparecer como "não medidos".
       
      4.-Otimizar unidades de armazenamento
       
      5.-Elimine aplicativos inúteis que permanecem em segundo plano
      Se quisermos nos livrar deles para sempre, teremos que eliminá-los, um processo muito simples:
          Pressione a tecla Windows e digite “Adicionar ou Remover Programas”.
          Selecione os aplicativos que deseja desinstalar clicando neles.
       
      6.-Você tem espaço livre em suas unidades de armazenamento?
      Podemos liberar espaço de várias maneiras, mas aqui estão três das mais eficazes.
          Opção 1: pressione a tecla Windows e digite "Limpeza de disco". Isso nos permitirá acessar uma ferramenta do Windows 10 para liberar espaço diretamente na unidade de armazenamento que desejamos. Uma vez lá dentro escolhemos o conteúdo que queremos deletar e pronto, o processo é automático.
          Opção 2: usamos a função "Espaço livre agora". Para fazer isso, pressione a tecla Windows e digite "Configurações de armazenamento", entre em "Liberar espaço agora" e escolha todos os dados que deseja excluir. A quantidade de espaço liberado pode variar muito de computador para computador.
          Opção 3: podemos nos livrar dos aplicativos que não usamos mais seguindo o processo que indicamos acima, ou seja, usando "Adicionar ou Remover Programas".
       
      7.-Mantenha os drivers atualizados e, se nada funcionar, considere a reinstalação

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...