Jump to content
notsat

notícia Atenção Churrasqueiros e Lavadores de placas.

Rate this topic

Recommended Posts

É verdade, e fora que você fazendo um Reflow tudo certinho já corre risco de voltar.

Já imagina fazer Reflow na placa toda... placa tem muitos componentes sensível a temperatura elevada.

  • Like 15
  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
É verdade, e fora que você fazendo um Reflow tudo certinho já corre risco de voltar.

Já imagina fazer Reflow na placa toda... placa tem muitos componentes sensível a temperatura elevada.

REFLOW!!! Nããããããããããããããããããããããão j-

Reflow = serviço mau feito. GAMBIARRA!!!! >:(

 

Devido ao fato de não solucionar o problema por definitivo. Se quer fazer um serviço bem feito, faça Reballing e deixe seus clientes satisfeitos.

  • Like 14
  • Nice 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Joinha pelo tópico esclarecedor pra quem começa.

 

Realmente tem muito vídeo na internet tocando fogo em placas e isso empolga o iniciante.

 

E haja treinamento mixuruca, é difícil apontar um bom, eu não apontaria no momento.

 

Eu mesmo tive a infelicidade de trazer um desses "renomes" aqui na cidade e foi só dor de cabeça, nunca mais.

 

É bom que levem este tópico a sério e já desistam desses milagres, o problema é querer aprender da noite para o dia.

 

Abraço

 

Roberto

  • Like 15

Share this post


Link to post
Share on other sites

você sabe uma maquina não muito cara$? sim reflow é gambirra mesmo!.

faço reflow (exemplo:de uns 40 voltou uns 10 deve se sorte :o) passo o preço para o cliente do reballing só falta morrer kkkkkkkkkkkkk

porque reballing eu terceirizo.

 

mais vou comprar a maquina sim.

  • Like 1
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
você sabe uma maquina não muito cara$? sim reflow é gambirra mesmo!.

faço reflow (exemplo:de uns 40 voltou uns 10 deve se sorte shocked.gif) passo o preço para o cliente do reballing só falta morrer kkkkkkkkkkkkk

porque reballing eu terceirizo.

 

mais vou comprar a maquina sim.

 

Pela experiência no forúm recomendo pelo custo x benefício a hoton R490 ou a Scotle R590.

 

Tenho uma IR6000 mas não recomendo.

 

Como não tenho foco ainda de notebook aqui, vou esperar até o final do ano pra comprar uma Scotle R590.

 

Na minha opnião é um equipamento que pode se pagar rapidinho se pegar o macete.

 

Se for comprar converse com o Felipe da Ftecnet ou alguem da Global.

 

Roberto

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citação de: djsyncvocê sabe uma maquina não muito cara$? sim reflow é gambirra mesmo!.

faço reflow (exemplo:de uns 40 voltou uns 10 deve se sorte shocked.gif) passo o preço para o cliente do reballing só falta morrer kkkkkkkkkkkkk

porque reballing eu terceirizo.

 

mais vou comprar a maquina sim.

Pela experiência no forúm recomendo pelo custo x benefício a hoton R490 ou a Scotle R590.

 

Tenho uma IR6000 mas não recomendo.

 

Como não tenho foco ainda de notebook aqui, vou esperar até o final do ano pra comprar uma Scotle R590.

 

Na minha opnião é um equipamento que pode se pagar rapidinho se pegar o macete.

 

Se for comprar converse com o Felipe da Ftecnet ou alguem da Global.

 

Roberto

Obrigado pela informação.
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

O pior que quando vc tenta falar algo , pra esse pessoal eles , acham ruim ,pois diz q aki eh um fórum , lugar de expor as experiencias e coisa e tal. e ainda corre o risco de você levar um negativo. outro dia fui falar para um participante q reflow não era aconselhável , ele me falou um monte. Falou q feito com equipamento correto fica perfeito, da garantia e tudo !  Eu acho q quem não acha q o reball é que realmente tem q ser feito é porque ainda não domina a técnica, e vai quebrando o galho com reflow.

  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa viber de reflow ta por fora , de fato é um paliativo, mas sabemos por experiencia propia que o RMA é certo  :)) no começo apostava muito nos reflow em que a chance que tinha para que o aparelho que estava com problema no BGA a voltar funcionar era de uns 70% a maioria dos reflow que fazia voltavam com mesmo problema em poucos  dias ou meses e outros nem voltavam mais (sorte minha ou do cliente ou ele ja tinha se enjuriado e resolveu tocar fogo no aparelho para não ter que ficar esquentando mais a moringa e o bolço). Em muitos casos nos aparelhos que passavam por aqui e pela devida  falta de fazer um reballing pq esse trabalho não é muito fácil, fazia com que perdesse a chance da reparação e o cliente. O que mim deixava mais puto era a questão em que um outro técnico com mais experiencia resolvia o problema fazendo um reballing e o cliente ainda mim voltava falando que levou para determinada assistência em que o cara resolveu. Isso é o que faz com qualquer  técnico fique indignado, por ter lhe faltado a possibilidade de ter resolvido um problema em que outro resolveu. :))

 

Então por aqui agora os aparelhos que me aparece e vejo que ha a necessidade de um reballing nem perco tempo com paliativo (reflow !) já informo logo para o cliente o orçamento, pois até com um simples ME na maioria dos casos já podemos identificar a necessidade de um possível reballing do componente, pois o reflow alem de estressar o componente e a nos mesmo ainda corremos o risco de danificá-lo, e tempo é dinheiro. Nesse caso é como se fala o velho ditado, merda que muito mexe fede !!!  :))

 

Se é para fazermos a coisa certa vamos ser profissional para termos o máximo de aproveitamento em nossos serviços ..

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

  Boa tarde Notsat,

 

  Estou de pleno acordo com tudo que voce falou , e como novato no forum ,mas antigo na area de eletronica ( somente 35 anos ).

  Fico realmente assustado com algumas postagens aqui no foro , de ver tanto absurdo e besteiras que so ocupam espaço e ao me ver denigre a imagem do Tecnico Profissional .

  Mas a culpa é dos picaretas que abusam da boa Fé de muitos usuarios com Tecnicas milagrosas e cursos sem qualquer respaldo.

  E quanto a Reflow somente é util para voce saber que existe a real necessidade de se fazer um Rebaulling em determinado Chip.

  E para trabalho com BGA eu evitava faze-los ate por falta de equipamentos adequado , no inicio utilizei uma T-870 (IR) , mas neste mes consegui adquirir a minha Honton 490 com o Felipe da Ftec , e ainda vai levar um tempo para dominar a tecnica , mas com a ajuda dos reais Tecnicos deste forum , acredito que terei sucesso em minha jornada.

 

 

  • Like 1
  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que o termo lavadores de placa não se aplica a esse caso, churrasqueiros sim pois não e um serviço correto e uma gambiarra, até hoje não conheço outra forma de iniciar um conserto de um notebook que caiu na água ou caiu líquidos sem ser a boa e velha lavagem da placa com produtos apropriados ou vai disser que o cliente diz pra vc meu notebook caiu na piscina nem liguei ainda ai vc em vez de lavar a placa pra tirar o cloro vc liga direto na tomada acredito que assim vc ta perdendo todos os notes molhados ai kkkkkkkkk, outra caiu refrigerante vc vai deixar o refrigerante corroer a placa toda por que não lavou, se vc não lava placas como vc faz esses serviços nos ensine por favor.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

1  Em relação aos cursos  muitos desonestos fazem propagandas enganosas  conheci um que verificava ci com o dedo e mais nada rancava o bicho e pronto  fdp @#$%¨&

2  temos que ver que nem todos tem o Eletonicabr  e no intuito de aprender acaba caindo na mão desses caras

3 quem nunca lavou uma placa que atire a primeira honton      (essa frase  é  minha favor não copiar :-*)essa doeuu!!

4  tem muitas dicas loucas  mas não vou colocar links deles pois não gosto de constranger  ninguém nossa função aqui é orientar.

5 lavar placa só em caso extremo churrasqueira é pra churrasco com exceção  se vc tiver todo equipamento  para monitorar temperatura vazão etc e  saber o que vc esta fazendo depois de muitos testes para chegar o perfil ideal de cada  componente temos como exemplo a dica do nosso amigo Paulo quem ajudou muita gente aqui no fórum principalmente quem não tinha ainda condições de pagar uma  honton se não mim engano 5.000 conto

https://eletronicabr.com/forums/topic/4331-soldagem-bga-procedimento-confiável

7 respondendo a pergunta do amigo e-tech  sobre o refrigerante, água xixi, etc vc usa esse produto um galão de 50lts  por placa e secar assoprado  :))

8 sou uma formiguinha perto de vcs mas aqui aprendi muita coisa que não iria aprender em nenhum curso no mundo

o que mais admiro  nesse fórum é a humildade dos colegas muitos renomados outros são empresários que deixam as vezes de atender um cliente pra tirar uma duvida de algum novato. 

9  se vc tiver a minima noção dificilmente ira fazer algumas loucuras da net porém tenho visto que tem muita gente que cospe no prato que comeu

10 pra finalizar temos de esquecer que o vizinho do lado que não tem uma honton de 5.000 tem carro importado e eu andando em um convencional    devemos sim orientar aos "malucos" qual a melhor forma de se fazer o procedimento observando as condições técnicas e financeiras do mesmo para que o risco de insucesso seja minimizado.

um abraço :-* 

 

 

 

 

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

@e-tech,

Acho que o termo lavadores de placa não se aplica a esse caso' date=' churrasqueiros sim pois não e um serviço correto e uma gambiarra, até hoje não conheço outra forma de iniciar um conserto de um notebook que caiu na água ou caiu líquidos sem ser a boa e velha lavagem da placa com produtos apropriados ou vai disser que o cliente diz pra vc meu notebook caiu na piscina nem liguei ainda ai vc em vez de lavar a placa pra tirar o cloro vc liga direto na tomada acredito que assim vc ta perdendo todos os notes molhados ai kkkkkkkkk, outra caiu refrigerante vc vai deixar o refrigerante corroer a placa toda por que não lavou, se vc não lava placas como vc faz esses serviços nos ensine por favor.[/quote']

Acho que vc não entendeu o que escrevi.>:(

 

Estão aparecendo em nossa comunidade vários técnicos especialistas em lavar e assar placas e chipsets, usando esta técnica como solução para todos os problemas.

 

Entendo que quando cai liquido na placa não temos outra alternativa do que começar lavando com produtos corretos.

 

Tem muitos especialistas em lavar placas que utilizam água e detergente. E por vários motivos:

-placa que não liga

-windows travando

-riscando tela.

-placa em curto

 

E assim vai. Independente do problema o cara lava a placa. O pior que passam estas dicas aqui no fórum e ainda pedem joinha.

 

O intuito deste tópico não é denegrir ninguém e sim usar uma forma mais agressiva de dizer que estão errados. Já vi vários amigos tentando explicar na boa, só que não está dando certo e acabam ganhando um j-

 

Quem não gostou do meu  tópico e acha que estou errado pode dar um j- ai. Fiquem a vontade. 8)

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Notsat concordo plenamente com vc  se fosse assim  era uma maravilha todo mundo tava rico

só em casos extremos( líquidos etc) ou aquelas que vc não enxerga nem a cor

o cara lavar a placa por esses motivos

placa que não liga

-windows travando

-riscando tela.

-placa em curto

ai já é demaisssssss!!!!!

um abraço

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

É bom deixar este tópico como um aviso que estes procedimentos não devem ser indicados como soluções fáceis, se fosse qualquer um poderia montar uns tanques, comprar uns fornos e consertar mais de 80% dos notes, é uma margem super alta e daria pra ganhar uma boa grana.

 

Eu sempre desconfiei de tudo que era fácil, e sempre vejo que não é assim, esmola demais o santo desconfia.

 

Só é justo não fazer uma caça aos lavadores e torradores, pois em sua maioria foram induzidos a pensar que isso é o correto e que todos fazem isso, leiam e vejam que não é por ai, pode até voltar a funcionar vez ou outra mas é algo que volta a dar problema, não é a solução apropriada e danifica a placa para outras manutenções.

 

Roberto

Share this post


Link to post
Share on other sites

É bom deixar este tópico como um aviso que estes procedimentos não devem ser indicados como soluções fáceis, se fosse qualquer um poderia montar uns tanques, comprar uns fornos e consertar mais de 80% dos notes, é uma margem super alta e daria pra ganhar uma boa grana.

 

Eu sempre desconfiei de tudo que era fácil, e sempre vejo que não é assim, esmola demais o santo desconfia.

 

Só é justo não fazer uma caça aos lavadores e torradores, pois em sua maioria foram induzidos a pensar que isso é o correto e que todos fazem isso, leiam e vejam que não é por ai, pode até voltar a funcionar vez ou outra mas é algo que volta a dar problema, não é a solução apropriada e danifica a placa para outras manutenções.

 

Roberto

sim é verdade, o pior é o cara falar que ta errado como nunca tivesse feito nada disso na vida.... "seja a mudança que você quer ver no mundo"

apontar os erros dos outros é fácil, agora apontar como que faz certo é difícil.... nem vou comentar muito que isso vai longe.

O mundo ta assim porque as pessoas só querem apontar o erro, mas não querem mostrar uma solução para as outras pessoas.

eu acho que você me entendeu.

9_9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Como descrito claramente em alguns topicos, lavar placa para "solucionar problema" eu condeno esta acao. Agora lavar placa quando tem derramamento acidental de qualquer tipo eu aprovo totalmente. Inclusive uso agua destilada que nao possui qualquer residuo quando evapora.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acredito que o erro desta galera é sair postando e não ler o  conteúdo já existente no fórum...

 

Se lessem já saberiam o procedimento correto, e principalmente já teriam visto minha maior invenção...

The Machine ME Massacreixon com Dog Monitoration...

 

 

tvcachorro.jpg

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

tava demorando kkkkkkkk

H3L10 vc tem de ficar por dentro dos lançamentos meu fioooooo saiu um modelo novo essa sua ta defasada  saiu de linha

tem de pedir ao segurança super man  pra comprar esse modelo novo      :)):)) :)):)) :)) 

kkkkk

só pra descontrair!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

É muito importante tópicos criativos que alertam e que alertarão pessoas que iniciam a profissão no rama da tecnologia.

 

Sem querer puxa o saco, (mas já puxando) esse fórum estar sendo um pai para mim, para atuantes e para iniciantes que o encontrarem.

 

Eu agradeço a equipe da eletronicabr em especial o (os) criador (es).

 

Um abraço a todos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só um reballing e bem feito resolve o problema.

Um profissional a sério não alinha nessas torradeiras.

É devido a esses maus profissionais, que aqui em Portugal o reballing tem má fama, os clientes dizem que não resolve nada, porque antes de procurarem um profissional, foram a um aprendiz de feiticeiro que usou esta e outra técnicas estúpidas.

Depois, nós os profissionais temos de explicar ao cliente que o que lhe fizeram à placa não foi reballing mas sim trapalhada e que agora a placa já deu, precisa de uma nova.

Fora com estes sucateiros!

Abraço a todos os verdadeiros profissionais.

8)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Complicado..

Pior que quando passamos um orçamento sério o cliente diz que é muito caro, ai leva em uma assistencia "porca" e o cara enche a placa de fluxo (fluxo ruim ainda) ai torra a placa na estação de retrabalho, detona a placa e fica sem solução, dai vem aquela frase antiga.. "o barato sai caro... "

Acho que essas soluções "Ilusionistas" deveriam ser deletadas, pois acaba queimando o forum...

 

  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By raphael jonhy de lima tito
      Placa positivo pih55bo funciona com placa onboard mas, ao colocar minha rx570 nova liga mas não dar imagem, oq pode ser?
      Sistema: windows 7 64bits
      Placa: Positivo pos-pi55bo 
      Processador: core i3 550 3.20Ghz
      Memória 6gb ddr3
      Bios versão: 0102
      Fabricante: positivo informática SA(American megatronic)
       

    • By eliasgirardi
      Dos temas à busca de arquivo: relembre as funções que deixaram saudades nos usuários.
       

      windows-xp-tema-clássico — Foto: Reprodução
       
      O Windows XP foi um dos sistemas operacionais mais bem-sucedidos da Microsoft e que ficou conhecido por ser "queridinho" dos usuários. Na época, ele se destacou por ter sido um dos sistemas mais bonitos, ágeis e seguros que a empresa havia criado até então. Essa versão tinha grandes diferenciais no design e ficou marcada pelo clássico papel de parede Bliss, com a foto de uma colina verde. Além disso, teve variantes de 32bits e 64 bits e uma arquitetura que não era baseada no MS-DOS, como os modelos anteriores, o que garantia maior estabilidade e velocidade.
       
      Lançado em 25 de outubro de 2001, o sistema foi encerrado em 2014, quando a fabricante terminou o suporte. A seguir, relembre seis funções de destaque do Windows XP e que ajudaram o sistema a ser um sucesso no mundo todo.
       
      1. Temas e personalização
       
      O visual do Windows XP era uma das características que mais chamava a atenção. O sistema trouxe cores vibrantes, sombras e formas que tornavam a experiência de uso do computador bastante agradável, até mesmo com o tema padrão que tinha a barra azul. Além disso, uma de suas maiores revoluções foi a possibilidade de personalização. A partir do XP, os usuários puderam escolher entre usar tema moderno ou um clássico do Windows 95, com diversas opções de cores. Outra possibilidade era baixar e instalar novos temas para alterar cores, ícones e deixar o Windows do jeito que você quisesse.
       

      Zune: um dos temas mais conhecidos e usados do Windows XP — Foto: Reprodução/Wikipedia
       
      2. Windows Media Player
       
      O Windows Media Player tornou muito fácil a reprodução de músicas. O programa organizava a biblioteca do usuário e reproduzia formatos de áudio como mp3. Já quem quisesse ver filmes no PC, só precisava baixar o Media Player Classic ou VLC, dois reprodutores de vídeo que rodavam diversos tipos de arquivos. O Windows XP ainda foi produzido em uma arquitetura avançada para a época e podia, não apenas ler DVDs, mas também gravá-los. Para isso, bastava apenas um programa que “queimava” os discos, como o Nero.
       

      Um dos reprodutores mais úteis e utilizados no Windows XP — Foto: TechTudo
       
      3. Busca de Arquivos
       
      A Microsoft aprimorou a busca de arquivos ao longo das edições do Windows, mas no XP aconteceu o primeiro grande avanço da ferramenta. O sistema trouxe um recurso de busca textual que exibia uma gama de arquivos como resultado e ainda permitia a utilização de filtros fáceis. Sem dúvida, a função facilitou muito a vida dos usuários.
       

      Uma busca eficaz e com muitos filtros para facilitar a vida dos usuários — Foto: Reprodução/Edivaldo Brito
       
      4. Conectar e desconectar dispositivos sem reiniciar o PC
       
      O Windows XP foi desenvolvido sobre a proteção do Windows NT (New Tecnology). Um dos grandes avanços dessa estrutura era a desobrigação de reiniciar o computador após desconectar dispositivos, o que criava um ótimo ambiente para quem gostava de passar músicas por pen drive ou usar fones de ouvido, por exemplo. Além disso, para quem gostava de fazer dual boot, ou seja, usar um segundo sistema operacional no pendrive ou em partições do HD, essa potência toda do Windows XP acabava ajudando.
       

      Remoção de periféricos sem necessidade de reinicialização — Foto: Reprodução/TechTudo
       
      5. Ajuda com figurinhas animadas
       
      Um mago, um cachorro, um clipe de papel animado e outras figuras poderiam ser os guias de ajuda no Windows XP. A ferramenta clássica ficava em algum lugar do monitor para oferecer ajuda aos usuários. As figurinhas animadas se moviam, andavam e executavam ações inovadoras para os padrões da época, quase como versões primárias dos assistentes de voz que conhecemos hoje. Por isso, ficaram marcadas na memória de quem usou o sistema.
       

      O XP disponibilizava ícones que se mexiam para te ajudar nas tarefas — Foto: Reprodução/Computer Business Review
       
      6. Teclas de atalho
       
      As teclas de atalho se tornaram bastante populares no Windows XP e muitas ainda continuaram em pleno funcionamento ao longo das versões seguintes do sistema. Se você quisesse esconder alguma coisa, por exemplo, era só apertar a tecla do Windows e a letra D, ou a letra L: uma minimizava tudo, enquanto a outra jogava o usuário para uma área de escolha.
       

      Pressione as teclas de atalho para ativar a iluminação do teclado do notebook — Foto: Barbara Mannara/TechTudo
       
      7. Jogos - Pinball 3D
       
      O Windows XP trouxe diversos jogos que eram uma boa forma de se distrair offline. O Freecell e Paciência Spider tiveram grandes melhoras nos gráficos depois, mas o Pinball faz falta até hoje no Windows.
       

      Um dos jogos preferidos do windows XP — Foto: Reprodução/Fitzssimmons
       
      Fonte: https://www.techtudo.com.br/listas/2019/12/sete-funcoes-que-fizeram-sucesso-no-windows-xp.ghtml
       
    • By Daniel
      Sabemos que o EletrônicaBR tem milhares de esquemas, manuais, bios e outros, postados por mais de 3000 usuários ao longos dos anos.

      Aqui estão 5 bons motivos para avaliar e comentar todos seus downloads:

      1- Muitos aquivos não foram devidamente testados e confirmados. 
      2- Sua correta avaliação pode te render alguns joinhas, valiosos para um futuro download.
      3- A colaboração de todos é muito importante para mantermos um acervo enxuto,  funcional e atualizado.
      4- Se quem testa não deixa um feedback, todos corremos o risco de baixar um arquivo inútil, você pode ser o próximo. 😟
      5- Agora temos disponível um painel que facilita a análise dos aquivos que baixamos e não avaliamos. (Como acessar abaixo 👇)

      Clicando no menu Downloads -> Meus Downloads ou no perfil pode acessar o painel que é bem intuitivo.
       

       
       
    • By Daniel
      Deu um trabalhão instalar a iluminação de natal.
      Favor não quebrar as lampadas!

       

    • By eliasgirardi
      O processador comercial usado como base continuou funcionando perfeitamente após a deposição da segunda camada de circuitos. [Imagem: Youngbae Son/Rose Anderson/Peterson Lab]
       
      Eletrônica 3D
       
      Os circuitos integrados de silício, como os processadores de computador, estão se aproximando da densidade máxima viável de transistores, por isso qualquer nova ideia é bem-vinda.
       
      Como esses chips atuais são tipicamente bidimensionais, com os transistores fabricados sobre uma placa plana de silício, há tempos se vem trabalhando com componentes tridimensionais, como os transistores 3D e até transistores 4D.
       
      Isso tem ajudado, mas as técnicas de fabricação são complicadas e caras, e não se aplicam a todos os componentes eletrônicos.
       
      Para contornar esses inconvenientes, Youngbae Son e colegas da Universidade Michigan, nos EUA, criaram uma tecnologia muito mais simples: Usar a mesma tecnologia atual para empilhar uma segunda camada de transistores diretamente em cima de um circuito integrado já pronto, criando não componentes 3D, mas uma "eletrônica 3D".
       
      Eles conseguiram isso usando um tipo diferente de semicondutor, conhecido como óxido de metal amorfo. Para aplicar essa camada de semicondutor ao chip de silício sem danificá-lo, eles cobriram o chip com uma solução contendo zinco e estanho e o giraram para criar uma camada uniforme.
       
      Depois que essa camada secou em um forno, o processo foi repetido para formar uma camada de óxido de zinco-estanho com cerca de 75 nanômetros de espessura. Durante o aquecimento final, os metais se ligaram ao oxigênio no ar, criando uma camada de óxido de zinco-estanho, que foi usada para criar os transistores por litografia tradicional.
       
      Esses transistores suportam tensões mais altas do que os transistores de silício abaixo.
       

      Componentes à base de óxidos também podem funcionar em modo analógico, abrindo caminho para processadores neuromórficos. [Imagem: Youngbae Son et al. - 10.1038/s41928-019-0316-0]
       
      Integração monolítica
       
      Embora também não possa ser aplicado em todos os casos, esse design permite eliminar a necessidade de um segundo chip para converter entre sinais de alta e baixa tensão, que atualmente fica entre os chips de processamento, de baixa tensão, e as interfaces de usuário, de alta tensão.
       
      Tensões mais altas poderiam danificar os transistores cada vez menores, o que fez com que os chips de processamento de última geração não sejam mais compatíveis com os componentes de interface de usuário de alta voltagem, que precisam funcionar com tensões mais altas para evitar efeitos como sinais de toque falsos ou configurações de brilho muito baixas em monitores.
       
      Como a segunda camada de transistores pode suportar tensões mais altas, eles essencialmente dão a cada transístor de silício seu próprio intérprete para conversar com o mundo exterior. Isso evita a custo atual de usar processadores de última geração com um chip extra para converter sinais entre o processador e os dispositivos de interface - ou usar um processador de nível inferior que roda com uma voltagem mais alta.
       
      Segundo a equipe, seus protótipos abrem caminho para circuitos integrados de silício que vão além da Lei de Moore, trazendo as vantagens analógicas e digitais da eletrônica de óxidos para os chips de silício de última geração.
       
      Fonte: https://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=eletronica-3d-como-construir-chip-cima-outro&id=010110191206#.XepA94NKjIU

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...