Jump to content
bismith

7 Sinais De Que Você Pode Não Levar Jeito Para A Eletrônica

Rate this topic

Recommended Posts

Bom dia,

 

Achei interessante esse artigo.

 

Att,

Fábio

 

________________________

 

Fonte do texto:

Hidden Content

    Give reaction or reply to this topic to see the hidden content.

 

7 Sinais De Que Você Pode Não Levar Jeito Para A Eletrônica

 

 

É muito provável que o que você lerá a seguir lhe cause espanto, indignação ou revolta. Talvez você até mesmo sinta vontade de me xingar. Se você tiver esses sentimentos eu entenderei, mas a verdade deve ser dita: Nem todo mundo leva jeito para a eletrônica.

 

Eu realmente acredito que todos podem aprender qualquer coisa se esse realmente for o objetivo a ser alcançado, porém, isso depende de muito esforço e convicção. Se você leva jeito para a coisa, tudo fica mais simples, caso contrário fica muito complicado de trilhar a jornada do aprendizado e atingir as metas traçadas.

 

Se você se enquadrar em algumas das situações abaixo não desanime. Ainda assim você poderá se tornar um profissional da eletrônica, só dará um pouquinho mais de trabalho.

 

 

Você não suporta matemática

 

Uma coisa é você tratar a eletrônica como hobby montando um ou outro projetinho pronto que você encontra na internet. Nessa situação, você obtém um esquema elétrico feito por outra pessoa, a lista de componentes, o projeto da placa de circuito impresso ou o esquema de ligação no protoboard e faz toda a montagem. No final você fica feliz da vida vendo o resultado daquilo que foi projetado por outro indivíduo.

 

Por outro lado, se você deseja fazer uma carreira na eletrônica será preciso que você aprenda a projetar seus próprios circuitos ou analisar detalhadamente o funcionamento de circuitos complexos criados por outras pessoas. Nesse caso, a matemática deve ser sua amiga. Até para acender um led você precisará utilizar essa importante ferramenta.

 

Nos casos mais simples, dominar operações algébricas básicas pode ser suficiente para que você seja capaz de aplicar conceitos muito importantes na eletrônica, tais como a Lei de Ohm ou as Leis de Kirchhoff. Contudo, para os projetos mais complexos, principalmente aqueles relacionados a eletrônica analógica, conhecimentos mais aprofundados da matemática são imprescindíveis.

 

Se ao pensar em matemática começa a lhe bater o desespero e somente em pensar em cálculo diferencial e integral você começa a entrar em pânico, repense se você realmente deseja entrar para o mundo da eletrônica.

 

 

Você não consegue interpretar gráficos

 

Esse tópico é uma continuação do anterior. Grande parte da eletrônica baseia-se em interpretar ou criar gráficos de sinais, sejam eles de tensões, correntes, temperaturas, etc.. Isso é válido tanto para a eletrônica analógica, quanto para a digital.

 

Outra situação em que compreender gráficos de sinais mostra-se imprescindível é quando você precisa aprender sobre o funcionamento de algum componente eletrônico. Os manuais dos fabricantes, também chamados de Datasheets, são repletos de informações e muitas delas em forma de gráficos. Sendo assim, não há como escapar.

 

Cedo ou tarde você precisará manipular gráficos e se isso não lhe agrada é preciso que você acenda o sinal de alerta e repense se a eletrônica realmente é a sua área.

 

 

 

Você não sabe e nem tem a mínima vontade de aprender inglês

 

Esse ponto é uma constante não somente na área de eletrônica mas também em muitas outras, principalmente para aquelas ligadas de alguma forma à tecnologia.

 

É muito difícil encontrar documentação técnica em português, ainda mais quando trata-se de manuais de componentes eletrônicos. A grande maioria encontra-se no idioma inglês e você precisará pelo menos ser capaz de compreender o inglês técnico para leitura.

 

A coisa fica ainda mais complicada quando os assuntos são apresentados em vídeos. Com a grande popularidade de sites como o Youtube, muitos vídeos técnicos sobre eletrônica encontram-se a disposição de todos, porém, muitos deles em inglês.

 

Se você não suporta a ideia de aprender inglês, sua vida na eletrônica não será nada fácil.

 

 

Você odeia programação

 

Cada vez mais vem ocorrendo a convergência entre a eletrônica e a programação de algoritmos. A popularização que vem ocorrendo nos últimos anos de plataformas baseadas em microcontroladores, como por exemplo o Arduino, tem feito com que o conhecimento ligado à programação de algoritmos torne-se imprescindível.

 

Muito projetos eletrônicos desenvolvidos atualmente utilizam microcontroladores que só funcionam se forem devidamente programados. Nesse caso, conhecimentos em estruturas de dados, linguagens de programação como C/C++, laços de repetição, estruturas condicionais, estruturas de repetição, etc. tornam-se muito importantes.

 

Se você não tem a mínima vontade de aprender programação, você ficará extremamente limitado na área de eletrônica.

 

 

Seu negócio é montar projetos prontos disponíveis na internet

 

Existem na internet centenas, ou até milhares, de sites e blogs dedicados ao mundo da eletrônica. Nesses locais você pode encontrar uma infinidade de projetos prontos para serem montados e testados por qualquer um. Não há nada de errado nisso, a não ser que você não  queira fazer somente isso!

 

Se você deseja realmente aprender eletrônica, ao invés de simplesmente montar esses circuitos eletrônicos, procure entender o funcionamento de cada um, detalhadamente. Se a ideia de entender o funcionamento desses circuitos não lhe agrada, pode ser que você não leve jeito para a eletrônica.

 

 

Você só gosta de eletrônica digital ou de eletrônica analógica

 

É muito comum ouvirmos as pessoas dizerem que só gostam de um “ramo” ou de outro da eletrônica. Sem dúvida alguma cada pessoa pode gostar mais ou menos de uma ou outra área, contudo, isso de forma alguma pode se tornar uma barreira para que se tenha interesse em estudar ambas as áreas. Tanto a eletrônica analógica, quanto a digital são de fundamental importância na eletrônica.

 

Em muitos casos os circuitos analógicos e digitais se “misturam” em um mesmo projeto e não conhecer uma das duas áreas pode se tornar uma grande barreira em sua carreira.

 

 

Você tem dó de gastar com livros e publicações especializadas

 

Certa vez um grande professor que tive disse que todo bom profissional deve ter uma biblioteca particular, com material de qualidade e a disposição para ser consultado sempre que for preciso.

 

Não importa se a sua biblioteca é formada por livros digitais ou impressos… o importante é que você tenha uma!

 

Muita informação está disponível gratuitamente na internet e, apesar de ser possível encontrar muito material de qualidade gratuitamente na web, há também muita porcaria publicada. É muito prejudicial “consumir” um material pensando que trata-se de informação de qualidade para depois descobrir que na verdade tratava-se de lixo. Aprender errado pode ser pior do que não aprender, pois desconstruir um conceito criado em nossa mente é um processo não tão simples.

 

Se você não simpatiza com a ideia de investir na aquisição de literatura de qualidade está na hora de você repensar  suas prioridades, pois em qualquer área em que você deseje trabalhar é preciso consumir informação de qualidade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Descobri que levo jeito pra eletrônica hahahahahahah

 

 

Ja estava ficando desanimado! Hehehehehe

 

nkp85n.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gosto de eletrônica, e  realmente não gosto de matemática porem hoje existem muitos facilitadores hj para a matemática que precisamos, creio que niguem aki trabalha na quanta, na ECS ou seja la oque for heauehae, mais sempre estou disposto a aprender e estou conseguindo devagar e sempre!

 

Bom post mais lembrem-se não saber não significa não levar jeito e sim estudar e não aprender significa não levar jeito, mais estudar conteúdo realmente BOM.

Share this post


Link to post
Share on other sites

hum, minha mãe era muito sábia então?

 

porque ela insistia que eu devia fazer curso de corte e costura, uhauhuauahuhauhauhauhahauha

Share this post


Link to post
Share on other sites

A primeira vez que vi um multímetro analógico com seu ponteiro deflexionando na escala de X1, cara meus olhos brilharam talvez não seja um mago da programação, talvez realmente o post tem razão ao dizer que alguém leva ou não jeito. Mas acordar pensando em um circuito, naquela placa que você quer fazer ligar, na ferramenta ou equipamento novo que está pra chegar depois de 30 dias, vibrar a cada conserto, vibrar a cada progresso, mesmo as vezes dando foguinho, mas mesmo assim amar o que faz,  sair da assistência as 18 e ficar ate as 0:00 brincando no seu laboratório particular. E o mais legal gostar disso tudo. isso sim é ser um apaixonado por eletrônica. Q venham os cálculos, as programações , o inglês eu infelizmente vim de escola publica do interior e pelo mais q eu estudasse não tive a oportunidade de ter tido ótimos professores.  Mas se tem algo que pode mudar toda a historia é o quanto nós queremos algo e o quanto estamos dispostos a investir em empenho, dinheiro , tempo ,  dedicação . mas vlw o post me gerou uma motivação insatisfatória talvez eu precise estudar mais matemática rs. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...