Jump to content

SAMAS, o vírus temido até pelo FBI, está presente no Brasil

Rate this topic


Kaio Macedo
 Share

Recommended Posts

 

SAMAS é um ransomware perigoso: ele bloqueia o acesso ao seu computador ou smartphone e cobra um valor (dinheiro) para você voltar a ter o acesso. Ele faz isso criptografando todos os seus dados, então praticamente não há como burlar esse "resgate". A alta capacidade de viralização desse ransonware também é uma preocupação, já que ele se espalha rapidamente por redes conectadas ao aparelho infectado.

 

Se você ainda está dando de ombros para o SAMAS, saiba que até o escritório de crimes virtuais do Serviço de Inteligência dos Estados Unidos (FBI) já emitiu uma nota demonstrando preocupação sobre o vírus.

 

Agora, um relatório da Kaspersky Lab trouxe uma notícia não muito agradável para nós, brasileiros: o Brasil ocupa o 1° lugar entre os países latino-americanos mais atacados pelo SAMAS.

 

Para você ficar ligado e não acabar sendo infectado pelo vírus, Rafael Abdo, gerente de segurança da informação da Locaweb, está oferecendo algumas dicas interessantes. Acompanhe:

 

04172749942618.jpg

 

 

. Faça backup regularmente: procure manter um calendário para fazer cópias de segurança de seus dados pelo menos uma vez por mês.

 

. Tenha planos B e C: o ideal é possuir ao menos dois backups, um em nuvem e outro em um dispositivo físico como HD externo e pendrive. Manter mais de uma opção garante que você não terá problemas para recuperar os dados, caso uma das alternativas seja comprometida pelo vírus.

 

. Cuidado com links: não saia clicando em tudo o que chega. Os hackers mascaram os vírus em emails falsos, como promoções de lojas virtuais e comunicados de bancos. Tome cuidado também com mensagens de amigos e familiares que não fazem sentido, pois eles podem ter sido alvos de ataques virtuais.

 

. Atenção ao nome dos arquivos: vírus costumam ter extensões específicas (as três letras finais que vêm após o nome do documento). Fique atento a .EXE, .vbs e .SCR, que são as mais utilizadas pelos cibercriminosos. Para facilitar, habilite a opção de “mostrar a extensão de arquivos” em seu sistema operacional. Por exemplo, no Windows, vá em “Opções de Pastas” no Painel de Controle e desmarque a opção de ocultar a extensão em “Modo de Exibição”.

 

. Software em dia:  atualize regularmente seu sistema operacional, navegador e outros programas. Os vírus tendem a explorar vulnerabilidades dos sistemas, e as atualizações têm como um dos objetivos corrigir as brechas e falhas existentes, aumentando a segurança.

 

Fonte:TecMundo

Link to comment
Share on other sites

@Kaio Macedo

Peguei um caso parecido onde um CriptoWall criptografou todos os arquivos do cliente em RSA-2048 e pediu um resgate de US$ 1000 pela recuperação.

 

IMG_20151105_174528484.jpg

 

IMG_20151105_174553932.jpg

 

Como o valor era muito alto e não havia como saber se todos os arquivos seriam resgatados após o pagamento a única solução foi a formatação completa da máquina. No link de resgate tinha até uma opção de "amostra grátis" onde você podia selecionar um arquivo de até 2MB enviar para o servidor dos caras e esperar ele ser descriptografado.

 

:-[

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...