CHAT _
EletrônicaBR.com
collapse

Exibir mensagens

Esta seção lhe permite ver todas as mensagens deste membro. Note que você só pode ver as mensagens das áreas às quais você tem acesso.


Mensagens - neofln

Páginas: [1] 2 3 ... 76
1
Fio vermelho do amperímetro no borne preto e fio preto na saída negativa da fonte.
Fio amarelo do voltímetro no borne vermelho e fio preto na saída negativa da fonte.
Fio vermelho fino do voltímetro ligar a uma fonte auxiliar, não esquecer de ligar o negativo da fonte auxiliar na saída negativa da fonte.

2
wd-40? hueauhaehuaeuhaeuh

3
Acho que wd40 vai resolver o problema... ;D

4
*** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login Se fosse você abriria um tópico próprio mostrando sua montagem expondo todas as modificações que fez para que todos possamos avaliar o caso da sua fonte em particular que é diferente apesar de se basear nesta.
Adotaste transistores e transformador diferentes, e mudaste R7 até onde sei, detalhe que quando o *** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login mudou o R7 ele mudou para 0r22 por 10w se bem lembro...
Esta fonte foi pensada e calculada para um transformador de 24V x 4A que teria portanto após a retificação aproximados 33V, para conseguir uma saída de 30V x 3A.
Qual a tensão em que estas tendo problema de queda de 4V quando a corrente chega a 4A? É próxima da tensão máxima pós retificação?
Que valor usaste para C1?
Já experimentaste mudar R15 para um valor pouco menor menor (750 Ohms, ou 500 Ohms) ?
Sem maiores detalhes fico imaginando que o transformador não comporta o uso que deste a ele...

O op-amp U1 em configuração buffer, é alimentado diretamente pela entrada retificada da fonte, no projeto original deveria fornecer uma referência de tensão (9.4V acho) para que o U3 faça o controle de corrente, enquanto U2 faz o controle de tensão, tanto U3 quanto U2 são alimentados pelo positivo retificado da entrada da fonte e pelo rail negativo criado por aquele circuito charge-pump (se bem me lembro o nome é este) abaixo da ponte retificadora, para que a fonte possa chegar a 0V e 0A, no final das contas quem manda é U3 que quando detecta sobrecorrente através de R21 diminui a tensão em U2 que usa como referência para tensão, o divisor resistivo R11+R12, que reduz a tensão na base do Q2 que faz o mesmo com o Q4. Q2 + Q4 formam quase um transistor darlington NPN de potência. Mas o controle de corrente e tensão máximas é feito pelo conjunto de resistores e potenciômetros R17 P2 R18 P1 R8.

Por que estou perdendo 4v na saída? Se o transformador quando exigida maior corrente arriar a tensão, a tensão de referência criada por U1 diminui também...  Sob estres o transformador quando não é bem confeccionado costuma mesmo entregar tensão menor, caso C1 esteja muito bem dimensionado esse problema diminui, mas dependendo do caso se estas tentando extrair da fonte a tensão máxima com o máximo de corrente que o transformador pode fornecer o resultado é este mesmo...

O que teria que ser mudado para uma fonte com tensão menor e corrente maior? Muita coisa hehehe parece fácil mas do meu ponto de vista é difícil.

De qualquer forma abrir um tópico não dói hhehehehe ;D

*** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login você que já montou este projeto, tem alguma dica para o colega? ou quer me corrigir em algo?
*** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login *** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login *** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login *** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login 

editado para correção de grafia.

5
Então pessoal, essa fonte é linear, e funciona em tensão constante até que a carga exija mais corrente do que ela está configurada pra entregar.
Quando ela detecta sobre corrente, usando como referência o limite de corrente setado no potenciômetro, a tensão cai na hora para proteger a carga, se aumentas no potenciômetro a corrente que pode passar pela carga, a tensão se estabiliza novamente no valor setado pelo outro potenciômetro.

O projeto original com 1 2n3055 foi feito para trabalhar com 3A, os resistores e potenciômetros foram calculados para este valor também, para entregar 5A com esta fonte é preciso usar 2 2n3055, ou 3 TIP3055, e recalcular os resistores e potenciômetros. Se lerem todo o tópico verão que o *** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login mudou alguns valores pra poder chegar nos 5A.

O 2n3055 pode até aguentar 5A por algum tempo mas fatalmente vai danificar usando esta corrente direto, ainda mais estes falsificados que encontramos hoje em dia.
A conta é simples tens na entrada 15v x 1.4142 = 21.21V setas a fonte para entregar 5V e 5A quanto este transistor vai dissipar em forma de calor?21.21 - 5 = 16,21 x 5A = 81.5W
Até que temperatura ele consegue realmente dissipar esta quantia de Watts?
Segundo a curva de power derating no datasheet até uns 70°C, se esquentar muito mais do que isso ele queima, e enquanto a temperatura aumenta até chegar neste valor, cada vez menos corrente e tensão aparecerão na saída pois ele passa a se comportar como um resistor.
Então usar bons dissipadores de calor até mesmo nos testes mais básicos é extremamente indicado.

Se optarem por adicionar mais transistores 2n3055 não esquecer de adicionar na saída dos mesmos resistores de 0r1 10W para auxiliar a correta divisão de corrente entre eles, sem os resistores nos drenos um sempre vai puxar mais corrente que o outro, e no fim vai acabar queimando.
Sem mudar muita coisa no circuito o máximo que da para por de 2n3055 do meu ponto de vista, é 2 unidades, o que permitiria, ajustando os resistores e potenciômetros uma corrente de até 5A com segurança. Se quiserem mais do que isso, para cada bd139 use 2 2n3055 e talvez, dependendo de quantos amperes estivermos falando, seja necessário usar um op-amp capaz de entregar mais corrente no U2. Dissipadores de calor pra isso ai, são enormes e com aletas longas pra evitar a ventilação forçada com ventoinhas.

Abraços.


6
Essa tava zicada mesmo né, pena que não deu.
Mais sorte na próxima! ;D
Abraço.

7
Poderia também diminuir a rotação do motor, desta forma a temperatura aumentaria também. Instalar um dimer compatível com a potência do motor resolveria.

8
Colocar os reguladores para alimentar os op-amps contribui para uma maior estabilidade na saída da fonte, tendo em vista que quando variar a entrada vai inevitavelmente variar a saída, já com os reguladores a tendência é que a tensão ajustada permaneça estável mesmo se a entrada variar pra mais.
Evita também que seja ultrapassado o limite máximo de tensão de alimentação dos mesmos em caso de pico na rede, como no entanto pretendes usar um transformador de 15V não tem muito problema em relação a isso. E isso vale pra quem usar transformadores, se alguém resolver usar fonte chaveada de valor fixo na entrada ai usar reguladores não faria muito sentido.

9
Que pena *** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login ;(

10
Agora não entendi mais nada, o diodo veio na placa e abaixo dele a trilha estava conectando os dois pontos?
Se sim a única explicação é que alguém já mexeu nessa placa, porque o fabricante ou abre a trilha e poe o componente, ou deixa a trilha e não poe o componente.
Evidente que se existe uma trilha por baixo do diodo não deves encafifar com isso, aproveita e já tira ele da placa pois está sem função. ;D
Dai faz sentido mesmo recolocar e checar o charger.

11
Deveria chegar a tensão de entrada menos as quedas dos componentes no trajeto, e jamais deveria ter tensão sem o componente que fornece a tensão hehehe ;D
Geralmente seria algo na faixa de 18.xx

12
Se não me engano, peguei uma dessas com defeito similar e o problema estava no KBC, foi substituído por igual de mesma placa, na ocasião não encontrei pra comprar novo.

13
Pois é, boa pergunta essa do *** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login será que o esquema é mesmo compatível com a placa?
Se for, acredito como o *** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login, que a trilha está em curto com a linha de VIN em algum lugar, a única solução seria cortar o pad da trilha bem perto do pino do componente, e ligar no pad que sai do diodo com fio, sem fazer a ligação do pad que sai do diodo com a placa.
O problema maior é que podem ter mais trilhas afetadas e algumas podem ser internas.
Esse tipo de problema é complicado de resolver...

14
*** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login opa tudo joia?
Já que nenhuma das bios que constam no acervo do fórum funcionou, se puderes upar essa ai que funcionou especificando a diferença do chipset acredito que viria a ser útil a outros colegas e deve render uns joinhas com o passar do tempo.
Não esqueça de clicar em modificar na primeira mensagem do tópico e mudar o prefixo para "Resolvido", para que o tópico seja movido para a área correta.
Abraço.

15
Sem o diodo na placa não deveria haver tensão no pad que vai para o pu4404, acredito que o pu4404 está em curto, única explicação que vejo para sem o diodo na placa aparecer 19v no pino de vcc.

Páginas: [1] 2 3 ... 76
Patrocinador

KLV Notebooks
Troca, Venda e Promoes
Arduino EletrncaBR