Jump to content
  • Content Count

    45
  • Avg. Content Per Day

    0.02
  • Joined

  • Last visited

  • Credit

    27
  • Country

    Brazil

Community Reputation

16 Level 3

About JoeRob

  • Rank
    Membro Aspirante I
  • Birthday 08/16/1956

Personal Information

  • Sexo
    Male
  • Location
    Rio de Janeiro

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Olá @Adenilto Andrade . O chip com o código 25Q16BV é uma memória flash serial com 16 Mbits de capacidade de armazenamento e pode ser usado em diversos equipamentos eletrônicos (TVs, Notebooks, Placas Mãe de desktops, Placas de vídeo, impressoras, entre outros) e serve para armazenar instruções para o funcionamento correto desses equipamentos. O componente 25Q16BV é o mesmo em todos eles, o que muda são as informações gravadas. Essas informações estão contidas em um arquivo que, na maioria das vezes, tem a extensão ".BIN" e que são diferentes para cada marca e modelo de aparelho. Assim, não existe um BIN específico para a memória 25Q16BV, existem arquivos BIN específicos para cada modelo de TV ou placas mãe e que podem ser gravados nesse chip usando um gravador de eeprom. O datasheet dessa memória pode ser encontrado no link abaixo: https://www.datasheetq.com/datasheet-download/139961/1/Winbond/25Q16BVSIG Espero ter ajudado.
  2. Sim, eu entendi, apenas citei o fato de que se não for usado o conector de saída correto, não haverá sinal a ser enviado para a TV, e no caso desse modulador a saída de RF é feita pelo conector que está a direita na segunda foto que você enviou. De qualquer forma acho que usar um cabo para ligar o modulador na TV facilitaria os testes iniciais, pois evitaria problemas com interferências ou sinais fracos causadas pelo posicionamento das antenas. Quando tiver certeza do funcionamento do modulador seriam feitos mais testes usando as antenas. Achei no Youtube um vídeo de um receptor da Century em que aparece um modulador de 5 pinos como o seu, onde é mostrado a função de cada pino. Segundo esse vídeo o pino MB+ é a alimentação de 5V. Outra coisa importante que ele fala é que durante os testes ele queimou o modulador ao aplicar por descuido uma tensão de 6V ao invés dos 5V (apenas 1V a mais). Acho que a função dos pinos é a seguinte: MB+ : Alimentação Geral ou seja se esse pino não estiver ligado aos 5V o modulador não funciona; CB+ : Controle da saída de RF, ou seja este é um pino de controle, aplicar 5V apenas a ele não alimenta o CI, e por isso ele não esquentou. Quanto ao uso do modulador como transmissor não espere resultados muito bons, pois a potencia de saída desses moduladores é muito baixa, da ordem de 20mW ou menos. No próprio canal onde encontrei o vídeo acima tem outros que falam sobre amplificadores de RF para serem usados exatamente com esse tipo de modulador. Dê um retorno dos testes.
  3. Boa noite @Valdemir Paulino . Sem o multímetro vai ser complicado pois o ideal seria medir a corrente de alimentação do modulador ou a resistência entre o terminal MB+ e a carcaça para verificar se não há algum curto. Caso você tenha uma fonte ajustável, ligue a fonte ao terminal MB+, deixe todos os outros terminais sem qualquer ligação e vá subindo a tensão gradualmente até chegar aos 5V observando a temperatura do CI, se aquecer muito, provavelmente ele ou algum componente ligado ao mesmo está defeituoso. Sobre não aparecer imagem é preciso saber qual dos dois conectores F é o de saída de sinal do modulador e se a TV e o modulador estão no mesmo canal (terminal CH sem ligação= Canal 3 VHF, terminal CH aterrado=Canal 4 VHF). Faça o teste e poste o resultado.
  4. Olá @Valdemir Paulino . Esse modulador usa um CI modulador LA77000. Segundo o datasheet o pino 13 recebe alimentação de 5V, o pino 6 controla a saida de RF e o pino 8 em qual canal o modulador vai funcionar (3 ou 4). Meça continuidade ente o pino 13 do CI e o terminal MB+ como mostrado na imagem abaixo. Se o valor lido for 0 ohms o MB+ é o pino de alimentação do circuito. Neste caso o pino CB+ se for ligado ao +5V ativa a saída de RF do modulador. O circuito abaixo é um exemplo de aplicação do CI mostrado no datasheet. Espero ter ajudado.
  5. Para carregar baterias, além do que o colega @ohm falou, eu sugiro colocar em série com a saída da fonte um resistor de 10 ohms por 15W para evitar a queima dos diodos se uma bateria em curto for ligada ao carregador. No lugar do resistor pode ser usada uma lâmpada de 12 V e 20W popularmente conhecida nas lojas de autopeças como "lâmpada para luz de freio" ou "lâmpada para luz de ré".
  6. Infelizmente não, já faz mais ou menos uns 6 anos desde a última vez que consertei uma fonte dessas para um cliente e o defeito era só a chave liga-desliga ruim. Pode ser que alguém aqui no fórum tenha uma dessas e poste as imagens. Embora mostre apenas 3 reguladores, a imagem abaixo dá uma ideia aproximada de como seria a montagem no dissipador e a ligação dos mesmos. De qualquer forma, a utilização de CIs reguladores em paralelo não é muito recomendada, especialmente se a intenção é obter altas correntes de saída, devido a dificuldade de manter a corrente distribuída igualmente entre os CIs. Há algum motivo específico para querer recuperar essa fonte ? Estou perguntando porque aqui no RJ uma fonte nova de 12V x 5A custa entre R$20,00 e R$25,00 e utilizam circuitos bem mais confiáveis do que a ligação de 4 reguladores 7812 em paralelo.
  7. Olá @Betinhodaeletronica . Essas fontes da MS não utilizam transistores e sim reguladores de tensão 7812 ligados em paralelo. Na placa os terminais VIn e VOut dos 4 reguladores são ligados em paralelo e apenas o terminal central (GND) do regulador próximo ao capacitor de 4700uF é ligado ao negativo da ponte de diodos. A ligação dos terminais GND dos outros reguladores aparentemente era feita através do dissipador de calor onde todos os reguladores deveriam estar aparafusados.
  8. Para aqueles que usam o programa spipgm em conjuntos com os circuitos deste post para gravar bios, o autor do programa lançou uma versão nova em 03/01/2021 onde foram incluídos mais modelos de chips da ON Semiconductor e da Winbond, além de outras melhorias. " 3.1.2021 Detection of ON Semiconductor LE25W81QE, LE25Uxx, LE25Sxxx and Winbond W25QxxBW memories was added in new version 2.31 - tested with LE25S81MC and W25Q80BW. I also fixed bit protection masks in status register of many memories and made display of 2B status register of Winbond memories more accurate."
  9. Olá @MBM Computers . Supondo que você já tenha feito as verificações básicas (cabo de alimentação, chave liga-desliga e o fusível), verifique qual a tensão nos terminais do capacitor de 22uF x 400V. Se não houver tensão ou se ela estiver abaixo de 200V teste os diodos da ponte retificadora (são os 4 próximos do fio marrom). Caso algum deles apresente fuga ou esteja aberto, substitua e substitua também o capacitor. Poste os resultados. Importante: Tome cuidado ao medir a tensão no capacitor pois além do risco de choque elétrico, um curto nos terminais dele poderá danificar os diodos da ponte. Sugiro que você use uma lâmpada incandescente de 60 W em série com o umidificador ao fazer os testes.
  10. Esse motor é usado para circulação de água em aquários e, segundo o fabricante, a potência dele varia entre 8 e 26 W dependendo do modelo. Pelo tipo de aplicação e o tamanho do motor não acredito que seja possível alterar muito a velocidade de rotação do mesmo sem que ele perca torque e pare de girar, o que faria a corrente subir e acabaria queimando o motor. Os motores de ventiladores tem características construtivas (tanto elétricas quanto mecânicas) bem diferentes desse que você mostrou, o que permite fazer de forma mais simples não só o controle de velocidade como a inversão do sentido de rotação. Se interessar abaixo segue o link do fabricante do seu motor mas, como é comum em vários fabricantes chineses, não espere muitas informações. https://www.sunsun-china.com/product/aquarium-equipment/wave-maker/jvp-series-wave-maker-jvp-202-jvp-132.html
  11. Se o potenciômetro a que você se refere é o módulo de controle de velocidade para ventiladores como o da foto abaixo, deve resolver. Só é preciso tomar cuidado para que a potência do motor não seja maior do que a potência suportada pelo módulo de controle.
  12. Boa tarde @Rodrigo A. de Mello . Os LEDs possuem tensões de operação diferentes em função da cor emitida. Os vermelhos geralmente acendem com tensões entre 1,9V e 2,4V, enquanto os brancos operam com tensões entre 2,9V e 3,5V. Por isso dependendo de como eles forem ligados apenas os LEDs vermelhos vão acender. Se a ligação foi feita como no circuito abaixo, o LED branco não irá acender pois a tensão sobre o conjunto de LEDs ficará no entorno de 2 V. Minha sugestão é aumentar a tensão de alimentação para 6V e usar o circuito abaixo onde cada LED (ou grupo de LEDs) tem seu próprio resistor limitador.

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...