Jump to content

GNMilasi

Members
  • Content Count

    348
  • Avg. Content Per Day

    2.83
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    4
  • Credit

    1299
  • Country

    Brazil

Everything posted by GNMilasi

  1. Boa noite, @Rods ! Eu falo, leio e escrevo em inglês, mas não de forma fluente, só o basicão mesmo, mas sei há pelo menos umas duas décadas que esses "artigos" de Portais brasileiros "especializados em TI" não são nada mais que traduções grosseiras de Portais de fora e aí vira essa lambança pois a maioria dessas porcarias de portais, em sua maioria sensacionalistas, não estão interessados em publicar matérias decentes, mas sim estão atrás de cliques, publicidade e dinheiro, muito dinheiro, nada mais além disso, muitas vezes já publiquei tais artigos aqui no ELETRÔNICABR, mas primeiro me asseguro que a fonte traduzida seja fidedigna à original e que seja de um site respeitado e idôneo!!!! É assim que eu faço! O único que eu ainda não vi erros grosseiros sobre o Windows e afins foi o Site do Aurélio BABOO (MVP da Microsoft), amigo meu de longas datas e que tem seu Site financiado pela Microsoft, o BABOO é o CARA e sabe tudo de Windows, o resto que a gente vê por aí, apenas 10% é que se salvam... O resto tem a credibilidade de uma cédula de R$ 3.00 (Três Reais). Abs.
  2. Bom dia, @Rods ! Realmente o artigo foi traduzido errado se comparado ao original... The issue affects pre-Windows 10 operating systems only, at least that is what is been reported at the time. In other words: Windows 7, Windows 8.1, Windows Server 2008 R2, Windows Server 2012, and Windows Server 2012 R2 (O problema afeta apenas os sistemas operacionais anteriores ao Windows 10, pelo menos é o que foi relatado no momento. Em outras palavras: Windows 7, Windows 8.1, Windows Server 2008 R2, Windows Server 2012 e Windows Server 2012 R2). The updates that may cause issues are (As atualizações que podem causar problemas são): KB4493448 Security-only update for Windows 7 SP1 and Windows Server 2008 R2 SP1 KB4493472 Monthly rollup update for Windows 7 SP1 and Windows Server 2008 R2 SP1 KB4493467 Security-only update for Windows 8.1 and Windows Server 2012 R2 KB4493446 Monthly rollup update for Windows 8.1 and Windows Server 2012 R2 KB4493450 Security-only update for Windows Server 2012 KB4493451 Monthly rollup update for Windows Server 2012 Quanto aos problemas de AVs que começam a dar problemas rodando em versões mais novas do Windows, isto é um fato incontestável, neste caso é preciso que o Desenvolvedor do AV tenha que se adequar às novas versões do Sistema Operacional. Eu uso o Kaspersky Total Security 2019 e a Kaspersky já lançou dia 10 de abril de 2019 uma versão do KTS que já é compatível com o Windows 10 May 2019 Update que sairá no final de maio! Abs.
  3. Bom dia, @FDONATO ! Usei o Slackware por muitos anos, lá no princípio dos anos 1990, na época era chamada a Distro dos Hackers!!! Naquela época, tudo nele tinha que ser feito "na unha", daí o nome Slack (preguiçoso). Abs.
  4. Boa dia a todos! Vejo muita gente mundo afora reclamando do Windows por seus travamentos e afins, mas quando vamos perguntar se aqueles usuários compraram uma licença legítima, a resposta que recebemos é que 99% dessas pessoas estão usando algum tipo de crack ou ativadores como o KMS, no Site americano My digital Life (no Tom's Hardware também), pasmem, a maioria dos usuários usam ativadores como o KMS (lógico que lá há usuários do mundo inteiro), mas mesmo assim vejo americanos (lá num Walmart da vida, o Windows 10 PRO OEM custa US$ 145.00, isso para um americano é nadica de nada) reclamando e pedindo por novas versões do KMS porque aquelas que eles têm, a Microsoft já consegue detectar e derrubar, voltando assim à estaca zero. Os campeões mundiais da pirataria, pasmem de novo, são os russos, chineses e hindus, por incrível que pareça, o Brasil trabalha, de forma razoável, no "lado bom da força". Minha primeira licença legítima do Windows (98SE) foi comprada no Carrefour por R$ 499,00 e até o Windows 7, eu usava versões pré-ativadas, aí migrei para uma licença do Windows 8.1 PRO comprada em um Walmart perto de onde eu morava por US$ 199.00, daí nunca mais tive problemas, saiu o Windows 10 PRO quando eu voltei ao Brasil e eu comprei uma Licença por absurdos R$ 899,00 (parcelados, é claro) na Brasoftware, atualmente está mais caro lá. Nos Computadores em que usei essa Licença (por padrão, temos que desativá-la para usar em outra máquina), nunca tive problemas, com o Office 2016 e o 2019 foi a mesma coisa! Então, ao que me parece, o lema da Microsoft é: "usem meus softwares de forma de forma ilícita, mas usem, mesmo tendo problemas". Outra coisa que prestei a devida atenção: a Microsoft solta uma atualização tipo o colega @Neo muito bem citou e dá pau em um monte de computadores, mas já me disseram que essas atualizações têm como principal função verificar quem está no "mercado informal". Outra que descobri é que a Microsoft não se importa muito com o Usuário Final que usa Ativadores, o mais importante para ela é o mundo corporativo pois este lhe rende bilhões de dólares todo ano. A verdade é que sempre teremos essa briga de gato e rato, passando por cima de pau e pedra... Abs.
  5. Smartphones se tornaram poderosos o suficiente para substituir os PCs? Com os smartphones se tornando realmente poderosos, muitos já se questionam sobre a necessidade de manter um PC em casa. Afinal, nossos smartphones nos permitem responder e-mails, fazer pesquisas, assistir a filmes, escutar músicas, e outras atividades básicas do dia a dia, sem nos decepcionar Aliás, eles são consideravelmente mais práticos do que computadores, já que estão sempre conosco, e até mais versáteis em muitas tarefas, nos permitindo gravar vídeos sempre que quisermos, por exemplo. Ainda há espaço para computadores, em especial para desktops grandes e pesados? Ou smartphones já são capazes de atender a demandas que antes eram possíveis apenas em PCs? Desempenho bruto Smartphone são hoje, de fato, poderosíssimos. Mesmo um modelo básico mais atual conta com processador octa-core, e já há projetos de smartphones com 16 GB de memória RAM. Um adversário e tanto para os PCs, não? Na verdade não, ainda mais quando estamos falando de tarefas realmente exigentes. Na cauda dos gráficos, os desktops ainda mantêm a liderança em desempenho bruto O Snapdragon 855, chipset presente em topos de linha de 2019, é um dos SoCs mais poderosos que há por aí. E mesmo ele chega a ser quase três vezes mais lento do que um Intel Core i7-8700K no GeekBench, mesmo contando com menos núcleos. Nos extremos, desktops ainda são imbatíveis. Para não nos restringirmos apenas ao processador, considere uma estação de trabalho de edição de vídeos, ou de modelagem 3D. Já criamos mentalmente uma imagem de máquina poderosa, com watercooler, várias placas de vídeo e uma estrutura pensada para refrigeração extrema. Smartphones não são capazes de “competir” com esse cenário, ou de uma máquina gamer, simplesmente porque esse não é o propósito deles. E desempenho não é o único ponto importante aqui. Cenários de uso Mesmo se smartphones pudessem competir lado a lado com desktops em desempenho, ainda assim PCs e notebooks não perderiam a sua função. É possível escrever um texto como esse em um smartphone? É claro que sim! É prático? Nem um pouco — a não ser que você tenha um aparelho como o Dex, da Samsung, que "transforma" o smartphone em um desktop, integrado com monitor, mouse e teclado. O Dex da Samsung, por exemplo, "transforma" o smartphone em um "desktop". Faz o smartphone se comportar como um computador comum, com teclado, mouse e monitor Este texto foi criado (momento Inception aqui) em um computador com teclado físico, mouse e um monitor de 29 polegadas. Monitor que, por ser bem maior do que a tela de um smartphone, facilita as tarefas secundárias, como edição das imagens de ilustração. Considerações de desempenho à parte, produzir este texto seria muito mais burocrático, além de pouco ergonômico, em um smartphone. Isso para um texto relativamente pequeno. Tarefas mais pesadas, como modelagem 3D, seriam ainda mais problemáticas. Aqui a diferença de desempenho é um fator preponderante, assim como a ausência de uma tela maior. Conclusão Respondendo à pergunta inicial: sim, ainda “precisamos” dos computadores. E precisamos deles por um motivo muito simples: as tarefas que fazemos em cada aparelho são diferentes. Mesmo se executassem a mesma tarefa com competência, continuariam a coexistir sem grandes problemas pela preferência de cada um. Basta lembrar que os livros físicos e os leitores de livros digitais convivem de forma harmônica, cada um com o seu público. Leitores de e-books são práticos e cheios de recursos, mas não "substituiram" os livros: cada um deles tem o seu público (e muitos usam ambos) Smartphones são imbatíveis em termos de praticidade, “batendo” os desktops em diversos pontos. Mas estes ainda continuarão presentes por um bom tempo como a melhor opção para as tarefas que executamos neles. Fonte
  6. Clonagem de celular possibilita roubos de até 10 mil reais no Brasil Por meio de uma portabilidade forjada, criminosos têm acesso a tudo o que está relacionado ao seu chip, como o WhatsApp e contas bancárias. A clonagem de chips de celular (SIM swap) é uma fraude amplamente aplicada por cibercriminosos no Brasil. A técnica permite que os ladrões tenham acesso aos seus SMSs, WhatsApp, e até mesmo roubem o seu dinheiro — já que os pagamentos móveis se tornaram alvo desse crime. A Kaspersky Lab e o CERT de Moçambique, um serviço de resposta a incidentes de segurança digital, descobriram que, só no Brasil, um grupo clonou os chips de 5.000 vítimas. O procedimento é o mesmo utilizado quando um smartphone é perdido ou roubado, que permite ao dono da linha ativar o número em outro chip. Os golpistas enganam as operadoras de celular para fazer a portabilidade do número do dispositivo roubado para um novo chip. Tudo começa com o clássico phising (coleta de dados das vítimas por meio de e-mails), vazamentos de dados ou até pela compra de informações de grupos criminosos organizados. O objetivo é obter dados. Feito isso, o cibercriminoso entra em contato com a operadora móvel, se passando pela vítima, para que ela faça a portabilidade e ative o número do telefone no chip fraudulento. Uma vez que obtiver sucesso, o autor do crime recebe todos os SMSs e chamadas de voz destinados à vítima que, além de tudo, fica com um chip sem conexão (voz e dados). A técnica gerou um novo tipo de ataque conhecido como ‘clonagem do WhatsApp’. Depois da ativação do chip no celular do criminoso, ele carrega o WhatsApp para restaurar os chats e contatos da vítima no aplicativo. Então, ele manda mensagens para os contatos como se fosse a vítima, simulando uma emergência e, na maioria dos casos, pedindo dinheiro. Alguns dos ataques atingiram empresas depois que cibercriminosos conseguiram sequestrar o celular de um executivo e usaram a clonagem do WhatsApp para solicitar recursos do departamento financeiro da empresa. As fintechs não escaparam da prática. Como a maioria dos aplicativos financeiros ainda depende da autenticação de dois fatores, os cibercriminosos conseguem usar a função de recuperação de senha do aplicativo para receber um código SMS e, assim, ter total controle sobre a conta do usuário e efetuar pagamentos ilegais. “O interesse dos cibercriminosos nas fraudes de SIM swap é tão grande que alguns até vendem este serviço para outros criminosos. Os fraudadores atiram em todas as direções; os ataques podem ser direcionados ou não, mas qualquer pessoa pode ser vítima. Tudo o que o criminoso precisa é do número do celular, que pode ser obtido facilmente pesquisando vazamentos de bancos de dados, comprando bancos de dados de empresas de marketing ou usando aplicativos que oferecem serviços de bloqueio de spam e identificação do chamador. Na maioria dos casos, é possível descobrir o número do seu celular com uma simples busca no Google”, explica Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky Lab e corresponsável pela pesquisa. Em Moçambique, um ataque desse tipo causou um prejuízo de US$ 50.000 a um empresário. O valor foi roubado de suas contas bancárias. Por aqui, foram identificadas diversas fraudes de R$ 10 mil. É difícil estimar o impacto mundial desse crime, já que a maioria dos bancos não divulga essas estatísticas. O maior banco de Moçambique registrou uma média mensal de 17,2 casos de fraude por clonagem de chips. Tal situação levou bancos e operadoras no país a adotar uma solução simples, porém eficaz no combate à fraude. Eles desenvolveram um sistema integrado de consulta em tempo real que possibilitou zerar os casos. “Embora não haja uma solução milagrosa, a extinção da autenticação de dois fatores via SMS é o melhor caminho a seguir. Isso é particularmente verdadeiro quando falamos de Internet Banking. Quando os serviços financeiros pararem de usar esse tipo de autenticação, os golpistas irão focar em outras coisas, como redes sociais, serviços de e-mail e mensageiros instantâneos para continuar roubando”, conclui Assolini. Fonte
  7. O que posso trazer de viagem ao exterior sem ser taxado? Para evitar a indesejável surpresa de ser tributado na volta de viagem ao exterior, é importante ficar de olho nas regras sobre os bens trazidos. Para tanto, é necessário que alguns conceitos impostos pela Receita Federal do Brasil (RFB) fiquem claros. A esse respeito, vale consultar o site da Receita que disponibiliza dados bastante informativos, inclusive FAQ (perguntas e respostas frequentes) sobre fatos corriqueiros relativos ao tema. Recomendamos consultar este link antes da sua viagem. O que são considerados bens do viajante? São todos os objetos trazidos por ele em razão da sua viagem, estejam eles na bagagem de mão, na bagagem despachada ou aqueles que tenham sido enviados ao Brasil separadamente, por qualquer meio de transporte (bens não incluídos no conceito de bagagem). Portanto, existem três situações: (i) bagagem acompanhada, (ii) bagagem desacompanhada e (iii) bens fora dessa definição. Com isso, o conceito sobre os bens do viajante é abrangente, reservando-se o tratamento diferenciado para a tributação aplicável, pois os bens tributáveis devem estar caracterizados como bagagem. Bagagem: são aqueles objetos novos ou usados para uso ou consumo pessoal, incluindo-se outros bens, inclusive para presentear, desde que não ultrapassem os limites quantitativos e que não caracterizem destinação comercial e/ou industrial. O que é uso pessoal ou não?: Os bens de uso ou consumo pessoal são aqueles compatíveis com as circunstâncias da viagem, tais como, artigos de higiene, vestuário e objetos de caráter manifestamente pessoal. Os bens de caráter manifestamente pessoal são aqueles que o viajante pode necessitar para uso próprio, considerando as circunstâncias da viagem e a sua condição física, bem como os bens portáteis destinados às atividades profissionais a serem executadas durante a viagem. Por exemplo, uma máquina fotográfica usada, um relógio de pulso usado, um telefone celular usado. Referidos bens não precisam ser declarados. A despeito da importância dos computadores portáteis e do quão popular é seu uso, laptops e notebooks surpreendentemente não são considerados bens de caráter manifestamente pessoal, mesmo que destinados ao uso do próprio viajante. Nesse grupo incluem-se as máquinas e aparelhos que demandam alguma instalação para seu uso, como desktops, projetores de vídeo, máquinas filmadoras e computadores pessoais, inclusive notebooks e tablets. Assim, uso pessoal não evita a tributação de computadores e em tese a Receita não inclui esses bens como isentos de cobrança de imposto ao serem trazidos de fora do país, a menos que o viajante comprove que o dispositivo que está trazendo de viagem é o mesmo que levou consigo na ida, ao deixar o país ou que esteja dentro do limite de isenção. Entretanto, conforme já noticiamos aqui no Canaltech, no ano passado decisões judiciais levantaram precedentes ao determinar o afastamento da tributação de notebooks trazido do exterior na bagagem, sem a nota fiscal, em razão de entendimento de que nos casos concretos, os aparelhos teriam destinação manifestamente de uso pessoal. De qualquer forma, não existe ato normativo que inclua computadores portáteis como itens de uso manifestamente pessoal, valendo a regra já mencionada. O que você pode trazer para o Brasil e não precisa ser declarado? Livros e periódicos; bens de uso ou consumo pessoal necessários durante a viagem; uma máquina fotográfica usada; um relógio usado; um telefone celular usado; compras, dentro dos limites quantitativos, abaixo da cota de isenção de US$ 500,00 (quinhentos dólares) para via aérea ou marítima e compras nas lojas do Free Shop de desembarque. Lembrando que a cota de isenção de US$ 500.00 no Free Shop localizado na chegada ao Brasil não é contabilizada na cota de compra no exterior, tratando-se de cota adicional àquela relacionada à bagagem. Ao passo que as compras realizadas em Free Shop na saída do Brasil integram a cota de isenção de bagagem, portanto, estão sujeitas ao pagamento do imposto de importação. Smartphone novo colocado em uso Se você comprar um smartphone novo no exterior e, em seguida, colocá-lo em uso, em tese, esse bem poderá ser trazido como de caráter manifestamente pessoal, sem pagamento de imposto. Esse é o entendimento da Receita, sendo que, para tanto, é importante que o viajante possua um único telefone celular. Significa dizer que se você saiu do Brasil com seu smartphone e adquiriu outro no exterior, mesmo que tenha utilizado o novo, o aparelho adquirido não será considerado compatível com as circunstâncias da viagem, a menos que se comprove defeito do telefone celular originalmente levado. Concluindo, na prática cada caso concreto será analisado para fins de classificação dos bens que são tidos como bem de uso pessoal ou não, considerando-se as circunstâncias pessoais do viajante, assim como a finalidade da viagem. As regras podem e devem ser interpretadas, tendo como guia a situação prática posta em jogo e os desdobramentos do encaixe em uma ou outra limitação legal. Fonte
  8. Boa tarde, @K0rTy !!! Realmente ainda me sinto no jardim de infância, mas estou estudando, por enquanto vou ficar com a dica que eu já conhecia do @e1D!!! Muito obrigado, Uma OBS: Tenho uma placa-mãe da Intel DX58SO (está fora da garantia desde 2013) que parece ter queimado a controladora PCI-Express, há como consertar? Vale a pena pagar uma Autorizada da Intel para recuperá-la? Abs.
  9. Como funciona a assistência técnica de notebooks da Asus Veja qual é o processo para mandar um notebook para a assistência técnica de Asus Ao comprar um notebook, você sempre deve tomar alguns cuidados para escolher a melhor opção que se adeque as suas necessidades. E, é claro, você nunca espera ter problemas com ele, mas se isto ocorrer, a melhor opção é procurar a sua assistência técnica autorizada no Brasil. Como cada marca adota um método diferente para fazer a manutenção de seus aparelhos, o Olhar Digital entrou em contato com as principais marcas de notebooks no Brasil, como a Asus. A seguir, veja como é o processo das assistências técnicas autorizadas da Asus no Brasil. A Asus possui atendimento online, visita técnica ou é necessário ir até uma loja ou assistência autorizada? É possível fazer o envio do aparelho via correios ou por outro meio? O atendimento online na Asus é feito chatbot dentro de seu site, através de consultas da FAQ ou até mesmo via um formulário de dúvidas técnicas, disponível para preenchimento na mesma aba de suporte. Além deles, também existe um formulário online caso o cliente realmente necessite de reparo técnico. Durante o preenchimento destes processos, o cliente receberá algumas orientações para resolver o seu problema sem a necessidade do envio dele para assistência. Caso não tenha sucesso, ao final do formulário, um protocolo será enviado para o seu e-mail com o código de envio para a postagem ser feita nos Correios para o Centro de Reparos Especializado. Outra possibilidade de atendimento é através do Call Center, onde o cliente pode tirar dúvidas pelo telefone 3003-0398 ou 0800-288-8888 com o horário de atendimento de segunda a sexta-Feira das 08:00 às 20:00h e aos sábados das 08:00 às 14:00h. Como encontrar a assistência técnica autorizada mais próxima? O atendimento para notebooks é efetuado via Correios para nossa Central de Reparos. Para encontra-las, entretanto, o consumidor deve entrar no neste link site e preencher o formulário com a sua solicitação. Como identificar se o aparelho ainda está na garantia? A garantia dos produtos da ASUS tem validade de 12 meses a partir da data da compra do produto. Para se certificar que o aparelho esteja na garantia, é necessário conferir a nota fiscal. A empresa oferece algum método de recuperação de dados do HD? O cliente é aconselhado a fazer o backup das informações antes do envio do equipamento para o Centro Nacional de Serviços A recomendação é que o produto só seja enviado com o backup feito pelo cliente. O consumidor fica com um aparelho de reserva enquanto o reparo é realizado? No momento, a ASUS não tem um programa de empréstimo enquanto é realizado o conserto do aparelho. Qual o prazo máximo para o conserto de um aparelho? A ASUS segue o Código de Defesa do Consumidor (CDC), sendo o prazo máximo para a devolução do produto reparado de 30 dias. Ainda assim, a maior porcentagem dos reparos feitos pela empresa leva 5 dias úteis em média. Em quais casos a garantia do aparelho fica violada e o consumidor precisa pagar pelo serviço? A garantia cobre problemas técnicos de Hardware em condições normais de utilização, não cobrindo problemas causados por danos decorrentes de mau uso ou uso inadequado, incluindo, mas não se limitando a quedas, golpes, fogo, alta umidade ou chuva, produtos de limpeza, exposição ao excesso de calor, interferência magnética, armazenamento, adaptadores desconhecidos ou danificados, utilização de objetos pontiagudos, violação, transporte inadequado, dentre outros. Além disto, danos causados por reparo e/ou modificação por pessoal não autorizado e por acessórios e produtos de terceiros não homologados pela ASUS também violam a garantia do aparelho. Existem modelos de aparelhos ou situações específicas em que o conserto pode não ser realizado? Se sim, por que? A Asus busca sempre atender todas as solicitações dos consumidores da melhor maneira possível e por isso, o produto passa por uma avaliação técnica para classificar cada caso e assim, determinar qual será o procedimento. Fonte
  10. Como funciona a assistência técnica de notebooks da Lenovo Veja qual é o processo para mandar um notebook para a assistência técnica de Lenovo Ao comprar um notebook, você sempre deve tomar alguns cuidados para escolher a melhor opção que se adeque as suas necessidades. E, é claro, você nunca espera ter problemas com ele, mas se isto ocorrer, a melhor opção é procurar a sua assistência técnica autorizada no Brasil. Como cada marca adota um método diferente para fazer a manutenção de seus aparelhos, o Olhar Digital entrou em contato com as principais marcas de notebooks no Brasil, como a Lenovo. A seguir, veja como é o processo das assistências técnicas autorizadas da Lenovo no Brasil. A Lenovo possui atendimento online, visita técnica ou é necessário ir até uma loja ou assistência autorizada? É possível fazer o envio do aparelho via correios ou por outro meio? A Lenovo centraliza o atendimento ao cliente em nosso centro de reparos localizado na fábrica em Indaiatuba, no interior de São Paulo. Já o atendimento online pode ser feito em seu site pela página de contatos ou pelos telefones (11) 3140-0500 ou 0800-885-0500 de segunda à sexta das 8:00 às 20:00 e aos sábados das 8:00 às 14:00. Além disso, clientes corporativos contam com assistência in loco por meio do nosso parceiro certificado. Como encontrar a assistência técnica autorizada mais próxima? O atendimento pode ser iniciado por meio do site da Lenovo em ou por meio da página da empresa no Facebook. Como identificar se o aparelho ainda está na garantia? O cliente pode verificar se o produto está no período da garantia através do nosso site de pesquisa de garantia. Basta inserir o Número de Série no campo específico e clicar em “Verificar Garantia”. A empresa oferece algum método de recuperação de dados do HD? Durante o atendimento, o cliente é sempre orientado a fazer o backup de seu produto, mas em casos de exceção a própria Lenovo, ao enviar o produto para reparos na fábrica, é realizado o backup nas máquinas para assegurar a integridade dos dados do cliente. O consumidor fica com um aparelho de reserva enquanto o reparo é realizado? A Lenovo não oferece essa opção, mas assegura o retorno rápido para garantir que o tempo de inatividade do consumidor seja o mínimo possível. Qual o prazo máximo para o conserto de um aparelho? Para garantir um rápido retorno do aparelho e o menor tempo de inatividade possível, a Lenovo se compromete a realizar os reparos necessários em 7 dias. Em quais casos a garantia do aparelho fica violada e é necessário pagar pelo serviço? A garantia é violada caso o produto apresente falhas ou danos resultantes de mau uso, acidentes, modificações ou manutenção incorreta causados pelo próprio usuário ou por provedores de serviços não autorizados. Existem modelos de aparelhos ou situações específicas em que o conserto pode não ser realizado? Se sim, por que? Em poucos casos a Lenovo não realiza o conserto de um aparelho submetido a avaliação. Entre as causas, podemos citar violação da garantia ou produtos de linhas específicas da fabricante comprados no exterior, cuja garantia não é válida no Brasil. Fonte
  11. Como funciona a assistência técnica de notebooks da Acer Veja qual é o processo para mandar um notebook para a assistência técnica de Acer Ao comprar um notebook, você sempre deve tomar alguns cuidados para escolher a melhor opção que se adeque as suas necessidades. E, é claro, você nunca espera ter problemas com ele, mas se isto ocorrer, a melhor opção é procurar a sua assistência técnica autorizada no Brasil. Como cada marca adota um método diferente para fazer a manutenção de seus aparelhos, o Olhar Digital entrou em contato com as principais marcas de notebooks no Brasil, como a Acer. A seguir, veja como é o processo das assistências técnicas autorizadas da Acer no Brasil. A Acer possui atendimento online, visita técnica ou é necessário ir até uma loja ou assistência autorizada? É possível fazer o envio do aparelho via correios ou por outro meio? O site da Acer possui um chat online, disponível de segunda a sexta, das 8h às 20h, ou o Centro Nacional de Serviços Acer: 0800-762-2237 (das 8h às 22h de Segunda-feira à Sábado e aos Domingos das 10h às 18h - horário de Brasília, com exceção de alguns feriados) para falar com seus técnicos. Além deles, no site ainda existe um campo de suporte em que o consumidor consegue ver as perguntas mais frequentes (A Acer responde) e o Acer Community, um ambiente onde os usuários de produtos Acer compartilham dúvidas, experiências e conhecimentos. Caso seja necessária uma análise técnica no Centro Nacional de Serviços da Acer, para equipamentos dentro de garantia, será aberta uma solicitação de reparos, que pode ser feita através do site ou do 0800 762 2237, sem custo de envio pelos Correios. Como encontrar a assistência técnica autorizada mais próxima? Para encontrar a assistência técnica mais próxima, é necessário entrar em contato com a Acer por seu site ou pelo telefone 0800-762-2237 para receber um código de postagem e encaminhar seu equipamento em garantia para o Centro Nacional de Serviços Acer através de uma agência dos Correios. A Acer atende todos os municípios do Brasil. Como identificar se o aparelho ainda está na garantia? A garantia do produto Acer é de um ano, sendo este um ano composto por 90 dias de garantia legal e mais 275 dias de garantia contratual, a partir da data da compra do produto. Informações sobre a data do aparelho podem ser obtidas a partir de sua nota fiscal. A empresa oferece algum método de recuperação de dados do HD? O cliente é aconselhado a fazer o backup das informações antes do envio do equipamento para o Centro Nacional de Serviços. Por questões de segurança e confidencialidade de informações, a Acer não acessa os dados do HD. O consumidor fica com um aparelho de reserva enquanto o reparo é realizado? A Acer não oferece este tipo de opção, uma vez que o processo de reparo é rápido e o tempo para realizar a logística de envio e os processos fiscais de empréstimos seriam superiores a ele. Qual o prazo máximo para o conserto de um aparelho? A Acer segue o que está previsto no Código do Consumidor, tendo o prazo máximo de 30 dias, mas 90% dos equipamentos são reparados em até uma semana. Em quais casos a garantia do aparelho fica violada e é necessário pagar pelo serviço? A garantia do aparelho é violada em casos de mau uso, dano físico do equipamento, quebra da tela ou derramamento de líquidos. Maiores informações podem ser obtidas no próprio manual de instruções do produto. Existem modelos de aparelhos ou situações específicas em que o conserto pode não ser realizado? Se sim, por que? Em caso de problemas com peças, todo aparelho possui reparo, contanto que o componente esteja disponível. Exceções são defeitos intermitentes, que podem ser de difícil detecção (ou reprodução) em um ambiente controlado, como o laboratório do Centro de Reparos. Nestes casos, o técnico pode recomendar a troca do produto por um novo, para evitar reincidência de vício. Fonte
  12. Como funciona a assistência técnica de notebooks da Positivo e 2 A.M Veja qual é o processo para mandar um notebook para a assistência técnica da Positivo e da 2 A.M Como cada marca adota um método diferente para fazer a manutenção de seus aparelhos, o Olhar Digital entrou em contato com as principais marcas de notebooks no Brasil, como a Positivo e a 2 A.M Gaming. A seguir, veja como é o processo das assistências técnicas autorizadas da da Positivo e da 2 A.M no Brasil. A marca possui atendimento online, visita técnica ou é necessário ir até uma loja ou assistência autorizada? É possível fazer o envio do aparelho via correios ou por outro meio? A Positivo disponibiliza canais de atendimento exclusivos conforme a necessidade de cada cliente, mas não presta serviços de garantia em domicílio. Portanto, o consumidor deve entrar em contato pelos telefones (4002-6440 ou 0800-644-7500), e-mail, ou chat disponíveis neste link. Outra opção para facilitar o atendimento é o WhatsApp (pelo número 41-99267-0109). A Positivo possui assistências técnicas autorizadas em todo o Brasil e disponibiliza centrais de reparo para as regiões em que a assistência técnica for distante, com envio gratuito pelos Correios, por meio de um contato na Central de Relacionamento Positivo. O consumidor recebe email e SMS com as etapas do reparo, além de poder consultar também neste link. Como encontrar a assistência técnica autorizada mais próxima? O consumidor pode ligar para a Central de Relacionamento Positivo pelos números 4002-6440 (capitais e grandes centros) ou 0800 644 7500 (demais localidades), de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 8 às 19 horas, e aos sábados das 8 às 14 horas (horário de Brasília). A Central de Relacionamento Positivo prestará o devido suporte e, se necessário, em caso de problemas no hardware, indicará a assistência técnica ou ponto de serviço com localização mais próxima da residência do cliente. Como identificar se o aparelho ainda está na garantia? O tempo de garantia dos produtos Positivo é contado a partir da data da nota fiscal de compra, são 12 meses, sendo 90 dias de garantia legal mais 275 contratual e quando a compra for on line, considera-se a data de entrega. A empresa oferece algum método de recuperação de dados do HD? A Positivo não oferece este serviço, porém se o produto está funcional, recomenda-se fazer backup antes de encaminhar para assistência técnica. O consumidor fica com um aparelho de reserva enquanto o reparo é realizado? A Positivo repara 92% dos produtos que dão entrada na rede autorizada em até 10 dias, por esta razão não há empréstimo de equipamentos. Qual o prazo máximo para o conserto de um aparelho? O prazo máximo para conserto é de 30 dias, porém a Positivo repara a maioria dos produtos que dão entrada na rede autorizada em até 10 dias, do momento em que é postado ou levado à assistência técnica até sua entrega. O andamento do processo de manutenção pode ser acompanhado por meio do número do e-ticket fornecido pela Positivo nos canais de atendimento. Em quais casos a garantia do aparelho fica violada e é necessário pagar pelo serviço? A garantia não cobre danos causados por mau uso ou uso inadequado, exemplo quedas, golpes, umidade ou calor excessivo, produtos químicos, violação ao equipamento ou alteração das características originais como alteração do sistema operacional de fábrica. Recomenda-se atentar as orientações do manual e certificado de garantia e ainda uso de componentes e acessórios homologados pela Positivo. A bateria tem garantia legal de 90 dias. Existem modelos de aparelhos ou situações específicas em que o conserto pode não ser realizado? Se sim, por que? Salvo se o equipamento estiver fora do tempo da garantia ou evidencias de mau uso, conforme explicado na pergunta anterior, o produto será reparado dentro da garantia oferecida pela Positivo, caso contrário, comercializa-se serviços de reparo pelo fabricante, incluindo transporte para produtos fora de garantia. Fonte
  13. Como funciona a assistência técnica de notebooks da Multilaser Veja qual é o processo para mandar um notebook para a assistência técnica da Multilaser Ao comprar um notebook, você sempre deve tomar alguns cuidados para escolher a melhor opção que se adeque as suas necessidades. E, é claro, você nunca espera ter problemas com ele, mas se isto ocorrer, a melhor opção é procurar a sua assistência técnica autorizada no Brasil. Como cada marca adota um método diferente para fazer a manutenção de seus aparelhos, o Olhar Digital entrou em contato com as principais marcas de notebooks no Brasil, como a Multilaser. A seguir, veja como é o processo das assistências técnicas autorizadas da Multilaser no Brasil. A marca possui atendimento online, visita técnica ou é necessário ir até uma loja ou assistência autorizada? É possível fazer o envio do aparelho via correios ou por outro meio? O processo de Garantia da Multilaser costuma ser via logística reversa dos Correios, em que o produto do consumidor é enviado diretamente para a nossa fábrica, em Extrema/MG. A sua assistência técnica também atende os produtos que estão fora da garantia, que serão avaliados pelos técnicos e tratados na modalidade de orçamento. O atendimento aos clientes também pode ser feito através de seu site, via e-mail ou pelo telefone (11) 3198-0004 com atendimento de segunda à sexta das 8 às 20 horas e aos sábados das 9 às 15 horas. Como encontrar a assistência técnica autorizada mais próxima? Para facilitar todo o processo, a Multilaser possui Postos de Atendimento presenciais, que faz a intermediação entre o consumidor e a Fábrica – Assistência Técnica, gerando o código/autorização de postagem e enviando o produto para a empresa, sem nenhum custo para o consumidor nos produtos dentro da Garantia. Esta lista de postos pode ser encontrada neste link. Como identificar se o aparelho ainda está na garantia? Os notebooks possuem garantia de fábrica de 12 meses a partir da data de compra. O consumidor deverá exigir a sua nota fiscal no momento da compra e guardá-la caso necessite acioná-la. A empresa oferece algum método de recuperação de dados do HD? No momento da solicitação do código/autorização de postagem, informamos ao consumidor para armazenar todos os seus dados pessoais em um lugar seguro, seja cartão de memória, pen drive ou HD externo. Essa orientação se dá pelo fato de o produto precisar ser transportado via Correios até a nossa Fábrica, evitando que os dados pessoais sejam vazados. O consumidor fica com um aparelho de reserva enquanto o reparo é realizado? A Multilaser ainda não avaliou essa possibilidade, tendo em vista que até o momento o índice de retorno de mercadoria avariada é muito baixo. Qual o prazo máximo para o conserto de um aparelho? O prazo máximo para conserto de aparelhos da Multilaser é de 30 dias. Em quais casos a garantia do aparelho fica violada e é necessário pagar pelo serviço? Quando ocorrem danos físicos causados pelo consumidor ou situações que já ultrapassaram o prazo de 12 meses, bem como, quando o produto é aberto por terceiros. Importante destacar que a troca do sistema operacional, por si só, não causa perda da garantia do produto. Existem modelos de aparelhos ou situações específicas em que o conserto pode não ser realizado? Se sim, por que? A Multilaser preza pela excelência na qualidade da prestação de serviço, portanto, quando o técnico avalia o produto e verifica que o conserto não vai garantir o perfeito funcionamento do produto, a troca dele é realizada. Fonte
  14. Como funciona a assistência técnica de notebooks da Samsung Veja qual é o processo para mandar um notebook para a assistência técnica de Samsung Ao comprar um notebook, você sempre deve tomar alguns cuidados para escolher a melhor opção que se adeque as suas necessidades. E, é claro, você nunca espera ter problemas com ele, mas se isto ocorrer, a melhor opção é procurar a sua assistência técnica autorizada no Brasil. Como cada marca adota um método diferente para fazer a manutenção de seus aparelhos, o Olhar Digital entrou em contato com as principais marcas de notebooks no Brasil, como a Samsung. A seguir, veja como é o processo das assistências técnicas autorizadas da Samsung no Brasil. A Samsung possui atendimento online, visita técnica ou é necessário ir até uma loja ou assistência autorizada? É possível fazer o envio do aparelho via correios ou por outro meio? A Samsung disponibiliza contato através de redes sociais, e-mails, sites, telefones e rede de assistências técnicas. Todas as informações referentes a eles podem ser encontradas neste link do site oficial da Samsung. O atendimento é que é 24 horas conta com ligação gratuita para todo o Brasil através dos números 4004-0000 e 0800-124-421. Através deles, algumas soluções podem ser realizadas via acesso remoto. Caso seja identificado a necessidade do envio de um produto para a Samsung, a empresa disponibiliza o serviço extra “Pick up” (Leva e Traz) que permite ao cliente solicitar que o produto seja retirado em sua casa por um motoboy caso ele necessite de assistência. Este serviço está disponível para as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Brasília. É feito a partir de agendamento, com horário marcado, e não há custo para o cliente, desde que o produto esteja no período de garantia. Caso necessite de Assistência Técnica para o seu notebook e não esteja em uma das cidades mencionadas acima, o consumidor pode contar também com o serviço postal através do Correios. Para isso, entretanto, o usuário pode entrar em contato com a Central de Atendimento e solicitar um código para envio do produto via Correios sem custo. Por questões de compatibilidade com o Sistema Operacional, o serviço de conexão remota não está disponível para a linha de Chromebooks. Como encontrar a assistência técnica autorizada mais próxima? A Samsung possui diversos centros de serviços autorizados pelo Brasil. Para saber qual a autorizada mais próxima, basta que o consumidor acesse o site da Samsung, na categoria Centro de Serviço, escolher qual tipo de produto precisa de assistência e, ao digitar o CEP, conseguirá ter acesso às opções mais próximas do seu endereço. Como identificar se o aparelho ainda está na garantia? A garantia do produto da Samsung é de um ano, sendo este um ano composto por 90 dias de garantia legal e mais 275 dias de garantia contratual, a partir da data da compra do produto. Informações sobre a data do aparelho podem ser obtidas a partir de sua nota fiscal. A empresa oferece algum método de recuperação de dados do HD? A Samsung não realiza nenhum backup e nem guarda nenhuma informação pessoal dos usuários por questões de privacidades deles. Caso o consumidor tenha dificuldades no processo de backup, os atendentes podem auxiliá-lo a fazê-lo e restaurá-lo. O consumidor fica com um aparelho de reserva enquanto o reparo é realizado? Esta opção depende de uma avaliação da central de atendimento da Samsung, que analisará caso a caso. Qual o prazo máximo para o conserto de um aparelho? A Samsung segue o que está previsto no Código do Consumidor, tendo o prazo máximo de 30 dias, mas geralmente os equipamentos são realizados em menos tempo. Em quais casos a garantia do aparelho fica violada e é necessário pagar pelo serviço? A garantia fica violada quando ocorre o uso inadequado do aparelho, em desacordo com as recomendações contidas no manual do produto e seu respectivo Termo de Garantia Contratual. Existem modelos de aparelhos ou situações específicas em que o conserto pode não ser realizado? Se sim, por que? Acontece em casos mínimos. Assim que o equipamento chega aos centros autorizados da Samsung, uma equipe de engenheiros de serviço está prontamente preparada para identificar o problema e indicar uma solução. Pode ocorrer a decisão de prover a solução para o consumidor através da substituição do produto, ao invés do reparo. Fonte
  15. Senado decide que assistências devem emprestar celulares durante conserto O Senado aprovou nesta quinta-feira (11) um projeto que garante ao consumidor o direito de receber emprestado outro telefone celular enquanto seu aparelho estiver na assistência técnica para conserto. O empréstimo só vale para produtos que estiverem dentro do prazo de garantia. Para usufruir do direito, basta que o consumidor apresente o aparelho defeituoso na assistência técnica autorizada e solicite um celular provisório, livre de ônus, devolvendo-o nas mesmas condições em que o recebeu. Inicialmente, o projeto da deputada Lauriete (PSC-ES) previa que o aparelho emprestado deveria permitir, no mínimo, receber e fazer chamadas, assim como receber e enviar mensagens. Mas o relator da proposta na Comissão de Meio Ambiente (CMA), o então senador Flexa Ribeiro, apresentou emenda prevendo que o aparelho deva também permitir acesso à internet, por meio do plano que o consumidor disponha. "Já consideramos aqui o celular como instrumento e ferramenta de trabalho. Essa iniciativa é uma importante conquista do consumidor brasileiro", salientou o senador Eduardo Gomes (MDB-TO), que presidiu a sessão. Sen. Eduardo Gomes (MDB-TO) Originalmente, o projeto da deputada Lauriete classificava o aparelho celular como produto essencial e, desse modo, garantia sua imediata substituição por um novo equipamento, caso apresentasse defeito. Flexa salientou, contudo, que ainda não existe uma regulamentação sobre os chamados produtos essenciais. O tema está em estudo pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) com instituições de defesa do consumidor e o setor produtivo. Como houve mudanças no texto, a proposta (PLC 142/2015) volta para análise da Câmara dos Deputados. Fonte
  16. Atualizações de abril causam problemas em PCs com Windows 7 e Windows 8.1 De acordo com relatos recentes, as atualizações de abril de 2019 estão causando problemas em PCs com Windows 7 e Windows 8.1. PCs com Windows Server 2012 e Windows Server 2012 R2 também estão sendo afetados. Em artigos de suporte da Microsoft, Avast e Sophos, foi confirmado que as atualizações estão causando conflitos com soluções antivírus como o Sophos Endpoint Protection e Avast for Business. No caso do artigo da Sophos, a empresa afirmou que as atualizações estão fazendo com que o sistema operacional não seja inicializado corretamente. Já a Avast indicou que as atualizações KB4493472, KB4493448 e KB4493435 estão causando problemas como travamentos. A KB4493435 é uma Atualização Cumulativa para o Internet Explorer. A Microsoft já está ciente dos problemas e interrompeu a distribuição das atualizações para PCs com as soluções de segurança da Sophos. Para os usuários que tiveram seus PCs afetados, a Sophos recomenda os seguintes passos: – Inicie o computador em Modo de Segurança. – Desative o serviço antivírus da empresa. – Inicie o computador normalmente. – Desinstale as atualizações mencionadas acima. – Habilite o serviço antivírus da Sophos novamente. A Avast também recomenda a inicialização em Modo de Segurança e a desinstalação das atualizações KB4493472, KB4493448 e KB4493435. Para usuários do Windows 10 com as soluções da Sophos, é possível que também seja necessário remover as atualizações abaixo: – Windows 10 v1709: KB4493441 – Windows 10 v1803: KB4493464 – Windows 10 v1809: KB4493509 – Windows 10 v1903: KB4495666 Fonte
  17. Boa noite, @K0rTy !!! Não, não tenho gravador externo e o @curtolo e o @Daniel até atentaram para esse fato e meu notebook tem sim Boot UEFI (e o SSD em GPT), toda a vida o configurei assim e em também em outros computares que possuí! Eu poderia facilmente comprar um gravador externo, o problema está na minha falta de experiência prática com eletrônica porque tenho receio de perder meu Notebook (caso cometa alguma burrada) que me custou o equivalente em Reais a 12K. Muito obrigado! Abs!
  18. Boa noite, @e1D !!! Boa ideia! Eu lembro que do Win7 pra cá, eu fazia o backup da ativação e quando ia fazer uma Instalação Limpa, era só substituir o arquivo! Valeu a lembrança! 👍 Abs!
  19. Valeu, @K0rTy !!! Então não devo me importar? Quando você diz "tente outro", o que você me sugere? Queria muito resolver esse problema para me livrar de outro problema que lhe perguntei aqui! Você pode me ajudar nesse outro problema? Pois já encheu minha paciência quando a cada Instalação Limpa que faço, aparecer sempre Windows 10 HOME e eu ter que modificar entrando com a Licença do Windows 10 PRO, entendeu? Muito obrigado! Abs!
  20. @K0rTy , eu tenho um detalhe muito importante a mencionar, tenho pelo menos umas 6 Licenças do Windows 10 PRO compradas diretamente do Site da Microsoft (sim, lá são caras demais, só DEUS sabe o quanto eu trabalhei para poder pagar) e essas Licenças estão atreladas a uma Conta minha do Outlook da Microsoft, como esse meu Notebook foi comprado nos EUA, ele veio com o Windows 8.1 HOME. Agora vem um problema que não acaba nunca, mesmo zerando HDs (esse Notebook veio com um HD híbrido de 1 TB) e SSDs (atualmente uso um Samsung SSD 850 EVO 500GB) com o ZeroFill, mesmo que eu zere o HD original ou zere esse SSD atual, quando vou instalar o Windows 10 PRO, no final vejo que foi instalado o Windows 10 HOME e aí quando troco a Licença por umas das 6 que comprei da Microsoft, aí sim, fica como Windows 10 PRO, sempre é essa mesma novela quando faço Instalação do Zero! Então, estudando seus tópicos, chego à conclusão que o problema deve estar na região ME, estou certo? Se sim, como contornar esse problema? Muito obrigado! Abs!
  21. Muito obrigado, @curtolo !!! Eu estou mais perdido que nos tempos em que paguei a Disciplina Matemática Abstrata! Abs!
  22. @K0rTy , apareceu a imagem abaixo: Nota-se que eu preciso do Intel Engine firmware... Mas qual baixar daqueles dois links de sua primeira postagem? Muito obrigado, Abs!
  23. Boa tarde, @K0rTy ! Ele depois de descompactada a pasta, o arquivo MEA.exe deve ser executado no ambiente gráfico no windows ou no prompt de comando? Quando abro como Administrador direto da pasta descompactada, aparece a janela abaixo: Se dou Enter para que sejam listadas as opções, aparece a janela abaixo e aí não sei qual função escolher porque nas instruções do Site do MEAnalyzer não diz nada sobre essas funções, veja: Já usei muito software bem louco/complicado na minha vida em linha de comando, mas esse MEAnalyzer está me fritando os miolos! Para que abra aquela janela de informações de sua primeira postagem, eu só vou precisar do MEAnalyzer ou tem mais outros softwares? Muito obrigado! Abs!

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...