Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

cgsp1989

Membros
  • Posts

    24
  • Posts por dia

    0,12
  • Registrado em

  • Última visita

  • Créditos

    131
  • País

    Brasil

Sobre cgsp1989

  • Rank
    Membro Aspirante I

Últimos Visitantes

415 visualizações
  1. A Motorola recentemente anunciou no Brasil a sexta geração do seu smartphone mais popular, o Moto G. Em 2018, o aparelho vem em três versões: o básico Moto G6 Play, o completo Moto G6 Plus e o intermediário Moto G6. Pensando nisso, preparamos dois guias para você que está na dúvida entre comprar ou não o Moto G6. Primeiro, você conferiu uma lista com quatro motivos para comprar o aparelho. E agora apresentamos a você uma lista com quatro motivos para não comprar o celular. Tenha em mente que este artigo é um guia e não um review completo do Moto G6, e por isso fatores como preço e desempenho não entram na análise. Coloque os prós e contras na balança e diga nos comentários se você concorda, discorda ou tem algo a acrescentar. 1. Processador de entrada O Moto G6 é posicionado como um celular intermediário, mas seu processador é um modelo de entrada, o Snapdragon 450. A linha 400 é a que oferece chips de desempenho mais básico entre todos os processadores da Qualcomm. Embora os chips da linha 400 tenham evoluído com o passar dos anos, eles ainda são os que ficam defasados mais rapidamente. O que significa que, com o passar do tempo, o G6 certamente vai ter dificuldade para seguir o ritmo de alguns apps mais pesados, e pode vai apresentar travamentos. 2. Traseira de vidro O design chamativo do Moto G6 inclui uma traseira toda de vidro com um efeito de curva no reflexo. É um visual digno de celular top de linha, mas tem um lago negativo: o vidro atrai muitas manchas e, principalmente, marcas de dedo. Além disso, o vidro torna a traseira bem mais frágil. Se o celular cair no chão, não é só com a tela que você vai ter que se preocupar. Uma simples capinha resolve os dois problemas, mas também esconde o design chamativo do aparelho. 3. Câmera saltada Uma tendência que a Motorola vem seguindo há alguns anos é a da câmera saltada. Quase todos os smartphones da marca vêm com uma protuberância na área do sensor traseiro, e com o Moto G6 não é diferente. Isso deixa o vidro da câmera mais suscetível a danos, já que ele fica mais exposto do que o resto do aparelho. Na linha Moto Z, há quem diga que essa protuberância dá alguma sustentação aos acessórios modulares da Motorola. Mas como o Moto G6 não tem suporte a Moto Snaps, essa câmera saltada não se justifica aqui. 4. Som mono A reprodução de som no Moto G6 não é das melhores. O smartphone vem com apenas uma saída de áudio e ela fica justamente na área do fone, onde o usuário encosta o ouvido para escutar ligações e mensagens de áudio, por exemplo. A saída é estreita e, por ser mono, também é limitada na hora de dividir os canais de áudio devidamente. Isso atrapalha na sensação de "imersão" que a tela de 18:9 propõe. Fonte: [Conteúdo Oculto]
  2. A Nvidia quer usar a inteligência artificial para ajudar a preencher lacunas em fotografias. Um novo sistema divulgado pela empresa permite restaurar partes que foram removidas de uma imagem com ajuda do aprendizado de máquina. Softwares de edição de imagem aos poucos começam a ganhar recursos de inteligência artificial. A Adobe anunciou recentemente um recurso que preenche pixels vazios em uma fotografia com ajuda de AI. Mas o que a Nvidia diz ter conseguido fazer é mais avançado do que o que outras empresas já anunciaram. O sistema da Nvidia consegue determinar o que deveria ocupar um espaço em branco de uma foto. Em uma imagem de um rosto sem olhos, por exemplo, a inteligência artificial percebe o que exatamente está ausente na foto e preenche o vazio com olhos, de acordo com o Engadget. A Nvidia diz ter treinado o sistema ao gerar dezenas de milhares de buracos diferentes em imagens e ao ensinar a inteligência artificial a reconstruir fotos. Até por isso, o sistema consegue perceber não apenas retângulos vazios em uma imagem, como outras inteligências artificiais parecidas, mas diferentes formas ou tamanhos. Nem sempre o resultado é perfeito, mas o vídeo abaixo mostra como ele consegue ser impressionante na maioria das vezes. ASSISTA O VÍDEO Fonte: [Conteúdo Oculto]
  3. Cliente não pode aguardar e levou notebook sem reparo. Agradeço a todos pela ajuda.
  4. Seguindo análise 3v pin 85 u17 presente 0v pin 5 pu1 3v pin 64 kbc O pino 95 vai a 0V quando pressiona o botão power
  5. Boa tarde Estou com este notebook na bancada. Cliente disse que estava com mal contato no conector e nao carregava. Ele ligou somente uma vez quando ficou bastante tempo no carregador. Nao acende nenhum Led Apresenta 3 e 5v. Apresenta 3v no botao e zera ao pressionar Ja feito troca e regravacao de bios, com arquivos diferentes. Atualmente esta com o arquivo original. Ja testei com bateria de bios nova Apresenta voltagem no pinos da bateria Ja resoldei super i/o Ja troquei processador Alguma ideia?
  6. cgsp1989

     pedidos Solicite aqui o BIOS de seu notebook.

    Baixando e testando. Obgd desde já
  7. cgsp1989

     pedidos Solicite aqui o BIOS de seu notebook.

    Bom dia. Preciso da bios do notebook Acer SP315-51-757C / MB ST5DB Rev 2
  8. A Samsung anunciou nesta terça-feira (20) o início da produção de um SSD SAS de 30,72 TB, maior no quesito capacidade de armazenamento criado até o momento. O dispositivo é oficialmente chamado de PM1643, utiliza a tecnologia V-NAND de 64 camadas com chips 3-bit de 512 gigabits e seu foco é o uso em servidores. Tanto espaço assim foi possível ao combinar 32 pacotes NAND de 1 TB, cada um deles comprimido em 16 camadas empilhadas com chips V-NAND de 512 Gb. Como resultado, o novo SSD permite que sejam armazenados nada menos do que 5,7 mil filmes em Full HD em apenas um equipamento de 2,5 polegadas, com cada arquivo tendo em média 5 GB. "Novo SSD é o maior do gênero no quesito capacidade e será lançado ainda em 2018, promete a Samsung" E Samsung garante que não só o espaço para armazenamento é destaque em seu novo produto, mas também o desempenho. A sul-coreana informa que o PM1643 realiza leitura e escrita aleatórias a uma velocidade de 400.000 IOPS e 50.000 IOPS, respectivamente. Já leitura e escrita sequencial acontece a até 2.100 MB/s e 1.700 MB/s, respectivamente. Se comparado com um SSD SATA convencional, o desempenho é até quatro vezes superior. Outra novidade proporcionada pelo novo SSD da Samsung é o suporte à tecnologia Through Silicon Via (TSV), capaz de interconectar até 10 pacotes de memória DRAM de 4 GB TSV — ao todo, o conjunto soma até 40 GB de memória DRAM. É a primeira vez que esse tipo de recurso é utilizado em um SSD, informa a Samsung. Por fim, o último destaque do PM1643 é a combinação de softwares para proteger e recuperar dados em caso de falhas súbitas de energia, bem como a garantia de um tempo médio entre falhas de 2 milhões de horas. O novo produto começou a ser fabricado em janeiro e ainda não há previsão exata de lançamento. A Samsung informa apenas que o SSD chega ainda neste ano e também q eu pretende expandir a linha com modelos de 15,36 TB, 7,68 TB, 3,84 TB, 1,92 TB, 960 GB e 800 GB. Fonte: [Conteúdo Oculto]
  9. Os Correios estão se “transformando” para focar na cada vez mais frequente entrega de encomendas (enquanto a entrega de cartas perde mais e mais força). E parece que um dos esforços da estatal pode, em breve, nos trazer uma conveniência muito maior na hora de usar o rastreio de seus itens: o sistema deve passar a ser atualizado em tempo real. De acordo com o Correio Braziliense, os Correios pretendem investir R$ 20 milhões para distribuir smartphones para 58.679 de seus profissionais nas ruas. Com isso, poderemos usar a localização GPS dos aparelhos para ter informações em tempo real de onde está a encomenda; além disso, os funcionários não terão mais que voltar para a central para conseguir atualizar o status da entrega. Novas opções de entrega chegando Vale notar que essas não são as únicas mudanças bem-vindas para nossa experiência com o órgão. Os Correios também estão se preparando para trazer novas modalidades de entrega, que prometem nos dar opções muito mais atraentes para nossas compras. Começamos por um serviço que vai ajudar a vida de quem nunca está em casa para receber o item de uma compra online. No lugar disso, você pode usar o “Clique e Retire” para que as lojas façam suas entregas em agências específicas que ficam abertas à noite e aos fins de semana; logo, basta ir até o local para retirar seu produto. Correios já estão oferecendo retirada em agências e devem trazer lockers na segunda metade de 2018 Outra novidade igualmente interessante é que os Correios também devem passar a adotar o sistema de lockers, tão usado lá fora por empresas como a Amazon. Para quem não conhece o método, tratam-se de armários espalhados pelas cidades que só podem ser abertos pelo destinatário de uma compra. Assim, você faz a compra, define um locker para a entrega e retira o item onde achar mais conveniente. Como já deve ser de esperar, essa novidade não deve chegar a todo o país logo de início. Mas os números são bem animadores: atualmente são 450 unidades pelo Brasil com suporte ao “Clique e Retire”. O sistema de lockers, por sua vez, deve passar a funcionar só no segundo semestre de 2018, com 100 armários atualmente em fase de licitação para serem colocados na cidade de São Paulo. Fonte: [Conteúdo Oculto]
  10. Em 2014, a Samsung lançou a linha de SSDs 850, que se mostraram extremamente populares com o passar do tempo, o que fez com que a empresa lançasse apenas pequenas novidades com o passar dos anos, basicamente aumentando apenas sua capacidade. Agora, a empresa resolveu lançar a linha 860, que finalmente traz novidades técnicas além do espaço. Antes de tudo, é importante notar, que, apesar de trazer avanços técnicos, eles ainda são modestos, com suas grandes mudanças sendo uma transição para o 3D NAND de 48 camadas para 64 camadas, com um novo controlador e cache LPDDR4 em vez de LPDDR3. A família 860 é dividida em duas linhas. A mais modesta é a Evo, composta por modelos de 250 GB, 500 GB, 1 TB, 2 TB e 4 TB no formato de 2,5 polegadas, além de capacidades de 250 GB, 500 GB, 1 TB e 2 TB para o formato m.2 e de 250 GB, 500 GB e 1 TB para mSATA. Os preços variam bastante dependendo de formato e capacidade, saindo dos US$ 95 chegando até os US$ 1.400. Já o 860 Pro, mais recomendado para fins profissionais e avançados, está disponível nas capacidades de 256 GB, 512 GB, 1 TB, 2 TB e 4 TB, apenas no formato de 2,5 polegadas. Os preços variam entre US$ 140 e US$ 1.900. Uma das diferenças dos SSDs Evo para a versão Pro são as velocidades. Enquanto o Evo alcança velocidades de leitura sequencial de 550 MB/s e gravação de 520 MB/s, o Pro alcança leitura de 560 MB/s e gravação de 530 MB/s. A versão Pro também apresenta melhores velocidades de gravação e leitura aleatórias, além de apresentar maior durabilidade. Os SSDs começam a ser vendidos nos Estados Unidos até o final de janeiro, ainda sem previsão de lançamento e de preço no Brasil. Fonte: [Conteúdo Oculto]
  11. cgsp1989

     pedidos Solicite aqui o BIOS de seu notebook.

    Qual o modelo da sua gravadora, irei trocar a minha.
  12. cgsp1989

     pedidos Solicite aqui o BIOS de seu notebook.

    Tranquilo, obgd pela ajuda.
  13. cgsp1989

     pedidos Solicite aqui o BIOS de seu notebook.

    Alguma ideia o que pode estar errado? Já troquei de chip e gravando arquivo diferente grava normalmente. Bios de 3v correto?
  14. cgsp1989

     pedidos Solicite aqui o BIOS de seu notebook.

    Já baixei este arquivo, porém não está dando certo gravá-lo. Já troquei de chip e testei gravação com outros arquivos p/ testar a gravadora. Apresenta a seguinte mensagem e não grava: Preparing flash write ... Status REG = 0x02 Erasing 0 block(s)...Done 12:07:37
  15. cgsp1989

     pedidos Solicite aqui o BIOS de seu notebook.

    Bom dia. Preciso da Bios do seguinte notebook: Dell I14 5457-A40 MB BAV00 LA-D051P Rev 1.0 (A00)

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×