Jump to content

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 01/25/2021 in all areas

  1. 6 points
    Atendendo a solicitação de inúmeros usuários e com o objetivo de ajudar a manter o fórum em funcionamento, decidimos implementar Assinaturas Vip, assim podemos contar com a ajuda dos membros para pagar nossos servidores e realizar melhorias em nosso fórum. Lembrando que o atual sistema de créditos e joinhas do fórum nada mudou. Quem tem tempo e gosta de participar tem total acesso a todo o conteúdo do fórum gratuitamente. Vantagens de ser um membro VIP incluem: -> Acesso em todos os arquivos postados, Esquemas, Bios, Tutoriais e Etc... (O maior e mais atualizado da Internet.) -> Acesso em todas as áreas fechadas do fórum, Resolvidos, Firmware Raros, Perfis BGA, Distribuidores de eletrônica e informática e etc... -> Exclusivo distintivo que aparecerá abaixo de seu nome nas postagens no Fórum. -> Seu nome aparecerá em vermelho na lista de usuários on-line, identificando-o como um membro VIP. -> Futuras vantagens em breve serão anunciadas... Atualmente disponibilizamos 3 tipos de assinaturas que podem atender ao que você precisa: VIP 60 VIP Pro Super VIP Duração de 2 meses Duração de 6 meses Duração de 12 meses 3 downloads por dia* 5 downloads por dia* 10 downloads por dia* Acesso ilimitado em todas as áreas Acesso ilimitado em todas as áreas Acesso ilimitado em todas as áreas R$ 99,90 ou 2x 49,95 sem juros R$ 199,90 ou 2x 99,95 sem juros R$ 299,90 ou 6x 49,99 sem juros Para pagamento por Paypal US$ (Internacional). Clique aqui! Atenção: - Para facilitar a ativação de sua assinatura, favor utilizar o mesmo e-mail cadastrado no fórum no Pagseguro. Se não for possível me envie uma MP (Mensagem Pessoal) informando qual foi o e-mail utilizado no Pagseguro. - Assinaturas VIP podem demorar até 48h para serem confirmadas. (Aprovação de boletos pode demorar até 3 dias) - Usuários de assinaturas VIP não estão isentos das regras gerais do fórum. -> Clique aqui e leia as regras com atenção. * Atingindo limite de download diário é necessário aguardar 24h.
  2. 6 points
    Em pleno século 21, é quase que impossível um indivíduo ligado em tecnologia nunca ter ouvido falar e jamais ter sequer utilizado o Windows pelo menos uma vez. O sistema operacional da Microsoft, que completa 35 anos nesta sexta (20), está presente em todos os aspectos da nossa vida, seja trabalho, escola, em casa e em estabelecimentos que frequentamos. Apesar de ocupar posição de liderança no mercado nos desktops, a companhia deu início a uma nova era com o lançamento do Windows 10, que mudou a maneira como o software é distribuído, além de colocá-lo em par com as novas tecnologias e tendências do mercado — conectividade, mobilidade, nuvem, integração. Mas, para chegar até aqui, foi um longo caminho, iniciado em 1985, com o Windows 1.0. De lá para cá muita coisa (mesmo) mudou, e preparamos uma coletânea descrevendo essas três décadas e meia de transição. Windows 1.0 O Windows 1.0 foi onde tudo começou, lançado em 1985. Até sua chegada, os sistemas operacionais funcionavam apenas em modo texto e este foi o primeiro a oferecer uma interface gráfica em cima do modo texto (MS-DOS) de maneira que qualquer pessoa pudesse interagir com o sistema sem precisar digitar comandos no terminal. Para os padrões de hoje ele pode parecer feio, simples e antiquado, mas saiba que foi extremamente importante por introduzir ao mundo conceitos que hoje são completamente normais como menus que caem ao serem clicados, a utilização de uma seta para apontar e clicar em elementos, barras de rolagem e as janelas. O nome Windows significa janelas e, curiosamente, foi escolhido de última hora. O nome original era "Interface Manager" ou "Gerenciador de Interfaces", mas escolheu-se (sabiamente) o que já conhecemos porque soava melhor. Quer rir um pouco? Então veja o Steve Ballmer, ex-CEO da empresa, tentando vender o Windows 1.0. Windows 2.0 Se você reparar bem, as janelas da interface do Windows 1.0 não se sobrepunham. O Windows 2.0 chegou em 1987 trazendo essa funcionalidade, o que provocou um processo por parte da Apple alegando que a Microsoft havia copiado o sistema da empresa da Maçã - a Apple perdeu a briga. Capaz de rodar sem um disco rígido, o 2.0 se tornou mais popular do que o antecessor. Windows 3.0 Foi com o Windows 3 que o sistema realmente começou a decolar e ganhar espaço. Lançado em 1990, ele veio com uma interface reformulada, delineando o padrão visual que convivemos por muitos anos até a chegada do Windows 8. Além do visual renovado, ele trouxe diversas melhorias como suporte a drives de CD e placas de som, além de vir pré-instalado em discos rígidos, ocupando "monstruosos" 5 MB. Além disso, o Windows 3.0 introduziu softwares importantes como o Bloco de Notas, um editor de texto e o clássico Paciência. Windows 95 Lançado em 1995, o sistema foi um marco na história da Microsoft, do próprio Windows e, quem sabe, até da humanidade. A interface gráfica, mais refinada do que nunca, praticamente não mudou visualmente até a chegada do Windows XP e em comportamento até o Windows 8 em 2012. Nesta versão, a Microsoft introduziu o Windows Explorer e a barra de tarefas, presentes até os dias de hoje e que não devem desaparecer tão cedo. Importante notar o Internet Explorer na captura de tela. No entanto, ele não vinha instalado por padrão, mas era possível adquiri-lo em um pacote de atualização chamado Plus. Windows 98 O Windows 98 foi lançado em 1998, como o nome sugere, e trouxe vários avanços em relação ao 95, apesar de não ter sofrido mudanças visuais significativas. Importante mencionar o suporte a dispositivos USB e múltiplos monitores e a chegada do Internet Explorar já instalado por padrão - foi aí quando começou a derrocada do Netscape. No ano seguinte, a Microsoft lançou o Windows 98 Second Edition (SE), que corrigiu vários bugs da versão anterior. Windows ME Na virada do milênio a Microsoft introduziu o Windows Millenium Edition (ME). O software foi meio que um fiasco para a empresa e 1 ano depois foi substituído pelo Windows XP. O ME oferecia um boot mais rápido do que os anteriores, mas isso fazia com que programas mais antigos baseados em MS-DOS não funcionassem mais. O Windows ME era voltado para usuários domésticos e o Windows 2000 era a versão para negócios. Windows XP Sim, isso que você acabou de ver era uma propaganda da Microsoft com Steve Ballmer tentando vender o Windows XP. Lançado em outubro de 2001, o sistema fez história e ainda é um dos mais utilizados no mundo, atrás apenas do Windows 7 e Windows 8, e isso somente porque a empresa descontinuou o suporte técnico a essa versão recentemente. Sua característica mais marcante, à primeira vista, foi o visual caprichado, com cores vivas, a montanha verde com céu azulado, a barra de tarefas azul e os demais elementos que marcaram uma nova era no design do sistema. Além disso, unido aos avanços de hardware e softwares de terceiros, tornou-se uma versão extremamente confiável para as mais variadas atividades e, hoje, 14 anos após seu lançamento, ainda temos milhões de estabelecimentos rodando o XP em seus computadores. Windows Vista Lançado em 2007, o Windows Vista foi um dos maiores fiascos da empresa. Apesar de ter um visual bastante refinado, com transparências e efeitos especiais em 3D, o sistema não decolou por causa de inúmeros atrasos e problemas técnicos. Além disso, ele não oferecia nenhuma vantagem significativa sobre o Windows XP, que ainda era muito bom e confiável. Windows 7 Após o fracasso do Windows Vista, a empresa lançou o Windows 7, que veio para salvar a pátria. Depois do XP, o 7 foi o sistema da "zona de conforto" dos usuários, já que oferecia um visual bem agradável e desempenho e confiabilidade nos mesmos níveis do Windows XP. Com o encerramento do suporte à versão antiga, o Windows 7 passou a ser o sistema operacional mais utilizado do mundo e atualmente conta com pouco mais de 60% de participação no mercado. Windows 8 Tudo ia bem com o Windows 7, mas, em 2012, a Microsoft colocou os pés pelas mãos em uma aposta que não deu muito certo: eliminou o Menu Iniciar e empurrou goela abaixo dos usuários os "Live Tiles", quadrados vivos que continham programas e exibiam informações relevantes em tempo real, em uma interface voltada para dispositivos com tela sensível ao toque. O problema é que quase ninguém possui uma tela do tipo e a maioria já está acostumada a trabalhar bem com os bons e velhos teclado e mouse. Além disso, a falta do Menu Iniciar deixou muita gente perdida, o que contribuiu para a alta taxa de adoção do Windows 7. Resultado: o Windows 8 foi um fiasco. Windows 10 O Windows 10 chegou como a promessa da Microsoft para introduzir aos usuários o sistema operacional do futuro. Com ele, a empresa não apenas resolveu os problemas do Windows 8, mas criou uma nova rotina de atualizações e distribuições. Apresentado para ser o "Windows defintiivo", essa versão ganha novidades semestralmente e vem se tornando cada vez mais robusta. Fonte: https://canaltech.com.br/windows/do-windows-10-ao-windows-10-veja-como-o-sistema-mudou-nestes-30-anos-45911/
  3. 5 points
    Para desabilitar o chip gráfico AMD precisa remover as bobinas PL1003 e PL1002; Esse procedimento serve para saber se o defeito é no chip gráfico ou pode ser usado até mesmo como uma solução dependendo do caso;
  4. 5 points
    Show Dsystem, já confirmei a minha, obrigado
  5. 4 points
    Este localizador, rastreador de defeitos Rastre Curve 2plus será sorteado entre os usuários do EletrônicaBR. Usuários que fazem uploads de esquemas, bios, manuais e ajudam na analises no dia a dia, ganham muitos joinhas(créditos) e agora também podem ganhar este presentão. Como vai funcionar.... -> Para participar utilize seus Créditos EBR (--$ 100,00). Basta assinar neste link 👇 Assinantes VIP também podem participar 👆 (Não e necessário ter Créditos EBR) Para quem ainda não conhece esta ferramenta. Aqui esta algumas informações: O Rastre Curve 2Plus é um dispositivo rastreador de defeitos, comumente conhecido como Analisador de assinatura de curvas, ou Curve Tracer que contem recursos de Análise de curvas características. A análise da curva é uma poderosa técnica de teste para encontrar falhas em PCBs: uma voltagem AC em uma determinada freqüência é injetada em um pino num determinado ponto em uma placa de circuito e o analisador injeta a tensão e a corrente o que resulta em uma forma de curva em uma tela XY. Esta exibição é uma "assinatura" da operação do circuito, que pode ser comparada com um padrão ou uma placa conhecida de "boa". Se os padrões não coincidirem, a placa de teste estará com defeito. Por exemplo, ao testar um ponto, um capacitor mostrará uma elipse, um resistor mostrará uma linha reta em um ângulo, um diodo mostra a curva exponencial característica, etc. A análise de assinatura é popular em situações de teste em bancadas, porque não requer conhecimento de operação do circuito e assim pode ser usado para agilizar a analise e manutenção de um equipamento. O Rastre Curve 2Plus representa uma vantagem significativa em relação aos instrumentos de análise de assinatura existentes: custa mais barato em relação aos instrumentos de análise de assinatura existentes e a faixa de freqüência do sinal de teste é injetada por um tempo muito pequeno (1,5ms) próprio para não danificar circuitos sensíveis... Neste software que acompanha o aparelho aquisitor, existem 4 perfis de teste: Potencia Baixa: Indicada para placas onde a tensão/ freqüência são baixas. Também indicada para placas onde contem alto nível de capacitância, pois a freqüência inserida e’ de 4 HZ. Potencia Normal: Indicada para maioria dos testes, esta opção já por padrão será optada para inicio de futuros testes, você poderá alterar a seu gosto. Potencia Automática: Indicada quando se desconhece a placa a ser medida, a corrente nesta opção será limitada pelo circuito medido. Potencia Máxima: Indicada para circuitos de potencia, transistores, amplificadores, etc. Nesta opção a freqüência será mais alta. Com estas opções você poderá mudar como quiser durante o teste e durante a memorização, de modo que os resultados podem ser traduzidos em valores mais precisos. A "assinatura da curva" e outras formas de onda podem ser salvas, recuperadas e comparadas para tornar esta uma valiosa ferramenta de depuração. Permitindo uma maior variedade de medidas úteis. Todas as funções do instrumento podem ser controladas através de uma conexão USB2.0 de um computador. Através de nosso software que poderá ser instalado em sistemas operacionais Windows XP SP3 ate o Windows10, 32bits ou 64bits. Características: Canais: 3, sendo 2 pra comparação e memorização e testes, e 1 pra disparo de transistores, triacs, scr, fotoacopladores, etc. Memorização pela foto, modo captura ponto a ponto, e a três pontos. Alimentação Somente pela USB Perfis de teste: 4 (Potencia baixa, normal, máxima e automática) Tensão máxima de Teste ate 2,4vp (4,8vpp) Corrente Máxima 10mA Tempo de Aplicação da tensão de teste: 1,5ms O Sorteio será pelo número da assinatura dia 30/01/2021 Durante este ano vamos sortear outras ferramentas essenciais para amantes da eletrônica. Clique no botão "Seguir" acima acompanhe a novidades... Agradecimentos ao fabricante que disponibilizou este produto para o sorteio no fórum. https://rastrecurve.com/forum/portal.php
  6. 4 points

    Version 1.0.0

    6,177 downloads

    Curso completo Eletronica - Centro Paula Souza 3042.pdf
  7. 4 points

    Version 1.0.0

    817 downloads

    Positivo Stilo Xc3620 POSITIVO STILO XCI3650 PLACA-MÃE POS MASTER N40I Gostou deixa um
  8. 4 points

    87 downloads

    330S-15IKB Laptop (ideapad) 330S-14IKB, 330S-15IKB BIOS 7SCN20WW 330S_KBL_MB_V06 REV.MP P/N 431204223050 330S-KBL Schematic Diagram_LO.pdf 330S-KBL Silkscreen_LO-boardview.pdf
  9. 4 points
  10. 4 points
  11. 4 points
    Olá pessoal, estou precisando do schematics desta placa-mãe e se possível do BOARDVIEW agradeço antecipadamente
  12. 4 points
    Olá turma das impressoras, volta e meia aparecem tópicos aqui de gente com dificuldade para consertar esta fonte, e outras semelhantes (Pro200, M177, CP1215, etc..). Levantei a parte do esquema onde ficam os componentes que costumam queimar, e vou relacionar os valores, equivalencias e dar uma dica de como evitar que queime tudo de novo quando a fonte é ligada em 220. Na primeira imagem temos o esquema parcial. Os valores dos componentes são: R132 e R135: 10K R133 e R134: 120R. Funciona com qualquer valor entre 68 e 120R D132, D136, D137 e D138: Diodo rápido genérico, pode ser substituído por 1N4148 R137: 100R de precisão (usa a marcação EIA-96, é marcado "01A"). Funciona com qualquer valor entre 100r e 1K C134: 1nF C139: 1uF Q131: K10A60, pode pôr IRF840, 2SK3569, etc.. qualquer fet para pelo menos 500V/7A funciona R136: 0r18. Funciona com qualquer valor entre 0r15 e 0r22 IC131: FA5541. Serve FA5571 e NCP1207 com final A ou B Agora.. estão vendo a area tracejada? Esses componentes formam um circuito de proteção crowbar que, em tese, deveria proteger a fonte, mas na prática acaba aumentando o estrago quando ela é ligada em 220. Quando há sobretensão na entrada, o VZ131 conduz, carrega o C140 e através do D138 injeta uma tensão dc no gate do FEt e... BUM! A solução? Arrancar TUDO fora, pois esse circuito é mais inútil que olho azul em gente feia. Basta tirar todos os componentes dentro da area tracejada, jumpear o D137 ou o C139 e adicionar um varistor 10K150 ou 10D241 (ou um de tamanho maior para a mesma tensão se desejarem). Aí, quando ela for ligada em 220, vai queimar apenas o fusível o varistor. Na segunda foto, uma sugestão de como pôr o varistor (ignorem o fio branco, ele só está ali porque o cliente arrancou a trilha do gate do fet nessa fonte que usei como exemplo). Se quiserem uma proteção adicional, basta trocar o VZ101 da entrada por um para rede 110 (o original é para 300vac, a fonte pode pegar fogo que ele não queima..). Com essas modificaçõoes, a fonte não queimará mais o fet nem o integrado quando ligada em 220, e de quebra nos dá um meio de identificar se uma fonte que voltou em garantia foi ligada em 220. Esse circuito de proteção inútil existe em quase todas as fontes de HP laser coloridas, e embora a numeração dos componentes mude, o circuito é exatamente o mesmo. Sabendo identificar quais componentes na placa são, essa modificação vale para todas.
  13. 4 points
    Píxel azul Pode ter sido vencido o último grande desafio para dar eficiência máxima aos monitores e telas que usam OLEDs, ou diodos emissores de luz orgânicos: Uma fonte de luz azul que alcança o mesmo desempenho das cores vermelha e verde. Chin-Yiu Chan e seus colegas da Universidade Kyushu, no Japão, sintetizaram OLEDs que produzem emissão de azul puro com alta eficiência, mantêm o brilho por tempos relativamente longos e não têm nenhum átomo de metal caro - um conjunto de propriedades nunca alcançado até agora. A inovação foi obtida quando Chan dividiu os processos de conversão e emissão de energia entre duas substâncias orgânicas diferentes. Ao contrário das tecnologias de LCD - o que inclui as telas de LEDs inorgânicos tradicionais -, que empregam cristais líquidos para bloquear seletivamente a emissão de uma luz de fundo filtrada cobrindo muitos píxeis, uma tela OLED usa píxeis separados de vermelho, verde e azul. Cada píxel pode ser completamente ligado e desligado individualmente, reduzindo o consumo de energia e produzindo pretos mais profundos, o que ajuda a melhorar a qualidade da imagem. Embora as telas de OLEDs disponíveis no mercado usem emissores azuis estáveis, baseados em um processo conhecido como fluorescência, eles apresentam uma eficiência máxima baixa. Os chamados emissores fosforescentes podem alcançar uma eficiência quântica ideal de 100%, mas geralmente apresentam tempos de vida operacionais mais curtos e requerem metais caros, como irídio ou platina. Hiperfluorescência O que Chan e seus colegas fizeram foi desenvolver duas moléculas orgânicas que emitem luz com base em um processo que a equipe chama de "fluorescência retardada termicamente ativada", que dispensa os átomos metálicos. Adotando uma estrutura que basicamente empilha dois componentes um em cima do outro, um feito de cada uma das moléculas, a emissão de luz praticamente dobra para a mesma corrente elétrica, um patamar de eficiência que a equipe chama de "hiperfluorescência". Além disso, a vida útil quase dobrou, com a equipe estimando que os dispositivos poderiam manter 50% de seu brilho por mais de 10.000 horas. "Embora isso ainda seja muito curto para aplicações práticas, o controle mais rígido das condições de fabricação geralmente leva a vidas úteis ainda mais longas. Portanto, esses resultados iniciais apontam para um futuro muito promissor para esta abordagem para finalmente obter um OLED azul puro eficiente e estável," disse o professor Chihaya Adachi, cuja equipe já havia desenvolvido os primeiros materiais orgânicos que brilham no escuro e um laser orgânico, ou O-Laser. Bibliografia: fonte: inovacaotecnologica.com.br
  14. 3 points
    @SERGIO_372 , parabéns!!! Por favor, me envie uma MP com o endereço para que eu possa lhe enviar. E mais uma vez, nossos agradecimentos ao @almeitec pela contribuição e disponibilização do equipamento para sorteio.
  15. 3 points
    E aqui está, funcionando perfeitamente 😍 Muito Obrigado pela ajuda pessoal o/
  16. 3 points

    Version 1.0.0

    208 downloads

    BIOS DELL- I15 5548 placa mae- Zavc1 La-b016p 16116.rar
  17. 3 points

    42 downloads

    Reset não testado, retirei de outro site gringo, portanto não sei se realmente é funcional, por favor retornem com o feedback.
  18. 3 points
    1. Como conheceu o EletrônicaBR? R: Conheci através do Google. 2. Qual seu nível técnico? R: Sou estudante, conheço pouco de eletrônica. 3. Quais habilidades relacionadas a eletrônica/informática você tem ou pretende adquirir? R: Gostaria de aprender a realizar reparos em equipamentos eletrônicos. 4. Conte um pouco de você. Qualquer coisa. R: Sou de uma cidade no interior do nordeste e gosto de assuntos relacionados à tecnologia.
  19. 3 points
    Conheci a EletrônicaBR pelo google, sou amador e já trabalhei como técnico em informática . Gosto de eletrônica, acho interessante está área e pretendo me aperfeiçoar a cada dia
  20. 3 points
    Boa tarde colegas, alguém teria o arquivo BIN para regravar a eprom do monitor aoc 511vwb ? Desde já agradeço
  21. 3 points

    106 downloads

    Esquema elétrico do notebook, samsung np270e4e ba41-02308A. Esquema raro, caso ajude me ajude com seu joinha!
  22. 3 points
    @daniel10sp fiz uma ilustração pra facilitar o entendimento
  23. 3 points
  24. 3 points
    Preciso da rom para tv box MXQ PRO 4K H3 Allwinner h3q44 V3.0. Alguém poderia me ajudar? Desde já agradeço!
  25. 3 points
    Estranho, tem tempo para tirar suas dúvidas com os colegas, mas para responder uma simples questão do outro colega acima, não. Ou melhor, respondeu de maneira extremamente grosseira. Não admitimos tratamento ríspido e grosseiro na comunidade, respeito é bom. E apenas para reafirmar o q já foi dito, troca de placa é prefixo devolvido sim!!
  26. 3 points
    HP ELITEBOOK 8460P 6050A2398701-MB-A02 só liga pela bateria, as vezes liga pelo carregador - pela bateria funciona normalmente - as vezes ele liga pelo carregador - quando não liga eu não tenho as tensões de +V3A e +V5CP, mas tenho a tensão de 19v(+VADPBL) - q29 tá saturando, tá recebendo 24v no gate, assim liberando +VBATR pro restante dos ckts - vou verificar ckt charge u7 "BQ24726": - 01 ACN - 19v - 02 ACP - 19v - 03 CMSRC - 19v - 04 ACDRV - 24v - 05 ACOK - 3.3v - 06 ACDET - 2.6V - 07 IOUT - 0v - 20 VCC - 18v - parece tudo ok com o ckt de charge - o sinal de adaptador presente (CHRG_ADP_DET) 3.3v, tá chegando corretamente na SIO U13 (KBC1126) - tenho +V3AL chegando na SIO U13 (KBC1126) - faltou verificar esse outro sinal de adaptador presente ADP_PRES e o problema tá nele, tá dando 0.980v, o correto e ter 3.3v. - esse sinal ADP_PRES vem do U6(LMV393IDGKR), verificar as tensões nele: - U6 (LMV393IDGKR) - 01 - 0.9v - tá errado deveria ter 3.3v - 02 - 2v - 03 - 3v - 05 - 2v - 06 - 0v - 07 - 3.1v - 08 - 5v - injetei 3v no pino 1 U6 e o note ligou - medi a R98 e tá OK - os +V3AL tá chegando em R98 - constatado que o problema tá no U6, não encontrei pra vender - então coloquei um resistor de 750r do +V3AL pro pino 1 U6, pra levantar a linha - agora o ckt tá funcionando corretamente, com o carregador e a bateria plugados eu tenho 3.3v no pino 1 U6, quando tiro o carregador o pino 1 vai para 0v - o U6(LMV393IDGKR) é um comparador, vou ter nível alto no pino 1, quando a tensão no pino 3 (positivo) for maior que o 2 (negativo). - quando a tensão no pino 3 (positivo) for igual ou menor que 2 (negativo), eu terei nível baixo no pino 1 - agora o Note tá carregando a bateria e funcionando perfeitamente gostaria que o moderador deixasse esse tópico com dica de análise, o galera que tá chegando tem muita dúvida com esses defeitos de funcionar só com a bateria
  27. 3 points
    Pode ser que a sequencia de start mostre somente a sequencia em modo bateria, geralmente nesse modo, sempre só sobem as tensões de LDO. Vir que os 5V está presente em modo AC e não DC no estado S5. Já os 3.3v só no estado S3 quando a placa ligar. Veja que o S/IO, ACIN e PGOOD são alimentados pela tensão de LDO. Meu relato é com base na sequencia de start da placa como mostra as imagens abaixo! Os 5V sobem antes do power por quer o sinal que a habilita o canal de 5V EC_ON é enviado primeiro. A tensão do botão ON/OFFBTN# sobem ao mesmo tempo que a tensão LDO +3VLP. Ao pressionar o botão power, o sinal 3V_EN vai ser enviado pelo EC para habitar o canal 3.3V e seguir com a sequencia de start da placa. Veja na imagem abaixo Voltage Rails que no estado de S5 os +3VALW só vai aparecer no estado S3 quando a placa ligar! Posso está errado também!
  28. 3 points
    Primeiro trabalhar com equipamentos eletrônicos temos q nos dispor, doarmos com empenho, em busca do êxito. Dificuldades nem sempre teremos. Quanto a corrente, não confunda TENSÃO (voltagem) x AMPERAGEM (corrente). Os leds trabalham com corrente de consumo baixa, quando algum entra em curto, ou trabalha de forma alterada, essa corrente circulante passa a ser alterada no led defeituoso, e assim o ci led driver entra em proteção pois através do monitoramento no fet de retorno,detecta quaisquer alteração e aciona a proteção. Quanto a tensão de trabalho vc pode descobrir sabendo a quantidade de barras e quantidade de leds em cada barra. Esse modelo usa 6 barras com 10 leds, além disso na fonte deve ter o valor da tensão do barramento. Só olhar com atenção. Segue uma foto com possível indicação do local citado.
  29. 3 points
    Buenas, é normal o transformador consumir um pouco de potência em aberto. Mas, ter 3 amperes circulando por ele não quer dizer necessariamente que ele esteja consumindo 3 amperes. Por ser uma carga indutiva, a corrente tem uma defasagem em relação à tensão. Parte da energia que ele exige durante um semiciclo ele acaba 'devolvendo' quando a polaridade se inverte. Se quiser entender melhor, dê uma pesquisada sobre fator de potência em cargas indutivas. Em corrente alternada, quando o fator de potência não é igual a 1, a potência real é diferente da potência aparente. A potência aparente é uma soma vetorial da potência real (medida em watts) com a potência reativa (medida em VA). Para resumir: O que o seu amperímetro mede é a altura total (pois não considera a tensão instantânea.. a corrente pode ser 3 amperes quando a tensão for zero, o que dá zero watts), mas o que o relógio de luz mede é só a altura do chopp, sem considerar a espuma. Quer ver essa medida de corrente em vazio do transformador diminuir? Coloque um capacitor de ventilador de teto em paralelo com o primário. O amperímetro vai medir uma corrente menor, mas a potência consumida permanecerá a mesma, você está apenas aumentando o fator de potência. Em residências a potência reativa não é cobrada pela distribuidora de energia. Mas em instalações grandes, como fábricas, a distribuidora cobra uma taxa adicional, porque essa potência reativa (que é exigida, mas não consumida) sobrecarrega a rede de distribuição. Por isso é comum se usar bancos de capacitores para corrigir o fator de potência em cargas indutivas de grande porte (como máquinas com motores de indução de alta potência). Em algumas instalações, se usa um sistema de correção de fator de potência 'inteligente', que monitora constantemente a diferença entre a potência aparente e a real, e ativa e desativa bancos de capacitores para manter as duas o mais próximas possível (o que diminui a cobrança por potência reativa).
  30. 3 points
  31. 3 points
    A molibdenita tem estado à frente, mas talvez o grafeno consiga pegar uma carona. [Imagem: Huamin Li Lab/Buffalo University] Transístor de grafeno e molibdenita Um transístor feito de grafeno e molibdenita exige menos da metade da tensão elétrica necessária para fazer funcionar os atuais transistores de silício. Enquanto a maioria dos transistores requerem 60 milivolts, este novo protótipo opera com 29 milivolts. Ele também tem uma densidade de corrente maior do que quaisquer outros transistores semelhantes em desenvolvimento. O transístor é composto de uma única camada de grafeno e uma única camada de dissulfeto de molibdênio, ou MoS2, que faz parte de um grupo de compostos conhecidos como calcogenetos de metais de transição. O grafeno e a molibdenita operam em conjunto, empilhados, e a espessura total do componente é de aproximadamente 1 nanômetro. "Novas tecnologias são necessárias para estender o desempenho dos sistemas eletrônicos em termos de potência, velocidade e densidade. Este transístor de próxima geração pode alternar rapidamente enquanto consome pouca energia," disse Huamin Li, da Universidade de Buffalo (EUA). Uma corrente elétrica excita a superposição de dois magnons com polarização linear (indicada pelas setas vermelha e azul). Posteriormente, a energia é transportada através do isolador antiferromagnético, o que é detectado como uma tensão elétrica. [Imagem: Ill./Andrew Ross] Ferrugem antiferromagnética Os isolantes antiferromagnéticos permitem velocidades de computação 1.000 vezes mais rápidas do que os eletrônicos atuais, com muito menos aquecimento. Os componentes também podem ficar mais próximos uns dos outros e os módulos de lógica podem se tornar menores, algo que não é possível com a atual tecnologia do silício devido ao aquecimento excessivo. O problema é que a transferência de informações nos isolantes antiferromagnéticos só funcionava em temperaturas muito baixas - mas quem vai querer colocar seu celular no freezer para poder usá-lo? Agora, físicos conseguiram eliminar esse problema. Eles usaram o óxido de ferro (α-Fe2O3) principal componente da ferrugem, como isolante antiferromagnético, porque o óxido de ferro está por todo lado e é barato de se fabricar. "Conseguimos transmitir e processar informações em um isolante antiferromagnético padrão em temperatura ambiente - e fizemos isto em distâncias longas o suficiente para permitir que o processamento de informações ocorresse," disse Andrew Ross, da Universidade Johannes Gutenberg em Mainz, na Alemanha. Será que teremos um Vale do InGaAs para substituir o Vale do Silício? Dificilmente. [Imagem: MIT] Vale do InGaAs Pesquisadores do MIT (EUA) e da Universidade Politécnica de Madri (Espanha) descobriram que uma liga semicondutora bem conhecida, chamada InGaAs (arsenieto de índio e gálio) pode competir com os transistores de silício. Embora possam operar em alta velocidade e com baixo consumo de energia, o desempenho dos transistores InGaAs se deteriora muito rapidamente conforme eles são miniaturizados. O saber científico até agora postulava que isso acontece porque, em pequenas escalas o material não consegue lidar bem com a passagem dos elétrons. Mas um estudo mais detalhado mostrou que essa deterioração não é uma propriedade intrínseca do próprio material, e sim devido a "armadilhas" no material representadas por óxidos dispersos na liga - além dessas armadilhas de óxido, existem armadilhas de interface e armadilhas de fronteira atrapalhando o fluxo de elétrons nos componentes eletrônicos. Bastou fazer os transistores de InGaAs operarem numa frequência alta o suficiente para que os efeitos desaparecessem, com os resultados mostrando uma eficiência comparável à dos transistores de silício na mesma escala de tamanho. Difícil é saber se, nessa altura do campeonato, ser tão bom quanto o silício seria suficiente para fazer a indústria mudar de material. Transformação de um material magnético duro em um ímã macio pela passagem de uma corrente [Imagem: Postech/10.1002/adma.202004110] Memórias magnéticas Pesquisadores da Coreia do Sul descobriram uma técnica para otimizar a eficiência energética de uma célula de memória magnética não-volátil chamado SOT-MRAM. SOT-MRAM é uma sigla em inglês para RAM magnética de torque spin-órbita, sendo um dos componentes mais avançados da spintrônica, a tecnologia pós-silício que se baseia não no movimento de enxurradas de elétrons, mas nos momentos magnéticos de elétrons individuais. Elas já são mais rápidas do que as RAM atuais, não perdem os dados na falta de energia, mas ainda exigem uma tensão alta demais para funcionar. Kaixuan Zhang e seus colegas melhoraram a eficiência energética das SOT-MRAM em mais de 100 vezes trocando materiais magnéticos duros por materiais magnéticos macios. Eles descobriram que o telureto de ferro germânio (Fe3GeTe2) - um material ferromagnético com simetria geométrica especial - muda de um ímã duro para um ímã macio quando uma pequena corrente é aplicada. Assim, quando não é necessário escrever informações, o material permanece um ímã duro, o que é bom para o armazenamento seguro, e somente quando a escrita é necessária o material muda para um ímã macio, permitindo maior eficiência energética. Fonte: https://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=transistores-computadores-sem-silicio&id=010110201211#.X9ulHVZKgdU
  32. 3 points
    (Word ->Palavra), (red -> vermelha): KBC (GPIO -> General-Purpose) -> Input / output -> entrada / saída de uso geral) sinaliza que esse bloco ou grupo do KBC tem pinos de comunicações de entrada e saída.
  33. 3 points
    @Maru Ele disse que tem as tensões de 3/5V essas tensões sobem depois dos 19V. @AndreyBieging você tem que apertar o botão power e verificar quais fontes vai despertar quando acionar o botão! Segue a sequencia de start, você tem que ter todas as tensões (sinais) que estão antes do power para que no acionamento do mesmo, as SLP possa processeguir a sequencia de start...
  34. 3 points

    283 downloads

    Arquivo de bios funcionando e testado.
  35. 3 points

    Version 2.0.0

    1,186 downloads

    Resumo Conserto de Placa Mae 10958.pdf
  36. 3 points
    Nome do arquivo: Conhecendo PWM e o Circuito Regulador De Vcore Os Circuitos Reguladores da Tensão Vcore utilizam-se da tecnologia PWM para reduzir e estabilizar a tensão entregue ao processador em níveis adequados. Tentar compreender o funcionamento de tais circuitos sem dominar PWM seria o mesmo que tentar fazer uma pizza de atum sem...ATUM ! Este pequeno e-book aborda os conceitos básicos do PWM mostrando como os níveis de tensão são obtidos, reduzidos e estabilizados nos valores exigidos pelos diversos processadores. Material fartamente ilustrado e de fácil entendimento. Indispensável para Técnicos e Engenheiros.
  37. 3 points

    660 downloads

    Livro: Técnicas de Comunicação Eletrônica; Edição: 5ª Autor: Paul H. Young; Editora: Pearson.
  38. 3 points
    Nome do arquivo: Curso completo em Pdf, é realmente muito bom mesmo arquivo enviado: November 9, 2012, 6:10:43 PM Curso completo em Pdf, é realmente muito bom mesmo, totaliza mais de 700 paginas. Este curso é o requisito para quem deseja ter a habilitação de eletronica, engloba todos os conceitos necessários e está baseado no sistema de ensino do Centro Paula Souza (etecs) TOTAL SAO 6 APOSTILAS APOSTILA 1 APOSTILA 2 APOSTILA 3 APOSTILA 4 APOSTILA 5 Clique aqui para baixar este arquivo EDITADO:Adicionar prefixo
  39. 3 points
    Cagada de projeto.. Finalmente consegui o esquema desse danado e coloquei na área de downloads: https://eletronicabr.com/files/file/34713-power-vision-ng-pciv020041/ R63 é de 1K. A orientaçao da própria sms é substituir por um resistor comum de 1k/2W. Quem precisar de ajuda com um desses, é só abrir um tópico.. agora temos o esquema.
  40. 3 points
    Boa @DSystem, cria ai um link do pagsegurao para liberar colaboração para quem quiser ajudar o fórum, não vejo nada mais justo que uma ajuda de quem poder, afinal o fórum ajuda e muito nos reparos em geral dos notes e outros equipamentos dos técnicos que participam do fórum ativamente.
  41. 2 points
  42. 2 points
    Obrigado a todos, vcs são maravilhosos! PQ38 E PU1 eram os causadores do problema, trocado e resolvido.
  43. 2 points

    20 downloads

    arquivo eprom optimo plus da cinebox
  44. 2 points
    Boa Leonildo! O curto está depois do mosfet para frente seguindo a linha de Vin 19.3 v. Como o colega falou se não tem como abrir jumper e isolar os circuitos a solução é remover estes resistores maiores ou bobinas e injetar tensão pelo PAD delas. Quanto mais afastado do ponto de curto está a alimentação de tensão e corrente, mais dificil perceber quem está aquecendo e com problema de fato. Por isto um capacitor em curto lá final da linha de Vin faz aquecer mosfet e outros componentes da entrada e o problema não está neles.
  45. 2 points
    @evandrocarlosv verifica amigo se o PQ22 é o 6414A. Se sim ele costumar dar muito defeito de fuga ou em curto Source e Dreno.
  46. 2 points
    Zazulak. Essa sua diga foi mamão com açúcar. Vc bateu em Sima , foi a resistência de (100 ohms). Eu quero te agradecer, obrigado mano, eu já estava para desistir da impressora, eu mesmo não entendo, passei para um amigo, que entendi muito de eletrônica de TV, eu passei esse link seu , ele me disse, agora sim , vou olhar isso , e foi em Sima , muito obrigado.
  47. 2 points
    Estão aparecendo em nossa comunidade vários técnicos especialistas em lavar e assar placas e chipsets, usando esta técnica como solução para todos os problemas. Com isso estão tirando a seriedade do fórum. Estas técnicas podem até funcionar por um curto período de tempo, só que o problema sempre volta. Acredito que isto está acontecendo por causa destes vídeos do Youtube ou estes professores que só querem dinheiro ensinado estas porcarias. O pior é que estes churrasqueiros e lavadores acabam inutilizando as placas e inviabilizando qualquer tipo de reparo posterior. Alguns exemplos de usuários que estão fazendo este tipo de serviço porco: https://eletronicabr.com/forums/topic/37852-alguem-tem-algum-tutorial-ou-maneira-de-testar-bga-ponte-norte-e-sul https://eletronicabr.com/forums/topic/38338-placas-que-ligam-e-não-dão-video https://eletronicabr.com/forums/topic/8887-reballing-em-forno-caseiro-placa-de-vídeo-ou-note-mito-ou-verdade https://eletronicabr.com/forums/topic/1538-utilização-de-forno-elétrico https://eletronicabr.com/forums/topic/20736-conserto-de-notebook-rapido-para-novatos https://eletronicabr.com/forums/topic/1538-utilização-de-forno-elétrico https://eletronicabr.com/forums/topic/37564-lavar-ou-não-lavar-uma-placa-mãe-eis-a-questão Se utilizarem a busca do fórum vão encontrar mais um monte. Gostaria lançar a campanha: Fora Churrasqueiros e Lavadores de placas
  48. 2 points

    Version 1.0.0

    42 downloads

    Bom dia pessoal. Até que enfim o reset liberado da Epson L1300 e sem erro de comunicação na hora do reset.
  49. 2 points
    Nome do arquivo: positivo stilo xci3650 mb s14bw01 rev 1.1 arquivo enviado: November 3, 2016, 5:40:40 PM bios funcionando 100% pro windows 10 arquivo enviado pela propria positivo Clique aqui para baixar este arquivo
  50. 2 points

    183 downloads

    Esquema Lenovo IdeaPad 310-15ISK 510-15ISK CG511 NM-A752 r1.0
This leaderboard is set to Sao Paulo/GMT-03:00

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...