Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Dreisson

Membros
  • Posts

    12
  • Posts por dia

    0,04
  • Registrado em

  • Última visita

  • Créditos

    60
  • País

    Brasil

Sobre Dreisson

  • Rank
    Membro Aspirante I

Últimos Visitantes

130 visualizações
  1. Boa tarde pessoal! Estou com uma grande dúvida e preciso muito da ajuda de vocês... Comprei um testador de cabos de rede RJ45 há pouco tempo, e mesmo sabendo que não poderia conectar em cabos com tensão, por um acidente acabei ligando o mesmo em um cabo com tensão e queimou o aparelho... Fiz alguns testes, e identifiquei que o problema estava no Circuito Integrado da placa, onde levei o mesmo para teste em uma loja de venda de componentes eletrônicos de minha cidade e foi confirmado. Porém não foi possível identificar a especificação do Circuito integrado para substituição, pois o mesmo vem sem marcação de fábrica. Após algumas pesquisas, vi assuntos relacionados na internet sobre ser um Circuito integrado "Contador". Alguém saberia me dizer qual o modelo do Circuito Integrado? Ou se alguém ja teve este problema? Abaixo do Circuito Integrado, Há um código "6703D2" Mas não foi suficiente para eu conseguir localizar algo... Gostaria de tentar salvar o aparelho pois ele custa em torno de 50 reais... Estou anexando fotos do equipamento, placa e circuito. Obs: Modelo do testador - Cable Tester MASTER NF-468 (RJ45+RJ11)
  2. Dreisson

     flash Reset Epson L395

    voleipro2012, Bem vindo ao fórum, por favor dê uma pesquisada, pois existem algumas regras para conseguir downloads... vou colar os links aqui para você ler, mas resumindo, você precisa ganhar "joinhas" e ser ativo contribuindo com postagens e interagindo no fórum, porém existem regras a serem seguidas... Como funciona o fórum? https://forum.eletronicabr.com/forums/forum/9-como-funciona-o-fórum/ Sistema de créditos: https://forum.eletronicabr.com/forums/topic/43118-sistema-de-créditos-do-eletrônicabr/ Manual do usuário: https://forum.eletronicabr.com/forums/topic/115040-manual-do-usuário/ Espero que eu tenha contribuído e sanado suas dúvidas, lembre-se: se gostou? dê um joinha!
  3. Costumo utilizar nesses casos o programa chamado Disk Drill, já consegui recuperar 100% com ele. As vezes pode acontecer de corromper alguns arquivos, mas fica ai uma outra sugestão de aplicativo! Após a recuperação é só excluir todas as partições, criar uma partição nova e formatar o HD, e pronto! Está pronto para funcionar novamente, ai é só voltar o Backup dos arquivos para ele.
  4. Correção pode afetar performance de sistemas Em uma notícia alarmante para milhões de pessoas em todo o mundo, uma falha de segurança grave foi encontrada em todos os processadores da intel fabricados nos últimos 10 anos, e a correção do problema afetará diretamente a performance dos computadores. As estimativas são de que a queda pelas correções aplicadas poderá variar de 5% a 30%, dependendo da tarefa e do modelo do processador afetado. De acordo com uma reportagem do site britânico The Register, a falha envolve as áreas protegidas da memória do kernel, que funciona como intermediário na comunicação entre o hardware e o software. Normalmente, para completar uma ação como conectar a uma rede ou adaptar um arquivo, o processador da controle temporário ao kernel, o que, aparentemente, cria uma brecha que nos piores casos podem comprometer dados de login, informações pessoais, arquivos confidênciais, entre outros. Por isso, programadores estão fazendo alterações para contornar o problema. O Windows e o Linux OS já têm atualizações com estas mudanças em desenvolvimento. Apesar de também ter computadores e sistemas com processadores da intel, a Apple ainda não fez nenhuma declaração sobre a falha de segurança. O que fazer? Por enquanto, o melhor a fazer é esperar as próximas atualizações de seus respectivos sistemas operacionais - além de tentar ficar longe de qualquer sites ou programas suspeitos. É importante notar que esta falha só afeta CPUs da marca Intel. Quem tiver um processador AMD na sua máquina não está correndo risco de segurança relacionado ao kernel. Se está em dúvida sobre que tipo de processador está instalado no seu PC, basta acessar o menu de Propriedades do Sistema (ou equivalente), que mostra não só este como outros dados básicos sobre seu computador. Um jeito fácil de achar essa informação, é usar a ferramente de busca e procurar por "sistema" e "sobre". Fonte: [Conteúdo Oculto]
  5. Falha no MacOS permite controle total do sistema e já existe há 15 anos. Uma falha de segurança foi descoberta no macOS, sistema operacional da Apple. O bug torna máquinas completamente vulneráveis à ação de invasores. Siguza, especialista em segurança que se considera um hacker amador, postou a descoberta no Twitter e no GitHub no último dia 31. Ele explica que o problema permite a um usuário comum ter acesso de administrator ao sistema, obtendo acesso irrestrito ao computador. De acordo com os descobridores, a falha tem ao menos 15 anos de idade, sendo encontrada nas sucessivas edições do macOS desde 2002. De forma técnica, o bug pode ser explicado como uma vulnerabilidade que permite a usuários comuns escalarem seus privilégios aos olhos do sistema para obter controle total da máquina. Segundo Siguza, a Apple entrou em contato com ele a respeito da descoberta e já trabalha numa atualização para eliminá-la. Como a falha está embutida no interior do kernel do macOS, o problema ganha contornos graves, já que o kernel consiste na camada mais básica de qualquer sistema operacional. Segundo os especialistas, isso significa que os invasores podem desligar os serviços de proteção contra malware do sistema da Apple, além de terem acesso a funções de escrita e leitura de dados armazenados no computador. Embora grave, o descobridor do problema salienta que para a vulnerabilidade ser aplicada, o invasor precisa ter acesso pessoalmente ao computador, o que dificulta a exploração remota do bug (a não ser que o usuário instale software suspeito infectado com alguma malware que explore essa brecha). Outro detalhe inerente à exploração dessa falha é que, para que o ataque funcione, é preciso que o usuário tenha sua sessão encerrada. Isso torna a exploração da brecha um pouco mais difícil, já que os usuários perceberiam um logoff aleatório e repentino. Em novembro de 2017, foi encontrada uma falha grave no macOS, que poderia expor computadores da Apple a acesso não autorizado de maneira simples. A correção veio no início de dezembro. Sobre a falha mais recente, a empresa ainda não se pronunciou oficialmente e ainda não divulgou a correção. Fonte / Referência: [Conteúdo Oculto]
  6. Dreisson

     flash Reset Epson L395

    Muito obrigado amigo! Desconfiei desde o princípio, mas achei melhor confirmar! Comprei minha epson faz uns 4 meses já e como trabalho com impressões acredito que logo ela peça para efetuar a troca das almofadas. O aplicativo será muito útil para mim! Muito obrigado!
  7. Dreisson

     flash Reset Epson L395

    Meu computador detectou "Trojan:Win32/Tilken.B!cl" Removeu o download... Possui vírus realmente ou como é um aplicativo de Reset o Windows defender desconfia?
  8. 4 Dicas para aumentar a vida útil do seu SSD! Assim como tudo no universo, os SSDs também têm um tempo de vida limitado (você até pode ver esse "prazo de validade"). Em geral, isso não é muito motivo de preocupação, já que o componente deve durar bastante. Mas, se você quiser, há algumas medidas que permitem aumentar a vida útil deles. Nos HDs, o processo de gravar e excluir informações é bastante simples e inócuo. Nos SSDs, porém, ele é um pouco mais agressivo: para apagar um dado no SSD, é necessário aplicar à célula de memória uma voltagem um pouco mais alta. Ao longo do tempo, esses pequenos "choques" vão desgastando a célula e, no longo prazo, destruindo o SSD. Por isso, em geral é bom evitar fazer downloads ou gravações de arquivos desnecessários. Fora isso, no entanto, há alguns recursos mais avançados por meio dos quais você pode fazer com que seu SSD dure ainda mais tempo. Confira: 1. Desative a hibernação Alguns computadores têm um recurso chamado hibernação. Quando o PC ou notebook entra nesse modo, ele copia todos os dados da sessão atual para um espaço na unidade de armazenamento e praticamente se desliga. Então, quando se liga novamente, ele simplesmente lê os dados armazenados e permite que o usuário continue a usá-lo de onde parou. Esse recurso economiza energia, mas, como pode ser percebido pelo processo descrito acima, ele fica escrevendo e apagando dados na unidade de armazenamento. Para um SSD, isso significa que ele vai "gastando" o dispositivo, o que acaba reduzindo a sua vida útil. Há uma maneira simples de desativar a hibernação. Antes de fazer isso, porém, fique esperto: desativar esse recurso pode acabar aumentando sua conta de luz ou fazendo com que o notebook gaste mais bateria, mesmo que você o deixe fechado. Se mesmo assim você quiser testar, veja como fazer: - Na barra de pesquisas da Cortana, procure por "prompt de comando". Clique com o botão direito nele e vá em "executar como administrador"; - Em seguida, digite "powercfg -h off" (sem as aspas) e aperte enter. Isso desligará o recurso de hibernação. Para ativá-lo novamente, vá no mesmo local, escreva "powercfg -h on" (sem aspas) e aperte enter. 2. Não faça desfragmentação Você deve se lembrar do processo de desfragmentação como aquela coisa demorada que fazia um monte de quadradinhos coloridos aparecerem na tela e levava uma noite inteira para se completar. O lado bom era que fazer aquilo, no final, deixava seu computador mais rápido. No entanto, se você usa um SSD, esse processo não faz a menor diferença. O motivo é o seguinte: o que a desfragmentação faz é pegar os dados que estão na parte mais de dentro do disco rígido do HD e jogá-los para a parte de fora. Isso porque o disco do HD, assim como uma roda, gira mais rápido na parte de fora. Assim, os dados que estão ali podem ser acessados mais rapidamente. Mas um SSD não tem partes móveis; a velocidade para acessar dados nele é a mesma, não importa onde a informação esteja gravada. Por isso, quando você faz a desfragmentação em um SSD, está simplesmente tirando os dados de um lugar e movendo-os para outro. Esse processo não altera em nada a velocidade de acesso aos dados, mas gasta ciclos de gravação do SSD: ou seja, ele só desgasta sua unidade de armazenamento. Sendo assim, não faça isso. 3. Desative o Superfetch O Superfetch é um recurso do Windows que faz com que o sistema grave certas informações frequentemente usadas em um espaço reservado do dispositivo de armazenamento. Isso facilita e agiliza o acesso a essas informações, mas, por outro lado, também vai desgastando a vida útil do SSD. Se você quiser desativar o recurso, faça o seguinte: - Abra o prompt de comando e digite "services.msc" (sem as aspas); - Uma nova janela se abrirá; nela, procure pelo "Superfetch" na lista, clique com o botão direito e selecione "Propriedades"; - Nessa janela, vá até o "modo de inicialização" e selecione "Desativado". 4. Não faça testes de benchmark Você pode até ficar tentado a rodar um teste de benchmark para ver quais são as velocidades máxima e média em que seu SSD é capaz de ler e gravar. No entanto, o melhor para o seu SSD é que você evite ao máximo fazer isso. Acontece que esses testes basicamente escrevem, leem, apagam e reescrevem informações muito rapidamente no dispositivo, gastando ciclos de escrita da vida útil dele. Por isso, se não for absolutamente necessário, evite fazer esse tipo de teste. Fonte: [Conteúdo Oculto]
  9. Dreisson

     devolvido Note HP Pavilion G4 Placa DAOR53MB6E0 Não Liga.

    Boa noite, faça um teste simples, já aconteceu parecido comigo com um G42, com a fonte antiga dele não ligava e piscava o LED do Jack, substitui por uma nova e pronto, o notebook ligou! Procurei que nem um louco por defeitos no circuito, e não encontrava nada...
  10. Pretendo aprimorar meus conhecimentos em eletrônica e informática. Estou trabalhando na área de eletrônica e informática há 3 anos, possuo uma loja/oficina de assistência técnica em minha cidade. Sou Microempreendedor individual. Sou apaixonado pela eletrônica e tudo que está envolvido com esta área. Conheci o Fórum EletrônicaBR através de pesquisas no Google, me interessei ao pesquisar mais sobre o fórum. Estou disponível para ajudar sempre, conforme meus conhecimentos. Agradeço a oportunidade de poder participar do Fórum EletrônicaBR! att. Dreisson Salto Massarente DRETEC INFORMÁTICA - Rua pará, 363 - Centro - Catanduva-SP

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×