Jump to content

notícia Virtualização de Hardware: como ativar no seu dispositivo?

Rate this topic


eduardosms

Recommended Posts

03114050446086.thumb.webp.ed16e9eb2de8d026e257e1c9d64a91a7.webp

 

A Virtualização, Máquina Virtual, ou Emulador de Sistema, é um recurso que permite ter um outro sistema operacional rodando dentro do seu original, como se estivesse usando um outro computador, seja ele com Windows ou Linux instalado. Entretanto, há um grande problema com esses softwares: eles não utilizam todo o poder do seu hardware, como um PC normal usa.

Para contornar esse sistema, é possível fazer a Virtualização de Hardware. Nela, você habilita os recursos do seu PC para que eles sejam utilizados também pela máquina virtual. Dessa forma, ele irá tirar proveito, da mesma forma que o sistema nativo faz, mas em um ambiente isolado criado com o recurso.

 

O que é Virtualização de hardware?

Diferente da Virtualização comum, a de hardware – como o próprio nome sugere – é voltada para aqueles que buscam alta performance na hora de criar uma máquina virtual.

Em outras palavras, utilizando o procedimento comum de emulação de sistema geralmente é criada uma versão otimizada, como se a mesma usada componentes de menor poder, como um processador inferior.

 

Já na Virtualização de Hardware, a máquina virtual criada tem acesso direto aos seus componentes nativos, ou seja, utiliza o seu processador, memória RAM, placa de vídeo e outros componentes de forma similar ao PC normal.

Com ela, é possível ter mais performance na hora de criar seus ambientes, principalmente para testes mais específicos e que exigem mais da sua CPU.

Quais as vantagens da Virtualização de Hardware?

As vantagens para aplicar a Virtualização de Hardware são muitas, mas a principal delas é a possibilidade de realizar testes em um ambiente protegido, e que não vai comprometer o seu sistema operacional principal.

Por exemplo, em uma máquina virtual, você pode executar um determinado tipo de software, sem que ele corrompa os dados do seu Windows. Sendo assim, caso ele tenha algum grave problema de execução, basta remover o sistema emulado e criar um novo para continuar os experimentos.

 

Outro fator importante é o econômico. Isso porque, é um tanto comum empresas investirem em máquinas virtuais para armazenarem diversos servidores em um só hardware. Em outras palavras, investe-se em um único e robusto PC, para que dentro dele sejam criados diversos servidores, compartilhando os mesmos componentes.

 

O mesmo vale para o usuário comum, que ao invés de compartilhar o login com outras pessoas da casa, pode criar máquinas virtuais para ela. O recurso é uma alternativa a mais, principalmente para os pais que querem ter um controle maior do que seus filhos fazem no PC.

Sem contar que dessa forma, não há risco de apagar ou mudar uma configuração do sistema que possa vir a comprometer o Windows principal.

Como ativar a Virtualização de Hardware?

A Virtualização de Hardware precisa ser ativada na BIOS da sua placa-mãe, ou seja, na tela que antecede a inicialização do sistema. É importante lembrar que, por conta dos diferentes tipos de placa-mãe e processadores, o caminho pode variar um pouco, principalmente em relação a nomenclatura:

1. Ligue o computador e entre na parte de "Configurações da BIOS". Para isso, segure a tecla F2 (F1 em alguns modelos) no momento que o PC estiver ligando, e solte apenas quando o menu surgir na tela;

2. Uma vez lá, procure pela opção "Configurações de CPU" ou "CPU Configuration" caso o menu esteja em inglês;

 

27105634290143.thumb.jpg.7eb40f977d739b9c869bdfb683a608ce.jpg

 

3. Em seguida, procure pelas "Configurações de Virtualização". Elas também possuem nomenclaturas como "Virtualization Configuration";

4. Agora, é preciso ficar atento pois a opção para habilitar a Virtualização varia de acordo com o modelo. Entretanto, para todos os casos, basta colocar a opção como "Enabled" para habilitar o recurso. São eles:

Processadores AMD - "AMD SVM Mode".

Processadores Intel - "Virtualization for Direct-IO (ou VT-d)";

PCs da Dell - "Virtualization".

 

27105514672141.thumb.jpg.b0dc8816ba0fae39d11a0f71932682fd.jpg

 

5. Em seguida, faça o comando para "Salvar e Sair" ou "Save and Exit", que também varia de caminhos e teclas de atalho para cada um das versões;

6. Basta ligar novamente o seu PC e a opção de Virtualização de Hardware já estará ativada.

Agora que você já sabe como fazer a Virtualização de Hardware e seus benefícios, já é possível criar Máquinas Virtuais mais potentes, e que fazem melhor uso dos componentes do seu computador.

 

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/

 

 

 

 

27105913537146.jpg

  • Like 12
  • Nice 1
Link to comment
Share on other sites

  • djsync featured this topic
  • 2 weeks later...
  • 2 months later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...