Jump to content

alejeff

Members
  • Content Count

    535
  • Avg. Content Per Day

    0.24
  • Joined

  • Last visited

  • Credit

    86
  • Country

    Brazil

Community Reputation

117 Medal 2

About alejeff

  • Rank
    Membro Elite
  • Birthday 02/14/1954

Personal Information

  • Sexo
    Male
  • Location
    São Paulo -Zona Leste

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Esta placa tem 2 BIOS, o principal é o U21 de 4MB. Neste post só foi alocado uma BIOS de 1MB. ????
  2. Normalmente em entradas de AC o Fuse vai no "Fase" ou Linha....Lembrando que m entrada AC temos as entradas "FASE" e NEUTRO
  3. ASUS P5KLP-AM 2.03G - BoardView Visualizar Arquivo ASUS P5KLP-AM 2.03G - BoardView Uploader alejeff Enviado 14-06-2019 Categoria Asus  
  4. 1 download

    ASUS P5KLP-AM 2.03G - BoardView
  5. Grafeno é a solução final? Veja como Meizu planeja criar um smartphone praticamente 100% tela Produção de componentes com o grafeno é uma das tecnologias mais aguardadas por muitas fabricantes, que investem pesado nas pesquisas com este material cristalino. Não é à toa que ele tem sido considerado tão ou mais revolucionário que o plástico e até mesmo o silício. São tantas as aplicações possíveis em dispositivos móveis, que praticamente todos os principais componentes podem ser aprimorados com a ajudinha do grafeno. Para se ter uma ideia, espera-se que o grafeno seja usado em sensores óticos, baterias de lítio, memórias para smartphones flexíveis, microfones, entre outras aplicações. Considerando que ele é uma folha cristalina, leve, quase transparente, excelente condutor de calor e eletricidade, e é o material mais forte já encontrado, não é difícil de imaginar que algum dia veremos uma tela smartphone feita desse material. Pois é exatamente isso o que a Meizu planeja - ou pelo menos prevê que alguém tentará fazer, já que a fabricante registrou uma patente de display para smartphones feito com grafeno. De acordo com a patente, a fabricante planeja usar a natureza transparente do grafeno não apenas para criar uma tela, mas também esconder a câmera e os sensores atrás dela. Como você pode conferir na imagem abaixo, isso proporcionará um celular com total aproveitamento de tela. Apenas aparece na imagem uma fina borda que envolve a lateral do aparelho, junto com os alto-falantes. Sensores biométricos embaixo da tela já se tornaram uma realidade, graças ao lançamento do Vivo X20 Plus UD. Tudo indica que a Xiaomi também pretende fazer o mesmo, com o Mi Mix 2s, mas ainda permanece em mistério o que a chinesa pretende fazer com a câmera frontal. Será que o grafeno é a resposta para esse problema? Nesse caso, a Meizu poderia comemorar, já que com o registro da patente ela pode faturar alguns dólares caso outras fabricantes usem essa mesma ideia. No entanto, ainda não sabemos se o pedido de patente foi aprovado e se a própria Meizu pretende adotar essa tecnologia no futuro. E, claro, existem outras ideias interessantes para um celular 100% tela, como esta. Fonte: https://www.tudocelular.com/android/noticias/n121129/meizu-patente-tela-grafeno.html
  6. Os cientistas não param de descobrir novas possíveis aplicações "milagrosas" para o grafeno, inclusive acabei de postar uma notícia sobre o tema
  7. Grafeno pode acelerar ainda mais a transmissão de dados em cabos ópticos Cientistas não param de descobrir novas possíveis aplicações "milagrosas" para o grafeno. O material, que é uma das formas cristalinas do carbono, pode ser usado para tornar prédios mais resistentes, melhorar a vida útil das baterias em smartphones e até nos ajudar no combate ao câncer. Agora, o projeto Grafeno Flagship demonstra que ele pode fornecer transição de dados muito mais rápida em cabos ópticos. Pesquisadores afirmaram que isso é possível porque o grafeno pode capturar fótons, combiná-los e produzir um feixe de luz mais poderoso. Isso ocorre devido a um fenômeno físico chamado geração de terceiro harmônico (THG), que permite que os efeitos óticos sejam explorados em uma variedade de aplicações. Essas aplicações incluem tecnologia de laser, processamento de material e telecomunicações. É aí que os pesquisadores podem se aproximar da criação de novos switches ópticos de grafeno, capazes de aproveitar novas frequências para transmitir uma maior quantidade de dados através de cabos ópticos. De acordo com Giancarlo Soavi, principal autor do artigo e pesquisador do Centro de Grafeno de Cambridge (Universidade de Cambridge, Reino Unido), esse trabalho "mostra que a eficiência da geração de terceiro harmônico no grafeno pode ser aumentada em mais de 10 vezes ajustando um campo elétrico aplicado". Para o professor Frank Koppens do Instituto de Fotônica Ciências, Barcelona, Espanha, "os autores encontraram novamente algo único sobre o grafeno", que são as aplicações do THG "em uma ampla faixa de comprimento de onda". E acrescenta que "este trabalho abre caminho para uma infinidade de tecnologias". De fato, a pesquisa pode levar a dispositivos ópticos a capacidade de trabalhar em uma faixa de frequência mais ampla, permitindo assim que um volume de informações bem maior seja processado ou transmitido. Fonte: https://www.tudocelular.com/tech/noticias/n125221/grafeno-acelerar-transmissao-dados-cabos-opticos.html
  8. O Grafeno será utilizado em várias aplicações no futuro
  9. Se realmente existir curto na linha do +5VA, o capacitor C460 deverá apresentar sintoma de curto circuito também, de uma verificada nele.
  10. Samsung lança memória RAM até mil vezes mais rápida que um eFlash Essas memórias podem ser facilimente integradas a sistemas de Inteligência Artificial, dispositivos dotados de Internet das Coisas, microcontroladores e, claro, computadores de alta performance. Memória de acesso aleatório magnetoresistiva ou, simplesmente eMRAM. Este é o nome da memória que a Samsung começou a fabricar em escala comercial e cuja velocidade de gravação promete ser até mil vezes mais rápida que os já tradicionais eFlash. Além da rapidez, a eMRAM utiliza tensões mais baixas e alta escalabilidade. Com isso, elas podem ser facilimente integradas a sistemas de Inteligência Artificial, dispositivos dotados de Internet das Coisas, microcontroladores e, claro, computadores de alta performance. A tecnologia MRAM é não-volátil, ou seja, os dados não são apagados mesmo sem eletricidade como acontece com as memória NAND Flash, o que inclui ainda um consumo muito menor de energia. Além disso, elas podem processar dados tão rapidamente quanto a DRAM volátil e são considerados uma tecnologia de memória de última geração. Mas, como nada é perfeito, a capacidade de armazenamento da eMRAM é menor que as de suas "colegas". Este padrão suporta apenas 1 Gbit por chip, algo bem menor se comparado à memória flash que, atualmente, é superior a 1 Tbit por chip. Para completar, a produção de chips eMRAM usa a tecnologia de 28 nm (nanômetros) no padrão FD-SOI (full-depleted silicon-on-insulator ), também conhecido como 28FDS. A ideia é que as memórias eMRAM substituam as memórias flash embarcadas (eFlash) em um futuro próximo, com os benefícios que descrevemos acima. Fontes: https://news.samsung.com/global/samsung-electronics-starts-commercial-shipment-of-emram-product-based-on-28nm-fd-soi-process?utm_source=rss&utm_medium=direct https://olhardigital.com.br/noticia/samsung-lanca-memoria-ram-ate-mil-vezes-mais-rapida-que-um-eflash/83405

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...