CHAT _
EletrônicaBR.com
collapse collapse
Patrocinador

GearBest
Patrocinador

KLV Notebooks
Troca, Venda e Promoes
Top Joinhas
infosquad infosquad
Joinhas: +1713\-3
hds-tec hds-tec
Joinhas: +1634\-2
DSystem DSystem
Joinhas: +1307\-7
vlad_itj vlad_itj
Joinhas: +1254\-1
Gilson Macedo Gilson Macedo
Joinhas: +1251\-4
Perciva Perciva
Joinhas: +1126\-2
kotnatan kotnatan
Joinhas: +1033\-0
FLAVIOTECH FLAVIOTECH
Joinhas: +675\-0
K0rTy K0rTy
Joinhas: +666\-16
Cassio Almeida Cassio Almeida
Joinhas: +615\-2
edsonninja edsonninja
Joinhas: +613\-0
curtolo curtolo
Joinhas: +609\-2
William_R William_R
Joinhas: +596\-0
CJ CJ
Joinhas: +589\-7
Darlanz bruffati Darlanz bruffati
Joinhas: +568\-4
eletronicabr VIP
Arduino EletrncaBR
Kaio Macedo
um dia atrás por Kaio Macedo
Visualizações: 20 | Comentários: 0



Um novo projeto desenvolvido por um grupo de pesquisadores do MIT conhecido como Self-Assembly Lab promete trazer um conceito bastante interessante para as linhas de montagem de aparelhos eletrônicos. Isso porque, no lugar de serem montados manualmente, todos os dispositivos seriam capazes de se montarem sozinhos.

E como algo assim seria possível? Simples: com uma ajudinha dos bons e velhos magnetos.

Basicamente, cada dispositivo (no caso usado como exemplo, um celular) seria composto de uma série de componentes diferentes, como carcaça, tela, teclado e circuitos, que usariam o magnetismo para se juntarem sozinhos. Dessa maneira, não seria necessária uma enorme precisão no processo – afinal, é só deixá-los próximos o suficiente para que os ímãs façam o resto.



De fato, como é possível ver no vídeo acima, a ideia não precisa nem mesmo de muito cuidado ou de um processo mecanizado para montar cada item: basta jogar as peças dentro de um tambor giratório e deixá-lo rodar até que os componentes se juntem em um só. Para provar que é verdade, o grupo ainda mostra o celular ligando e funcionando.

Obviamente, fazer isso não é tão fácil quanto parece. Para começar, os tambores devem girar na velocidade certa: se girarem rápido demais, as peças se soltam sozinhas; já se forem lentos demais, as peças não chegam a se encontrar para a montagem. Além disso, os componentes são projetados de maneira a só poderem se encaixar na posição certa. Dito isso, o resultado sempre vai ser os aparelhos montados.

É claro que, no fim das contas, ainda há um longo caminho até que essa ideia possa realmente entrar em prática. Afinal, é difícil imaginar os smartphones de hoje sobrevivendo aos “maus-tratos” de serem jogados dentro de um tambor – ainda mais com os componentes frágeis e que pedem uma extrema precisão para serem montados. Mesmo assim, o potencial é enorme.



Fonte:TecMundo
Josean Lima
um dia atrás por Josean Lima
Visualizações: 13 | Comentários: 0


Telegram vai para o ataque após WhatsApp mudar termos e políticas

WhatsApp alterou hoje os termos e políticas de privacidade do aplicativo — você pode saber mais detalhes aqui. A mudança acontece para o Facebook, que é dono do app, utilizar os dados de usuários para vender anúncios customizados dentro da rede social. Muitos usuários não gostaram da mudança e, agora, o principal concorrente está partindo para o ataque.
Por meio de um tweet, o Telegram disse o seguinte: "ao contrário de outros serviços, quando dizemos que não compartilhamos os seus dados com terceiros, nós realmente estamos falando sério". A menção ao WhatsApp fica mais clara ao clicar no link divulgado, que mostra uma matéria comentando a questão.
Publicidade

A notícia da junção de dados entre WhatsApp e Facebook levantou uma questão nebulosa: como o Facebook vai mostrar propagandas relevantes se ele não tem acesso aos chats do WhatsApp, que estão criptografados? É nisso que o Telegram deve focar agora.

Telegram tweeta

Tanto WhatsApp quanto Telegram prometem criptografia de ponta-a-ponta. Normalmente, os embates entre a qualidade dos aplicativos ficam neste âmbito. O app russo sempre comentou que era mais seguro que o app norte-americano e, agora, o Telegram vai ter bastante conteúdo para atacar o WhatsApp.

*** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login
Josean Lima
um dia atrás por Josean Lima
Visualizações: 14 | Comentários: 0



a grande quantidade de rumores já afirmou que os novos iPhones vão ser revelados oficialmente pela Apple  no dia 7 de setembro.
Agora, uma nova informação revelada por Evan Blass (um dos maiores especialistas em vazamentos) mostra que já está quase certa a data do início das vendas — e das entregas para quem optar pela pré-venda.
Publicidade

Segundo Blass, os novos iPhones 7 e iPhones 7 Plus vão chegar ao mercado no dia 16 de setembro, não havendo distinções de acordo com o modelo. Ou seja: todas as versões (7 e 7 Plus, em suas variedades de capacidade) chegam ao mesmo momento no mercado.
23 jul
 Evan Blass ✔ @evleaks
iPhone 2016 release: week of September 12th.
 Seguir
 Evan Blass ✔ @evleaks
Just to clarify, this refers to the retail release, not the launch event. To be even more specific, it should happen on Friday, Sept. 16th.
16: 57 - 23 jul 2016
  709 709 Retweets   853 853 favoritos
Como sempre, estas datas dizem respeito ao mercado dos Estados Unidos e alguns países selecionados da Europa. Para o Brasil, a data de lançamento continua sendo um grande mistério.
Por outro lado....
Apesar das informações anteriores, já há relatos de que a falta de components nas linhas de produção pode atrasar o lançamento dos aparelhos. A revelação vem de fontes ligadas ao MacRumors, que ainda revelam que os principais culpados por isso seriam os módulos de câmera dupla e o speaker à prova d'água.
Será que veremos a confirmação de tudo isso?

*** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login
Josean Lima
um dia atrás por Josean Lima
Visualizações: 20 | Comentários: 0

A Nova linha de PCs Alienware com placa de vídeo Polaris foi revelada pela empresa e já pode ser adquirida na Europa. Portando a série AMD Radeon RX 400, os três dispositivos de design ultrafuturista – como é de costume entre computadores da marca – são o Aurora R5, o Alpha R2 e o mais poderoso entre eles, o Area 51.


Com um design inovador no formato de um triângulo, o Area 51 conta com processador Intel Skylake Core i7-6850K e nada menos do que três GPUs AMD Radeon RX 480. Ainda não se sabe se essas placas serão no formato padrão produzido pela marca ou se vão possuir um sistema de resfriamento próprio. Também não foi revelado se a memória delas é de 4 GB ou 8 GB GDDR5, porém, analisando o preço salgado da máquina, tudo indica que a configuração seja a maior delas. No restante, a máquina conta com 16 GB de memória RAM, um HDD de 2 TB e Windows 10. No Reino Unido, o Area 51 sai pela bagatela de £ 2.879, cerca de R$ 12.350.
Dispositivos intermediários


O dispositivo chamado Aurora R5 traz uma ou duas das placas AMD Radeon RX 480. O modelo com apenas uma delas vem com processador Intel Core i7-6700, memória RAM de 8 GB DDR4, armazenamento de 512 GB M.2 PCle e roda com o sistema operacional Windows 10. Seu preço no Reino Unido, incluindo impostos e entrega, é de £ 1.179, aproximadamente R$ 5.060.
O trio deve estar disponível no resto do mundo em breve e, por enquanto, só pode ser encontrado no varejo europeu
Já o Alpha R2 é um aparelho mais compacto, que pode muito bem substituir os consoles de games. Ele vem com uma GPU AMD Radeon R9 M470X, processador Intel Core i5 6400T, 8 GB de memória RAM, armazenamento HDD de 500 GB e Windows 10. Seu valor no Reino Unido é de £ 569, algo em torno de R$ 2.440.


Alienware Area 51
Segundo a Alienware, o trio deve estar disponível no resto do mundo em breve e, por enquanto, só pode ser encontrado no varejo europeu.ova linha de PCs Alienware com placa de vídeo Polaris foi revelada pela empresa e já pode ser adquirida na Europa. Portando a série AMD Radeon RX 400, os três dispositivos de design ultrafuturista – como é de costume entre computadores da marca – são o Aurora R5, o Alpha R2 e o mais poderoso entre eles, o Area 51.
Com um design inovador no formato de um triângulo, o Area 51 conta com processador Intel Skylake Core i7-6850K e nada menos do que três GPUs AMD Radeon RX 480. Ainda não se sabe se essas placas serão no formato padrão produzido pela marca ou se vão possuir um sistema de resfriamento próprio. Também não foi revelado se a memória delas é de 4 GB ou 8 GB GDDR5, porém, analisando o preço salgado da máquina, tudo indica que a configuração seja a maior delas. No restante, a máquina conta com 16 GB de memória RAM, um HDD de 2 TB e Windows 10. No Reino Unido, o Area 51 sai pela bagatela de £ 2.879, cerca de R$ 12.350.
Dispositivos intermediários
O dispositivo chamado Aurora R5 traz uma ou duas das placas AMD Radeon RX 480. O modelo com apenas uma delas vem com processador Intel Core i7-6700, memória RAM de 8 GB DDR4, armazenamento de 512 GB M.2 PCle e roda com o sistema operacional Windows 10. Seu preço no Reino Unido, incluindo impostos e entrega, é de £ 1.179, aproximadamente R$ 5.060.
O trio deve estar disponível no resto do mundo em breve e, por enquanto, só pode ser encontrado no varejo europeu
Já o Alpha R2 é um aparelho mais compacto, que pode muito bem substituir os consoles de games. Ele vem com uma GPU AMD Radeon R9 M470X, processador Intel Core i5 6400T, 8 GB de memória RAM, armazenamento HDD de 500 GB e Windows 10. Seu valor no Reino Unido é de £ 569, algo em torno de R$ 2.440.


Alienware Area 51
Segundo a Alienware, o trio deve estar disponível no resto do mundo em breve e, por enquanto, só pode ser encontrado no varejo europeu.

*** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login
djsync
2 dias atrás por djsync
Visualizações: 31 | Comentários: 0

De acordo com informações do site BleepingComputer, o ransomware Fantom descoberto recentemente pela AVG Technologies exibe uma tela falsa do Windows Update enquanto criptografa os arquivos do usuário.

O que é um ransomware?
Ransomware é um tipo de malware que restringe o acesso ao sistema ou certos arquivos e cobra um valor de “resgate” para que o acesso possa ser reestabelecido.

Exemplos conhecidos incluem o CryptoLocker, CryptoWall, CTBLocker, CoinVault e Bitcryptor.
No caso destes dois últimos, a Kaspersky disponibilizou em novembro passado uma ferramenta que varre o computador do internauta e recupera os arquivos sequestrados.

A Malwarebytes lançou seu Malwarebytes Anti-Ransomware Beta e a BitDefender também disponibilizou seu Bitdefender Anti-Ransomware.

Já a Emsisoft lançou recentemente o site Emsisoft Decrypter. O site atualmente conta com 14 ferramentas gratuitas para ajudar na recuperação de arquivos bloqueados por ransomwares como AutoLocky, DMALocker2, HydraCrypt e CrypBoss.

Por fim, a AVG disponibilizou recentemente seis ferramentas gratuitas para ajudar vítimas de ransomwares e a Trend Micro disponibilizou uma versão atualizada da ferramenta Trend Micro Ransomware File Decryptor.

Ransomware Fantom
De acordo com o site, o ransomware Fantom chega disfarçado como se fosse uma atualização crítica do Windows. A tela de propriedades do arquivo exibe até mesmo informações de copyright da Microsoft para enganar os usuários:


Se o usuário executar o arquivo, o ransomware será descompactado e executará outro programa chamado WindowsUpdate.exe. Este outro programa exibirá a tela falsa do Windows Update mostrada abaixo enquanto criptografa os arquivos do usuário:


Um detalhe é que enquanto esta tela é exibida, o usuário não consegue alternar entre aplicativos.

É possível fechar a tela falsa exibida pelo ransomware Fantom usando Alt + F4. O problema é que mesmo com a tela fechada, o processo de criptografia dos arquivos continua em segundo plano.

Para criptografar os arquivos, o ransomware primeiro analisa o disco rígido em busca de arquivos com as extensões suportadas por ele:


Depois de localizados, os arquivos com as extensões suportadas serão criptografados usando AES-128 e receberão a extensão .fantom. Por exemplo, um arquivo casa.jpg criptografado por ele ficará com a extensão casa.jpg.fantom.

O ransomware Fantom também criará em cada pasta contendo arquivos criptografados o “pedido de resgate” DECRYPT_YOUR_FILES.HTML.

Ele também criará dois arquivos de lote que serão executados quando o processo de criptografia for concluído. Estes arquivos de lote apagarão as cópias de sombra dos arquivos e o programa que exibe a tela falsa do Windows Update:


Por último, o ransomware Fantom exibirá o “pedido de resgate” DECRYPT_YOUR_FILES.HTML. Ele inclui um ID_KEY e instruções para que a vítima envie um email para *** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login ou *** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login se quiser ter seus arquivos de volta:


Enquanto o pagamento do resgate não for feito, a imagem abaixo será exibida como papel de parede na área de trabalho:


A má notícia é que ainda não descobriram uma forma de desbloquear os arquivos criptografados pelo ransomware Fantom. É recomendado que os usuários mantenham o sistema operacional e suas soluções antivírus sempre atualizados.

Também é preciso ter cuidado redobrado com emails que contenham anexos enviados por contatos desconhecidos.

fonte: baboo.com.br
Páginas: [1] 2 3 ... 110
Patrocinador

SevenTec SMD

* Top Poster do Mês

notebookgr notebookgr
443 Mensagens
curtolo curtolo
354 Mensagens
Kaio Macedo Kaio Macedo
324 Mensagens
Gilson Macedo Gilson Macedo
312 Mensagens
FLAVIOTECH FLAVIOTECH
306 Mensagens
NandoZimba NandoZimba
237 Mensagens
Roberto275803 Roberto275803
226 Mensagens
hds-tec hds-tec
188 Mensagens
erivaldofreitas erivaldofreitas
165 Mensagens
ElianLaptop ElianLaptop
156 Mensagens
CJ CJ
124 Mensagens
hackit hackit
113 Mensagens
o__rionTG o__rionTG
110 Mensagens
tecnotebook tecnotebook
104 Mensagens
marcio@net marcio@net
103 Mensagens
Maxx7 Maxx7
100 Mensagens
willianlopes willianlopes
92 Mensagens
nmercker nmercker
84 Mensagens
William_R William_R
83 Mensagens
deus deus
81 Mensagens
Patrocinador

Eletrnica Castro
Patrocinador

ftec
Patrocinador

global