Jump to content
Daniel

notícia Porque devo avaliar meus downloads ? ? ?

Rate this topic

Recommended Posts

considering-emoji.png

Sabemos que o EletrônicaBR tem milhares de esquemas, manuais, bios e outros, postados por mais de 3000 usuários ao longos dos anos.

Aqui estão 5 bons motivos para avaliar e comentar todos seus downloads:


1- Muitos aquivos não foram devidamente testados e confirmados. 

2- Sua correta avaliação pode te render alguns joinhas, valiosos para um futuro download. j+

3- A colaboração de todos é muito importante para mantermos um acervo enxuto,  funcional e atualizado.

4- Se quem testa não deixa um feedback, todos corremos o risco de baixar um arquivo inútil, você pode ser o próximo. 😟

5- Agora temos disponível um painel que facilita a análise dos aquivos que baixamos e não avaliamos. (Como acessar abaixo 👇)

5_star2.gif

Clicando no menu Downloads -> Meus Downloads ou no perfil pode acessar o painel que é bem intuitivo.

 

mydownloads.png

 

 

Edited by FLAVIOTECH
  • Like 24
  • Nice 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito boa essa iniciativa de classificação, ficou top, assim teremos certeza de que os downloads estarão perfeitos, isso ajuda quem tem poucos créditos.

  • Like 17
  • Nice 1
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

muito bom...assim teremos referência sobre a funcionalidade do arquivo...é só o pessoal seguir na linha que o fórum ficará cada vez mais completo.

 

  • Like 6
  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Excelente iniciativa,está de parabéns! o fórum já é muito bom e cada dia está melhor.É uma honra fazer parte da equipe 

Edited by luciana336
  • Like 5
  • Nice 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

@Daniel muito bom Daniel, pois baixamos o Arquivo e testamos e nisso às vezes já saímos da página e não sabemos qual que baixamos, inúmeras vezes quis avaliar mas não lembrava qual arquivo havia baixado e não tinha meu histórico para consulta 👍🏼

  • Like 2
  • Nice 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 16/09/2019 às 14:59, Daniel disse:

considering-emoji.png

Sabemos que o EletrônicaBR tem milhares de esquemas, manuais, bios e outros, postados por mais de 3000 usuários ao longos dos anos.

Aqui estão 5 bons motivos para avaliar e comentar todos seus downloads:


1- Muitos aquivos não foram devidamente testados e confirmados. 

2- Sua correta avaliação pode te render alguns joinhas, valiosos para um futuro download. j+

3- A colaboração de todos é muito importante para mantermos um acervo enxuto,  funcional e atualizado.

4- Se quem testa não deixa um feedback, todos corremos o risco de baixar um arquivo inútil, você pode ser o próximo. 😟

5- Agora temos disponível um painel que facilita a análise dos aquivos que baixamos e não avaliamos. (Como acessar abaixo 👇)

5_star2.gif

Clicando no menu Downloads -> Meus Downloads ou no perfil pode acessar o painel que é bem intuitivo.

 

mydownloads.png

 

 

Muito bem bolado assim todos tem a certeza q o arquivo tem uma boa procedência 

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma ótima iniciativa, desse modo gastamos muito menos tempo em detrimento da confiabilidade dos arquivos que baixamos! Obrigado

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 11/10/2020 às 23:32, Joab Nário disse:

verdade devemos deixa nossa opinião pra ajudar o outro, pois todo mundo sairá ganhando com isso!

e verdade amigo

Share this post


Link to post
Share on other sites

https://accu-tierailsystem.com/2021/05/12/usa-friendly-online-casino-with-20-dollar-deposit/

Share this post


Link to post
Share on other sites

muito bom...assim teremos referência sobre a funcionalidade do arquivo...é só o pessoal seguir na linha que o fórum ficará cada vez mais completo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By elias.girardi
      Preparação final do SuperBIT antes do voo de teste. [Imagem: Steven Benton/Princeton University]
       
      Telescópio em balão
       
      Depois dos testes de voo bem-sucedidos, uma equipe de cientistas mantida pela NASA e pela Agência Espacial Canadense apresentou os detalhes e os objetivos científicos do telescópio voador SuperBIT.
       
      SuperBIT é uma sigla em inglês para "Telescópio de Imageamento Por Balão de Superpressão" (Superpressure Balloon-borne Imaging Telescope).
       
      Em um meio-termo entre os telescópios terrestres e os telescópios espaciais, o SuperBIT é um telescópio que voa a bordo de um balão, acima de 99,5% da atmosfera terrestre, já rumo à "fronteira" com o espaço.
       
      Quase livre da interferência atmosférica, e tirando proveito dos avanços tecnológicos mais recentes, a equipe afirma que o telescópio voador será capaz de fazer imagens com qualidades semelhantes às do telescópio espacial Hubble, o que é uma boa notícia, sobretudo com os defeitos decorrentes do desgaste natural do telescópio mais famoso do mundo.
       
      Balão de superpressão
       
      A luz dos corpos celestes pode viajar bilhões de anos para chegar aos nossos telescópios. Contudo, na fração final de um segundo, essa luz tão rica em informações tem que passar pela turbulenta atmosfera da Terra. Com isto, nossa visão do Universo fica turva. Telescópios no solo são construídos em locais de grande altitude para superar parte disso, mas até agora apenas a colocação de um telescópio no espaço conseguia eliminar de vez o efeito da atmosfera.
       
      Com seu espelho de 0,5 metro de diâmetro, o SuperBIT é carregado a 40 km de altitude. Cheio de hélio, o balão tem um volume de 532.000 metros cúbicos, mais ou menos do tamanho de um estádio de futebol.
       
      Carregado por ventos sazonalmente estáveis, o telescópio voador irá circunavegar a Terra várias vezes, capturando imagens do céu a noite toda e usando painéis solares para recarregar suas baterias durante o dia. E tudo a um custo de cerca de US$5 milhões, mais de 1.000 vezes mais barato do que um telescópio espacial.
       
      Balões meteorológicos são usados há décadas, mas eles tipicamente têm vida curta, explodindo em no máximo alguns dias. Contudo, a NASA desenvolveu balões de "superpressão", capazes de conter o hélio por meses mesmo nas partes mais rarefeitas da atmosfera, quando o balão alcança seu volume máximo.
       
      O voo de teste final demonstrou uma estabilidade extraordinária, com uma variação de menos de trinta e seis milésimos de grau (0,036º) por mais de uma hora. É nesse dado que os astrônomos se baseiam para dizer que o telescópio obterá imagens tão nítidas quanto as do Hubble.
       

      O balão vai se enchendo conforme sobe e a atmosfera fica mais rarefeita - a diferença é que ele não explode tão facilmente. [Imagem: Richard Massey / Durham University]
       
      Frota de telescópios voadores
       
      Com o fim inexorável do Hubble, a equipe conseguiu chamar a atenção para o seu projeto, e já obteve financiamento para começar a construir uma versão maior do SuperBIT, com um telescópio com abertura de 1,5 metro - a capacidade máxima de carga do balão atualmente corresponde a um telescópio com um espelho de cerca de 2 metros.
       
      Esse aumento na abertura (do 0,5m para 1,5m do próximo telescópio) representa um aumento no poder de coleta de luz de 10 vezes. Isso, combinado com o uso de uma lente de ângulo mais amplo e câmeras de mais megapíxeis, tornará o SuperBIT 2 ainda melhor do que o Hubble. E o baixo custo já faz a equipe sonhar com uma frota de telescópios voadores, oferecendo tempo de observação a astrônomos de todo o mundo.
       
      O SuperBIT que já está pronto tem lançamento previsto para Abril do próximo ano, para um voo de longa duração a partir de Wanaka, na Nova Zelândia.
       
      E o objetivo científico dessa missão já será bem amplo: Medir as propriedades das hipotéticas partículas de matéria escura. Embora a matéria escura seja invisível e nunca tenha sido detectada, os astrônomos querem tentar mapear a maneira como ela curva os raios de luz, uma técnica conhecida como lente gravitacional.
       
      O SuperBIT testará se a matéria escura fica mais lenta durante as colisões de aglomerados de galáxias. Nenhum colisor de partículas na Terra consegue acelerar a matéria escura, mas esta é uma assinatura-chave, prevista pelas teorias, que pode explicar observações recentes de múons com comportamento estranho.
       
      Fonte: https://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=superbit-telescopio-balao-vai-superar-hubble&id=010130210804
       
    • By djsync
      Anidrase carbônica
      Pesquisadores apresentaram uma nova receita para criar estruturas de cimento e concreto capazes de se autoconsertar de trincas e rachaduras.
      O "ingrediente secreto" é uma enzima encontrada nos glóbulos vermelhos do sangue humano, onde ela ajuda a transportar o CO2 e controlar o pH.
       
      A enzima, chamada anidrase carbônica, reage automaticamente com o dióxido de carbono atmosférico (CO2) para criar cristais de carbonato de cálcio, que imitam o concreto em estrutura, resistência e outras propriedades, preenchendo assim rachaduras antes que elas causem problemas estruturais.
       
      "Se pequenas rachaduras pudessem ser reparadas automaticamente quando começassem, elas não se transformariam em problemas maiores, que precisariam de reparo ou substituição. Parece ficção científica, mas é uma solução real para um problema significativo na indústria da construção," disse o professor Nima Rahbar, do Instituto Politécnico Worcester, nos EUA.
      Processo de autocura do concreto usando enzima encontrada no sangue humano.
       
      Enzima melhor que bactéria
      Inspirados pelo processo de transferência de CO2 no corpo humano, os pesquisadores adicionaram a anidrase carbônica

       
      produzida sinteticamente ao pó de cimento antes da preparação e mistura que forma o concreto. Quando uma pequena fissura eventualmente se forma no concreto enzimático, a enzima lá dentro se conecta com o CO2 do ar, desencadeando o crescimento de uma nova matriz cristalina que preenche a fissura.
       
      O processo consegue curar rachaduras em escala milimétrica em 24 horas.
      A equipe desenvolveu uma abordagem em três frentes que inclui uma mistura de concreto que, quando usada para construir uma estrutura, irá autoconsertar pequenas fissuras que se formarem; uma mistura que pode induzir a autocura em fendas ou buracos maiores; e um processo que pode ser aplicado ao concreto tradicional para consertar rachaduras.
       
      Outros pesquisadores já propuseram a criação de concreto autocurável usando bactérias, como o Bacillus Megaterium, um micróbio que produz uma enzima que é expelida na mistura de concreto.
       
      Rahbar optou por usar enzimas diretamente, em vez de bactérias, observando que as bactérias são mais caras e funcionam mais lentamente, levando até um mês para curar uma rachadura de 10 micrômetros, que as enzimas podem curar em poucas horas - e há preocupações sobre potenciais questões de saúde de longo prazo relacionadas ao uso das bactérias.
       
      fonte: inovacaotecnologica
    • By djsync
      Os eVTOLs, ou "carros voadores", já estão em desenvolvimento e devem chegar ao mercado ainda este ano por meio de diversas empresas — entre elas, a Embraer. E, como era de se esperar, o mercado automotivo também vai ganhar variantes voadoras das motos, com uma delas, inclusive, em fase avançada de testes: a "The Speeder", da startup Jetpack Aviation. 
       
      Diferente dos carros voadores, a The Speeder não será elétrica. A princípio, o protótipo que levantou voo nesta semana é movido à gasolina e terá como finalidade a recreação e uso pessoal e não a operação por meio de empresas, algo bem latente nos eVTOLs. Mas, segundo a Jetpack Aviaton, o projeto ainda vai passar por uma série de alterações até chegar no modelo final, que deve ser bem parecido com a foto abaixo.
         
      Se os planos da Jetpack Aviation seguirem adiante, o produto final deve ser parecido com a ilustração abaixo…

       
      Ainda segundo a Jetpack Aviation, a The Speeder poderá ser configurada de duas maneiras. A primeira, como citamos, deve mesmo ser a versão de recreação. Já a outra variante será destinada para uso militar, sobretudo em atividades de salvamento, dada a versatilidade e agilidade do veículo.
       
      A Jetpack Aviation não informou o preço nem data de lançamento da The Speeder. 
       
      fontes: IFLS, canaltech
    • By Hacker_Buiu
      Link para "Todos os meus programas para Ubuntu(.deb) 64 bits)":
       
      Se quiserem os meus softwares para o Fedora(.rpm) ou Slackware(.txz) podem falar que eu passo o Link.Lembrando que não ganho dinheiro com o Download do software,apenas reconhecimento do meu trabalho.
    • By serviço apple
      Windows 11: malware disfarçado de instalador do sistema circula na web
       
      Cibercriminosos estão aproveitando a expectativa em torno do Windows 11 para distribuir malwares disfarçados de instaladores do software. Especialistas da Kaspersky afirmam que, desde o anúncio do novo sistema da Microsoft, realizado no dia 24 de junho, foram detectadas 850 tentativas de infectar usuários por meio de malware disfarçado de Windows 11.
      Windows 11: tudo que se sabe sobre o novo sistema da Microsoft
      Os ataques variam em nível de risco, com abordagens mais simples envolvendo adwares que bombardeiam o usuário de anúncios até campanhas mais agressivas com direito a trojans mais perigosos, desenvolvidos para interceptação de dados.
      Windows 11: expectativa tem servido de isca para distribuição de malwares aos usuários — Foto: Divulgação/Microsoft
       
      Windows 11: você vai atualizar? Participe do Fórum do TechTudo
      A grande variação no nível de complexidade dos ataques tem chamado a atenção dos especialistas. Em um dos episódios, os pesquisadores encontraram um malware contendo 1,75 GB de tamanho, desenvolvido com o objetivo de induzir o usuário a associar o tamanho do arquivo a um suposto instalador oficial do sistema operacional.
      Uma vez executado, esse instalador apresenta uma interface gráfica e informações gerais que parecem legítimas. No entanto, sem que o usuário perceba, um segundo programa é executado em segundo plano, encarregado de aplicar o malware no computador.
      A variação em complexidade e objetivo de cada ataque tem sido grande. Em alguns casos, os malwares encontrados eram menos sofisticados ou representavam um nível de risco menor, como os adwares. Em outros, a versão falsa do Windows 11 acaba sendo usada como vetor para lançar trojans e malwares muito mais perigosos e agressivos, capazes de interceptar dados do usuário, como conteúdo de conversas ou mesmo dados de logins em sites e serviços.
       
      Como se proteger
      A Kaspersky faz algumas recomendações para evitar dores de cabeça: é importante que seu computador esteja com sistema operacional e antivírus atualizados e que você procure se certificar de que está visitando sites legítimos, e não imitações criadas por criminosos. Outro cuidado importante é o de baixar sistemas operacionais somente a partir de fontes oficiais, como lojas e sites verdadeiros.
      Uma dica fundamental é ficar de olho e desconfiar de ofertas generosas do novo sistema operacional: o Windows 11 será gratuito para PCs compatíveis, mas ainda não tem uma data definida para chegar aos usuários. Sendo assim, a única forma de experimentar prévias do produto é por meio do programa Insider da Microsoft. Por conta disso, desconfie de anúncios que ofereçam a atualização do sistema para o seu computador, com condições ou promessas distintas das informações oficiais da Microsoft.
      Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft
       
      https://www.techtudo.com.br/noticias/2021/07/windows-11-malware-disfarcado-de-instalador-do-sistema-circula-na-web.ghtml

SOBRE O ELETRÔNICABR

EletrônicaBR é o melhor fórum técnico online, temos o maior e mais atualizado acervo de Esquemas, Bios e Firmwares da internet. Através de nosso sistema de créditos, usuários participativos têm acesso totalmente gratuito. Os melhores técnicos do mundo estão aqui!
Técnico sem o EletrônicaBR não é um técnico completo! Leia Mais...
×
×
  • Create New...